História Uma familia quase normal - Capítulo 18


Escrita por: ~

Postado
Categorias Supernatural
Personagens Bela Talbot, Bobby Singer, Castiel, Charlene "Charlie" Bradbury, Chuck Shurley, Crowley, Dean Winchester, Jody Mills, Kevin Tran, Personagens Originais, Ruby, Sam Winchester
Tags Família, Spanking
Visualizações 49
Palavras 1.071
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Luta, Mistério, Policial, Romance e Novela, Suspense, Terror e Horror, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Spoilers, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Olha só quem voltou.

Mil perdões pela demora.Tem sido dias dificeis.Estou enfrentando uns problemas aqui e ta complicado arrumar tempo.

Vou tentar atualizar a fic com mais frequencia,mas não posso prometer nada ok?!

Espero que entendam o meu lado.Fiquem com o capitulo e espero que gostem.Descuspa pelos erros

Capítulo 18 - " Voltando pra casa"


POV Dean







Ele não se lembra de mim!!Meu filho não se lembra de mim.



Meu menino esta tão confuso.Tão perdido.É como se eu ainda não o tivesse recuperado,não por completo.




O doutor Jones disse que era apenas uma aminésia temporária causada pelo traumatismo craniano.Que aos poucos sua memória voltaria.




Hoje ele receberá alta e poderá voltar para casa. Conversei com Sam e resolvemos não contar a ele oque aconteceu com a Bella.Pelo menos por enquanto. Afinal,ele não se lembra dela,vamos poupá-lo de um sofrimento desnecessário no momento.


Sam esta com ele no quarto.Nick fica a vontade com o tio,mesmo não se lembrando dele. Eu os observo da porta do quarto enquanto espero o medico dizer que ja podemos ir.


Não demora muito e ele aparece

-Então doutor,podemos ir?-pergunto


-Podem sim! Passe na recepção para assinar os papeis da alta por favor!!


-Ta!Mas... e meu filho,como fica??-pergunto vendo como meu menino conversa animado com Sam


-Como eu disse,a aminésia é temporária,foi causada pela forte pancada na cabeça.Instiguem ele a se lembrar,mas sem causar fortes emoções.


-Ok!!


-Ele deve tomar um desses antes de dormir.-fala Jones me entregando uma receita e um frasco de comprimidos.- E traga-o aqui uma vez por semana para o acompanhamento.

-Tudo bem! Obrigada por tudo doutor! -Falo o comprimentando com um aperto de mãos

-Não precisa agradecer

-Nos despedimos dos medicos e enfermeiros que acompanharam o caso nesses três meses e fomos embora




O caminho ate em casa foi silencioso. Sam esta dirigindo.Nick olha pela janela.Observava cada detalhe com extrema atenção.Da pra ver em seu olhar que ele estava tentando lembrar de algo.


-Ei,não se esforce tanto! o doutor Jones disse que as lembranças vão vir com o tempo-falo tentando fazê-lo parar de olhar para fora.O médico disse que ele pode ter complicações caso se esforce demais para lembrar.


-É estranho não saber nada sobre mim mesmo!-ele fala abaixando a vista- É como se eu estivesse vivendo a vida de outra pessoa.


-Eu sei que esta confuso agora,mas nós vamos te ajudar a recuperar a memória.-falo tentando tranquilizá-lo.
Ele apenas acente.



-Então você é meu pai e ele meu tio! Certo?-pergunta ele

-Isso mesmo!-respondo


-Mas...-pensa um pouco antes de continuar- Cadê minha mãe??


-Bom,...-não acredito que terei que passar por isso outra vez.Quando criança,Nick sempre me perguntava da mãe,ele não teve chance de conhecê-la

Respiro fundo antes de responder

-Quando estava gravida de você,sua mãe teve algumas ...complicações.Infelizmente ela morreu durante o parto-falo com tristeza.Dói muito me lembrar do que houve com Juliett.Eu a amava.


Meu menino não diz nada.Apenas abaixa a cabeça,encarando o chão do carro




-Chegamos!!!-diz Sam,estacionando o carro


-Moramos aqui??-pergunta ele olhando a casa com atenção.Nossa casa é grande e muito elegante


-Sim!-respondo- Vamos entrar!


Sam abre a porta e nós entramos




-É grande- fala meu filho admirando cada detalhe


-É sim! Vem! vou te mostrar seu quarto.-falo estendendo a mão para ele.Ele pensa por alguns segundos mas logo a segura



Subimos para o quarto.
Ao entrar,Nick olha cada detalhe do quarto.


-O banheiro fica...-tento terminar mas ele fala primeiro

-Ali- diz ele apontando para a porta do banheiro.- E o seu quarto fica na porta em frente ao meu certo?!

Sorrio.Ele esta se lembrando

-Isso mesmo filho!- ele sorri também


-Então Dean...Tem algum problema em te chamar de Dean?- ele pergunta arqueando uma das sombrancelhas.


-Não!- respondo.-Problema algum!



Claro que tem problema.Ele sempre me chamou de pai,papai ou paizinho.Mas não vou forçá-lo.Ele ainda esta confuso.



-Então Dean.Oque eu faço da vida?-pergunta ainda analisando o quarto

Penso por alguns segundos antes de responder


-Você esta no primeiro ano do Ensino Medio,É co-capitão do time de basquete da escola,gosta de skate e séries de tv.-Penso mais um pouco- Seus melhores amigos são Kevin Tran e Chloe Bennet.



Ele se senta na cama e pega um livro que esta na mesinha



-"Os Treze Porquês"!!-lê o título na capa- Nunca ouvi falar.-diz ele jogando o livro sobre a cama.Eu reviro os olhos.Meu menino sempre foi bagunceiro e desorganizado


-Ja ouvim sim.Só não se lembra.-falo pegando o livro e colocando no lugar que estava antes.



-Isso é muito estranho!!-diz ele


-O quê é estranho amor??-pergunto


-Tudo!-ele abaixa a cabeça.Me aproximo devagar e me abaixo perto dele


-Ei,calma!-levanto levemente seu rosto,fazendo com que ele me olhe.Seus olhos estão marejados- Você vai se lembrar,é só questão de tempo.Vamos te ajudar eu prometo.


Ele acente sorrindo



-ONDE ESTÁ MEU NETO??-ouvimos meu pai gritar no andar de baixo.



Jhon tem ficado na cidade desde que soube do acidente.Esta em um hotel aqui perto junto com meu meio irmão,Adam.


-Quem é? -pergunta meu filho


Suspiro antes de responder


-É seu avô,Jhon! Vamos descer?-pergunto e ele acente se levantando







POV Nick






Chego na sala jundo com Dean e sou surpreendido com um abraço por parte de homem mais velho e muito familiar.Esse deve ser o tal de Jhon,meu avô


Não rejeito abraço,mas também não retribuo.Por mais familiar que ele me pareça,ainda não me lembro dele.



-Você assustou a gente cara!-diz um menino mais jovem assim que Jhon desfaz o abraço



-Esse é Adam,meu meio irmão- fala Dean,percebendo meu olhar confuso


Não digo nada.Apenas os observo


-Ei! Tudo bem?-pergunta o tal de Jhon



Permaneço em silêncio.Quem responde é Dean


-Ele não se lembra da gente pai! O medico diz que é uma amnésia temporaria causada pela forte pancada na cabeça.



-É serio isso Nick?-pergunta o mais jovem com um olhar incrédulo


-É sim! -respondo


-Cara que bizarro!-ele fala



-Nick,que tal você e o Adam irem jogar video game no seu quarto?-fala Dean- Quero conversar com seu avô e seu tio um minuto.



-Tá! Vamos?- chamo o menino e ele me segue em direção ao quarto




Entramos e eu me jogo na cama. Estou entediado.


-Não tô afim de jogar video game não!-diz o menino se sentando em uma cadeira


-Eu também não!-respondo- O que você quer fazer então?-pergunto


Ele pensa por alguns segundos antes de responder com outra pergunta


-Não sei!O que você quer fazer?


Olho cada canto do quarto,ate que meus olhos param em uns skates que estavam no canto.


-Vamos dar uma volta de skate-proponho


-Tá,mas será que nossos pais vão deixar?-ele pergunta


-Ah ,eles nem precisam saber!-dou de ombros


-Não sei se é uma boa ideia-diz ele com receio


-Ah qual é,Deixa de ser medroso e vamos!- falo pegando um skate preto e vermelho,ele suspira,pega outro skate e me segue.

Pulamos a janela do quarto e saímos.



Finalmente um pouco de diversão!!!




Continuaa...

Notas Finais


Bom,é isso. Desculpa qualquer erro.Não consegui revisar e estou sem criatividade

Uma leitora(que no momento não me lembro o nome,sorry)me deu uma sugestão muito boa que pretendo inserir já no proximo capitulo.Me deem ideias tambem,criem situações,vamos interagir ok?!

Me digam o que acharam.A opinião de vocês é o que me motiva.
Vou tentar não demorar tanto.Como eu disse ,tem sido dias dificeis

Bom,obrigado a quem leu ate aqui.Bjs e ate o proximo


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...