História Uma história aleatoria. (Imagine bts) - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Imagine Bts
Visualizações 15
Palavras 973
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Drama (Tragédia), Fantasia, Magia, Mistério, Poesias, Romance e Novela, Saga, Sobrenatural, Suspense, Universo Alternativo, Yaoi
Avisos: Linguagem Imprópria, Mutilação, Sadomasoquismo, Suicídio, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Imagine Namjoon abo.

Capítulo 2 - -boa menina...-Namjoon.


Fanfic / Fanfiction Uma história aleatoria. (Imagine bts) - Capítulo 2 - -boa menina...-Namjoon.

Lá estava eu. Indo mas uma vez nas ondas dos meus amigos. 

-tô louco pra ter minha ômega!-diz o q dirigia o carro.

N-afinal como funciona isso! ? - pergunto do banco de trás.

-é como um orfanato de ômegas mas o invés de adotar são compradas por alfas solitários -diz o do meu lado. Logo chegamos e um cheiro de doces nos invade rapidamente. Entramos no local e logo somos resebidos por uma beta.

-Olá sou madami makfi dona do resinto. Como posso ajudalos? 

-queremos ver as ômegas.-diz meu amigo animado.

M- estrangeiras ou coreanas?

-tem de outros países!?-pergunta feliz.

M-claro meu jovem alfa tem de tudo aq. Des do menino tímido até a menina safada. -diz andando no corredor e nós a seguimos. No meio do caminho sinto um cheiro de chocolate mas n um chocolate normal...tinha algo de diferente nesse cheiro. O sigo e logo paro em frente a uma porta q abro rapidamente. Era como se meu lobo estivesse desesperado por esse cheiro. Entro no quarto e n avia ninguém  lá. 

M- algum problema senhor? - diz me assustando um pouco. 

N - quem dormi aq?

M-uma ômega do Brasil mas n tenha esperança...ela n sabi obedecer e nunca a quiseram. 

N - posso a ver?

M-tem certeza senhor? 

N-sim.

M-ok irei a procurar e a trarei.

Logo ela sai do quarto e eu a sigo sem q ela perseba. Logo estamos no lago atrás do resinto e logo vejo uma menina brincando na água do mesmo. 

M-ja falei pra parar de vim aq!-diz levantando a menina pelos cabelos. A mesma logo começa a chorar. 

- D-disculpa madami makfi!-fala entre o medo e logo vejo a makfi levanta a mão para a bater. 

N-ei! -digo e assusto as duas.-quero a conhecer. 

M-como quiser senhor! -diz e solta a menina.-conportese! -fala saindo do local. 

Vou até ela e a pequena se encolhe com medo. Estendo minha mão para q ela sinta meu cheiro afinal ômegas se sentem seguros quando sentem cheiro de alfa por perto. 

-vc...tem cheiro de lúpus...-fala timidamente. 

N-e vc de chocolate...mas é um chocolate diferente...

- brigadeiro....

N-oq é isso? 

-um doce brasileiro...-fala se tremendo por causa do vento q nos atingiu.

N-esta com frio? - ela acenti com a cabeça e eu a enrolo com meu casaco. -quer entrar? 

-n gosto de lá....madami makfi n gosta de mim...

N-eu gostei de vc...-ela cora fortemente e eu solto um sorriso. -na verdade gostei do seu cheiro...ele praticamente me chamou...-digo me aproximando dela.

- v-vc...me escolheu? -diz de cabeça baixa e bochechas rosadas.

N - promete ser obediente a min?-digo acariciando seu rosto e ela acenti timidamente.

 Um tempo depois. 

M-t-tem certeza disso senhor Kim? Ela é malcriada e- a interonpo. 

N-EU A QUERO E PRONTO .-uso voz de alfa e a pequena atrás de mim se encolhe com medo. -desculpe pequena...quanto quer por ela!?-makfi pega um papel na gaveta de sua mesa e me entrega.-tudo isso pra quem n tem valor pra vc?...

M-ela me deu trabalho....presiso de um prêmio n?-pego meu talão de chequis e dou o q ela quer. Pego na mão da menina e saímos de lá. 

-e minhas coisas!?-  pergunta atrás de mim. 

N - vou te dar tudo novo...-chego bem perto dela. Ela tenta se afasta mas eu a seguro pela cintura.-mas tem q fazer por merecer - sussurro no seu ouvido e acho q ela se arrepiou. Vamos ver meus amigos e logo vamos pro carro. Por falta de espaço os/as ômegas tiveram q se sentar nos colos de seus novos alfas. Logo chegamos em casa.

Olho para minha pequena  (minha!) E a mesma esta de boca aberta pela minha casa ser tão grande. 

N - gostou? -ela acenti com a cabeça e eu lembro q n perguntei seu nome esse tempo todo. -como é seu nome? 

- n tenho nome...-diz meio triste. 

N - vou te chamar de pequena então. - faço carinho em seus cabelos e ela cora...

-e o seu nome?....

N-kim Namjoon....mas me chame de oppa...está com fome?-ela acenti e nos vamos comer. Um silêncio toma conta até ela o quebrar. 

-vc tem o mesmo  cheiro das gramas q crescem no meio das rochas do lago lá do orfanato...Por isso me sentir segura....-diz timidamente. 

N-n deveria...posso ser perigoso se n me obedecer....-ela me olha surpresa e depois com tristeza. 

- madami makfi disse q sou malcriada né?....eu nunca a obedeci pq ela era má comigo mesmo quando eu a obedecia!-fala com voz de q queria chorar.

N-vem aq...-aponto pro meu colo e ela vem já vermelha de vergonha e se senta no mesmo.-eu quero te marcar....vc promete me obedecer mesmo se eu pedir algo fora do comum? -ela pensa por um tempo. 

-promete cuidar de mim?-fala olhando nos meus olhos oq me faz arepiar. 

N-sim...vou te proteger e te dar carinho mas só se vc for sobmisa a min...

-então eu...serei...

ficamos nos olhando por um tempo até eu a beija logo Pedi passagem com a língua e ela sedeu e o beijo começou a ficar intenço. Paramom o beijo por falta de ar e eu Passo minha mão em sua intimidade vendo q já estava pronta pra min e arancando suspiros de minha pequena. 

N-vamos pro quarto?-sussurro em quanto Beijo e chupo seu pescoço. 

-e-eu tô com medo...-saiu mas como um gemido. 

N-shuu....Se for uma boa menina eu me seguro pra n te fuder logo de vez....-ela fica vermelha e eu a pego no colo estilo noiva e a levo pro quarto. 

Um tempo depois só dá pra ouvir nossos gemidos e a cama batendo na parede.

-o-oppah eu v-vou....-n conseguiu terminar  a frase e gozou e logo eu gozo tbm.

Sinto meu lobo tomar conta de min e quando eu volto a min persebo q a marquei. 

N-agorah....vc é minha de....verdade -falo ofegante.-eu....eu te amo pequena.-a Beijo e lentamente saio de dentro dela.

-tbm te amo oppa - fala fechando os olhos e eu me deito au seu lado já dormindo. 




Notas Finais


Desculpa qualquer erro ♡ ♡ ♡


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...