História Uma história Errorink - Capítulo 19


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Tags Error, Ink, Undertale
Visualizações 48
Palavras 1.599
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Ficção, Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela, Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência, Yaoi, Yuri
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Spoilers, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


DEPOIS DE UMA SEMANA FINALMENTE ESTOU AQUI DE NOVO
Boa leitura:3

Capítulo 19 - Capítulo 19



~Em ReaperTale 

Pvo Lucid 

Palette e Goth se tornaram grandes amigos. Eles me levam pra todo lugar querendo explorar eu não ligo muito pra essas coisas, mas mesmo assim estou feliz porque Palette está feliz.

- Lucy - meu irmão mais novo me chama. Nós e Goth estamos no jardim da vida. - aqui é legal e tudo mais, mas quando vamos voltar pra casa ?

- Em breve - meu pai, Cross, me pediu para ficar em ReaperTale de olho nos dois amiguinhos enquanto ele e Dream resolviam alguns assuntos. Aposto que tem haver com o "tio" de Goth, Error. Enquanto isso eu tenho que distrair eles - Goth! venha aqui por favor - ele para de brincar com uma borboleta e se junta a nós dois.

- sim ?

- que tal nós irmos para outro universo ?

- OUTRO UNIVERSO!! - ambos falam juntos animados com os olhos brilhando.

- sim, o que acham de UnderSwap  ? Nós temos um meio irmão lá, se lembra Palette?

- mas é claro que sim! Vamos vê-lo. Tudo bem pra você Goth ?

- sim, vamos!

Me concentrando um pouco consigo criar um portal amarelo.

- aonde vocês pensão que vão ? - irmão mais velho de Goth, Raven, aparece. Ele e eu não nos damos muito bem de primeira. Talvez porque nós dois temos a mesma idade e temos comportamentos tão parecidos que queremos competir um com o outro pra ver quem ganha, mas isso é só um talvez.

- eu vou levá-los para outro lugar 

- Reaper sabe disso Goth ?

- não, mas ele também não se importa

- então se você for eu vou também 

- não tem necessidade disso - eu intervenho - eu posso cuidar de tudo sozinho

- não seja tão egoísta, eu vou e pronto. - esse cara me dá nos nervos. Graças as estrelas eu herdei a paciência divina de Dream se não eu já teria metido o soco na cara dele.

- ótimo! Uma aventura entre amigos! - Palette fica tudo animado. As vezes ele é tão inocente que nem percebe que nem percebe que eu e Raven não somos amigos. Afinal meu irmãozinho só consegue ver o bem em todos os seres, uma habilidade que eu gostaria muito de ter.

- o que estamos esperando ? Além do mais eu não acho que nosso amigo Lucid consiga aguentar um portal aberto por muito tempo - ele provoca.

- fico mais tempo do que você - eu duvido - ele dá um sorriso convencido  e passa direto pelo portal sendo seguido pelos outros. "Hoje vai ser um dia daqueles" foi meu último pensamento antes de entrar no portal.


~UnderSwap 

Pvo Fell 

É tão estranho vir para UnderSwap, aqui são todos tão... alegres, bem diferente do local que vivo onde a única regra é o genocídio. Chegando na casa de Blue nem me incômodo em apertar a campainha, vou entrando mesmo. Blue sempre esquece de trancar a porta.

- oi - uma criança aparece na minha frente - você deve ser o Fell 

- sou como sabe ?

- papai fala de você as vezes. Eu sou Blueprint, mas pode me chamar de Print todo mundo chama.

- RED!! - Blue me recebe com a animação de sempre

- espero que tenha me chamado aqui atoa

- claro que não! Isso é importante. De toda forma, Print, a Undyne e Alphys vão chegar em alguns minutos, obedeça elas isso inclui assistir todos os animes da Undyne e fazer todos os exercícios da Alphys.

- sim pai - ele parece ter ficado chateado, mas isso não me importa.

- sinto muito Print, eu te amo - Blue se curva para dar um beijinho na testa do garoto

- eu também  - ele responde tímido 

- até mais

- a gente se vê por aí criança - eu e Blue saímos da casa deixando ele sozinho - então Blue o que era tão importante ?

- Red, eu quero que você me leve onde meu irmão está indo escondido

- o que ?? Você acha que eu sou o que ? Adivinho ? Por que eu ?

- eu sei que você tem alguma coisa haver com essa bagunça 

- e por que você acha isso ? Eu e seu irmão nem somos amigos.

- escuta aqui Red - sua personalidade fofinha e infantil some dando lugar a uma bem sinistra - não importa como eu sei, você vai me levar pra onde o Papyrus está indo escondido e pronto.

Estranho é que apesar de muitos ficarem assustados ao ver ele desse jeito, eu amo, porque isso prova que não importa o quanto alguém é bom, uma hora ou outra acaba cedendo ao mal. Por isso não consigo evitar o sorriso mostrando meus dentes afiados.

- certo vamos - os dois vão embora. Um pouco longe dali Raven, Goth, Palette e Lucid chegam em um portal.


Pvo Palette

- então é aqui, UnderSwap - Raven observa o lugar 

- sim, por que ? Você nunca viajou por AUs ? - pergunto curioso 

- aposto que não, ele nem deve saber criar portais - Lucid provoca. Esses dois não gostam um do outro, eu sei disso, mas mesmo assim eu quero que eles se tornem amigos ou que pelo menos se suportem.

- para a sua informação eu sei fazer portais, melhor do que você, mas em vez de ficar saltando de AU a AU eu tenho uma coisa que você não deve saber o que é, que se chama "responsabilidade".

- escuta aqui seu...

- ok, ok gente bora para com essa rixa boba - eu me intrometo no meio dos dois - Vamos ver o Print! - graças as estrelas eu herdei a habilidade de resolver conflitos do papai. Ele sempre me dizia "sempre se mantenha positivo não importa o conflito". Ver o lado bom de tudo nem sempre é fácil e muitos pensam que isso é uma fraqueza, mas o que eles não sabem é que essa é a minha forçar. Me manter positivo me ajuda a não perder as esperanças e me ajuda a criar soluções para qualquer que seja o problema.

- sim, vamos - Lucid parece ter ficado mais calmo assim como Raven.

Eu vou na frente com o Goth e os mais velhos ficam um pouco atrás.

- você está quieto Goth 

- ah sim desculpa é que eu me sinto inseguro quando aos dois ali atrás. Eu não acho que eles possam ser amigos.

- eu acho, eles só precisam de um tempinho, você vai ver vamos ser grandes amigos pra sempre, eu prometo - ergo o mindinho pra ele e ele faz o mesmo e os cruzados. Promessa de dedinho é a promessa mais sagrada que há.


Pvo Raven 

- Lucid 

- o que você quer ?

- os dois ali, repara - ele indica com o olhar em direção aos que estavam a nossa frente.

- o que tem?

- eles são "melhores amigos" e eu não quero ver o Goth triste assim como você não quer ver o Palette e eles querem que nós dois sejamos amigos também, mas isso não vai rolar, então eu proponho uma trégua entre nós. Pelo menos até o dia de hoje acabar, só pra fazer nossos irmãozinhos felizes.

- hummm... certo eu aceito 

- hey! Dois velhinhos - Palette brinca - chegamos!! Eu vou tocar a campainha.

- lamento Palette, mas você é muito baixinho, deixa que eu fasso isso - assumo a frente apertando o botão. ( obs autora : como dito antes todas as crianças crescem um pouco a cada hora. Agora uma atualizada sobre as idades de cada um. Grandy: 2 anos; Goth e Palette: 11 anos*no começo tinham 9; Lucid e Raven: 12 anos*no começo tinham 10; Print: 10 anos*no começo tinha 8; BlueScreen: 7*no começo tinha 5. Agora de volta a história)

- quem é você ? - ele pergunta.

- Print!! - Palette entra na minha frente abraçando o irmão que quase tomba com a ação - sentiu minha falta ?

- é claro Pally, somos amigos neh ?

- sim! Ah antes que eu me esqueça, esses são Raven e Goth eles são de um outro AU. ReaperTale. 

- é um prazer conhecê-los 

- digo o mesmo

- o que vieram fazer aqui ?

- queríamos ver como você  está- Lucid responde 

- nesse momento ? Mau

- mas por que ?

Print nos explica a sua situação. Que seu tio e seu pai saíram e que logo a Undyne e Alphys desse universo viriam para "cuidar" dele.

- não se preocupa Print. Nós vamos ajudar você! - Palette fala com muita determinação 

- vamos?

- é claro que vamos Lucid. Temos que livrar o nosso irmão de ser torturado em um treinamento! - esse garoto tem muita força de vontade.

- sério ? Fariam isso por mim ? Eu iria.. iria agradecer muito, mas temos que ir rápido. As duas vão estar aqui em alguns minutos.

- então vamos - crio um portal avermelhado - não temos tempo a perder

Pvo autora   

Todos entram no portal e no mesmo momento Undyne e Alphys chegam.

- Undyne você não deveria ter trazido tanto anime. 

- eu sei mas...- ela para de falar preocupando a outra

- Undyne o que foi ?

- a.. a por..ta está... aberta - quando reparou a guerreira fica sem chão pois ambas sabiam que se Print não estava lá elas iriam ter que encarar o Papyrus.

- TEMOS QUE FUGIR!! Agora! Papyrus vai nos matar.

- mas... mas... pra onde vamos ? A única forma de fugir do Papyrus é ir para outro universo e nós... Nós não temos como. 

- então um outro jeito é ninguém saber que estivemos aqui. Isso!! Ninguém sabe que estivemos aqui. Vamos andar normalmente até em casa.

- isso não é errado ? Sabe um criança sumiu.

- então vamos procurar ele, mas longe daqui.

- c..cer..to!! 




Notas Finais


Um capítulo pequeno mas pelo menos eu livrei o Print da morte


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...