História Uma razão de viver - Capítulo 11


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Tags Amor, Câncer, Complicações, Dança, Doença, Drama, Mel, Paixão, Razão, Romance, Uma Razão De Viver, Viver
Visualizações 2
Palavras 1.458
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Ficção, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Heterossexualidade
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 11 - Bônus


Fanfic / Fanfiction Uma razão de viver - Capítulo 11 - Bônus

 Tyler on


Quando chegamos no Brasil eu pensei logo vai ser um tédio ficar nesse país mas logo que vi o Peter o meu pensamento mudou e eu percebi que ele é muito legal e ele sabe como me fazer sorrir, uma coisa que eu deixei de fazer a muito tempo por causa do trabalho , após ser Oncologista não é fácil , já perdi tantos pacientes que já perdi a as contas e agora eu estou com o caso da Mel e o medo de perder ela também me consome e  muito porque querendo ou não me apeguei de mais a ela , e sei que vou sofrer se ela morrer , e por isso que eu estou me dedicando tanto ao caso dela e enquanto estou vendo alguns exames

— Oi Tyler - levou um susto e vejo que é o Peter entrou super silencioso

— Ah oi Peter - pergunto e ele se aproxima e encosta na minha mão , durante esse mês nós saímos algumas vezes e começamos a nos conhecer um pouco e eu já sei que ele tem medo do que os outros vão pensar a respeito do nosso lance, já saí com caras assim e nunca dá muito certo isso , mas com ele eu sinto que é diferente

— O que tanto pensa em Ti ? me fala o que se passa bem aqui nessa cabecinha? - ele me pergunta batendo o dedo na minha têmpora  

— Estou pensando no caso da Mel sabe - olho para alguns exames que estão na minha mesa - Temos que convencer o Tony a fazer o exame rápido eu estou com medo do pior acontecer com ela Peter

— Calma Tyler nada de ruim vai acontecer com ela, nós vamos conseguir fazer o exame no Tony - ele me falou esperançoso, eu olho no fundo do seus olhos e vejo o mesmo brilho que eu sempre vejo nos olhos dele

— Eu quero acreditar nisso Peter, mas ao mesmo tempo eu me apeguei demais a Mellanie nesse tempo que eu estou acompanhando o caso dela , esse caso pra mim virou pessoal - ele me olha como se entendesse o meu sentimento

— Eu sei querido- eu adoro quando ele me chama de querido -  mas você vai conseguir e além do mais eu acho que ja sei como fazer para o Tony vir aqui para colhermos o sangue dele

— Como ? - pergunto totalmente curioso

—  Ele vai fazer exame de sangue hoje a tarde o Miguel que vai fazer o pedido - ele fala pra mim e abri um sorriso lindo demais

— Eu já te falei em como você é esperto ?

— Hoje ainda não - ele falou rindo , eu dei um selinho nele e fui atrás do Miguel ele estava me ajudando no caso da Mel aqui no Brasil então ele já sabia do caso e sabia que a paciente exigia que mantemos segredo então cheguei em seu consultório e vi que o Tony estava na sala de espera e entrei no consultório assim que o paciente saiu

— Preciso da sua ajuda - falei assim que eu entre em seu consultório

— Me fala em que posso ser útil Tyler - ele fala sorrindo

— O irmão da Melanie vai se consultar agora com você ….

—  Já entendi você quer que eu peça um exame de compatibilidade para ver se ele é ou não compatível com a irmã certo ! - ele falou isso com um sorriso

— Exato é isso mesmo que eu quero - eu falo mostrando o meu desespero

— Okay! até o final do dia os exames vão estar no seu consultório pode ficar calmo quanto a isso

— Obrigada - agradeço e saio de lá indo ao meu consultório onde vejo que o Peter ainda está

— Como foi com ele ? - ele pergunta ansioso

— Ele vai passar o exame para ele e até o final do dia ele vai trazer o resultado aqui pra mim, agora é só aguardar, posso fazer um pergunta Peter ? - ele assenti - você acha que quando Tony descobrir o que a Mel tem realmente ele vai ficar muito bravo com a gente por ter escondido isso dele?

— Acho que sim mas o que podemos fazer ela pediu sigilo médico , não podemos revelar a ninguém

— Eu sei só espero que ele não descubra tarde mas

— Falando Em tony você não vai acreditar sabe a amanda a ex dele - assenti -  então ela disse que está grávida dele acredita, mas o tony está acreditando nela - ele fala rindo

—  Mas e se for verdade ele tem que contar a Mia ainda mais agora que ele está quase voltando com a Mia - ele concorda comigo e eu lembro de uma coisa - e se ela estiver grávida realmente e o bebê for compatível com a Mel , podemos utilizar o sangue do cordão umbilical nela , Peter você é um gênio - selinho que se aprofundou de uma maneira que eu não me arrependo nem um pouco e cessamos o beijo com mais 3 selinhos

— acho que nunca vou me cansar dos teus beijos Dr. Tyler - ele disse isso num sussurro adorável

— por que será que eu tenho a mesma impressão, vamos voltar ao trabalho o que acha ?

— ótimo

Com o passar das horas eu e o Peter atendemos mais de 3 casos diferentes de câncer e como eu sou Oncologista pediátrico eu atendo somente as crianças mas no início eu ficava transtornado porque antes de eu ter pelos menos uma criança curada eu perdi três e nisso eu ficava muito triste mas não deixava as criança que estavam internadas saberem e nem se abaterem com isso eu sempre fiz de tudo para manter eles felizes de todas as formas possíveis , eu os animava dentro do hospital eu cantava e dançava com muitos deles e por isso eu agradeço as minhas aulas de dança com a Mia quando eu era mais novo apesar de eu ser bem mais velho que lá já que eu tenho 30 e ela 22 , e eu vou ver se a mel aceita animar as crianças comigo qualquer dia desses já ouvi a Mel tocando piano e é a coisa mais linda do mundo membro do dia em que ela tocou piano a Mia e o Tony cantaram a música “ My Heart will go on “  e foi nesse dia que eu percebi que os dois se completam demais em todos os sentidos e também percebi que ele a ama demais e nesse mesmo dia foi que eu comecei a ficar mexido com o Peter e nesse dia eu roubei um beijo dele e ele me correspondeu e eu fiquei a mil , então começamos a nos relacionar e hoje estamos assim não conseguimos mais desgrudar um do outro e sempre que o Tony dorme na casa da Mia e da Mel eu durmo com o Pete na casa dele e é sempre escondido mais acho vai chegar uma hora que eu não vou aguentar mais esconder esse amor que eu sinto por ele eu sei que o ciúme é uma coisa que não consigo esconder por muito tempo , pois teve um dia que uma enfermeira foi dar em cima dele e eu quase voei no  pescoço dela por ela quer se jogar nos braços do Tyler.

quando eu percebo a hora já são umas oito horas da noite e vejo a minha porta abrir e o Peter entrar

— O Miguel já trouxe o resultado ?

— Ainda nao estou começando a ficar preocupado com o resultado não sei o motivo mais tenho a impressão que algo não vai sair como o esperado - quando acabo de dizer isso entra o Miguel com o resultado dos exames

— Aqui estão os resultados espero que você tenha sorte - ele me entrega e sai do meu consultório deixando somente com o Peter mais conforme eu vou lendo o resultado eu percebo que viemos ao Brasil totalmente atoa

— E então tyler qual é o resultado ?

— Ele é compatível…- ele não me deixa terminar de falar

— Que maravilha, vamos contar a Mel - ele fala com um sorriso mas eu continuo sério olhando o resultado - Ty por você está com essa cara ?

— Ele é compatível mas não pode doar

— O que ? por que  ?

— Ele tem uma doença autoimune , Peter - ele me olha chocado e então eu percebo que agora mas que nunca eu tenho que rezar e pedir a Deus para me ajudar no caso da Mel






Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...