História Uma rosada em Buenos Aires - Capítulo 67


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto, Sakura Diaries, Sakura Taisen
Personagens Deidara, Hinata Hyuuga, Ino Yamanaka, Itachi Uchiha, Karin, Naruto Uzumaki, Neji Hyuuga, Sai, Sakura Haruno, Sasori, Sasuke Uchiha, Temari, Tsunade Senju
Tags Rosada, Sasusaku
Visualizações 135
Palavras 1.753
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Boa leitura ❤

Capítulo 67 - Você e a Karin se mereem.


Fanfic / Fanfiction Uma rosada em Buenos Aires - Capítulo 67 - Você e a Karin se mereem.

Sakura Haruno

67




Hinata comprou biquínis pra nós duas. E agora, estamos a caminho da casa de Naruto. Ela disse que Sai vai chegar logo depois. Fico triste por Deidara ter que trabalhar, pelo menos ele me faria companhia.

___ Eu não sei se vou me sentir a votando usando essas poucas peças ___ falo.

___ Por quê não? Amiga, seu corpo é maravilhoso.

Sorrio.

___ A antiga Hinata também ficaria com vergonha.

___ É, isso mesmo. A antiga. Agora eu confio mais em mim.

Ouvi-la falar assim me enche de orgulho.

Ouvimos o som alto do outro lado do quarteirão. Quando chegamos, já tem várias pessoas. Entramos e a visão que tenho parece a de uma festa de nudismo.

Meu pelos se arrepiam é meu coração leva uma flexada quando avisto Sasuke conversando com outra garota. Ela está praticamente roçando seus peitos nele. E o pior de tudo, é que ele sorri pra ele.

Hinata segura em minha mão e me puxa. Em poucos segundos, estamos no banheiro.

___ Sakura, você não vai se deixar abater por ele.

___ É que... ___ começo mas ela me interrompe.

___ Respira fundo ___ ele pede e eu faço. ___ Você consegue, eu sei.

Assinto, mesmo sabendo que não é verdade.

Em alguns minutos nos trocamos. Quando Hinata põe a parte de cima do biquíni meu queixo cai.

Abaixo a cabeça e olhos meus seios, depois voltou a olhar os dela. São enormes. Sinto uma pontada de inveja dela. Os meus são médios, mas os dela são enormes.

___ Vamos? ___ ela convida.

___ Não me sinto confortável em sair assim ___ falo, envergonhada.

___ Ah, vai sim!

Hinata praticamente me arrasta para fora do banheiro. Quando saímos, damos de cara com Naruto é Sasuke. Meu rosto queima de vergonha, apesar de Sasuke já ter me visto nua várias vezes.

A boca de Sasuke se abre, mas ele a fecha rapidamente. Mas seus olhos permanecem a percorrer meu corpo, eles são pecamiosos e cheios de luxúria. Uma corrente elétrica percorre minha coluna e meu peito arfa.

___ Oi, meninos ___ Hinata diz. Então, ainda segurando minha mão, me arrasta mais uma vez, saindo dalí. ___ Você viu a cara deles? ___ fala entre sorrisos.

Sai chega e quando ela o vê, corre na sua direção e enrola os braços em seu pescoço. Eles se beijam apaixonadamente. Sinto uma emoção enorme ao ver isso. Ele me cumprimenta e nós vamos buscar bebidas.

Aqui é bem bonito. A piscina é enorme e a casa, ou melhor dizendo, a mansão onde Naruto mora é maravilhosa. Tem mais meninas do que meninos, o que não me surpreende.

Algumas garotas bebem e dançam de forma vulgar, e os garotos babam. Meus pais me matariam se me vissem aqui.

Não demora muito e Karin é Ino chegam. Elas entram como se fossem o centro das atenções. Sinto vontade de rir e vomitar ao mesmo tempo.

Elas vão até Naruto e Sasuke. Sinto raiva ao ver Karin abraçando Sasuke de uma forma íntima. Mas, agora, eu não tenho o direito de me sentir assim.

Tomo um gole da minha bebida e desvio o olhar. Então, percebo um garoto vindo na minha direção. Na verdade, acho que ele pode ser considerado um deus da perdição. Seus cabelos são loiros, em um corte moicano, seus olhos são azuis, e seu corpo é perfeito. Os músculos torneados, barriga tanquinho e pernas longas e grossas. Espero que eu não esteja babando.

___ Oi ___ sua voz é grossa. Olho para os lados, pra ver se ele está falando com outra pessoa. Mas não. É comigo.

___ Oi ___ odeio o modo como minha voz saiu fina.

Ele sorri. Meu Deus, que sorriso é esse?

Sinto votande de me abandonar, mas me controlo.

___ Você é muito linda ___ eu ruborizo. Ruborizo? Que merda. ___ Como se chama?

___ Sakura. E você? ___ pergunto.

___ Scott ___ ele não para de me olhar e eu começo a me sentir envergonhada. ___ Você é amiga do Naruto?

___ Sim. Ele estuda comigo.

___ Ele não mencionou que tinha amigas tão gatas.

___ Obrigada ___ sorrio. ___ E você? É amigo dele?

___ Sou primo. ___ Realmente eles são parecidos. ___ Você tem namorado?

___ Não ___ tomo um gole da minha bebida e olho na direção de Sasuke novamente. Ele está me fuzilante com o olhar. Volto a me concentrar no loiro a minha frente. Talvez seja bom provocar Sasuke um pouco.



Sasuke Uchiha




Tenho que manter o controle, mas não paro de olhar na direção de Sakura que está conversando com aquele Ken humano. E o pior de tudo é que ela sorri.

Droga! Eu não deveria estar me importando.

Mas estou. É impossível não estar. Até porque ainda gosto dela. Infelizmente.

Karin está falando sem parar sobre algo que não estou prestando nenhuma atenção.

___ Então, o que você acha? ___ ela pergunta.

___ Acho legal.

Ela sorri.

___ Seria bom pra nós dois nos entendermos novamente.

Meu Deus, com que diabos foi que eu acabei de concordar?

Volto a olhar para Sakura, e eles estão sentados na beirada da piscina. Meu sangue ferve e eu solto um rosnado.

___ Naruto ___ me inclino para sussurrar no ouvido dele. ___ Quem é aquele cara?

Ele vira o rosto para olhar na direção de Sakura.

___ Ah, é o Scott. Meu primo. Por quê? ___ ele pergunta com a testa franzida. Não respondo, mas logo ele entende. ___ Cara, você precisa relaxar. Agora você não pode fazer mais nada.

E ele tem toda razão. Só que a minha raiva aumenta ainda mais quando ele segura na mão de Sakura e a leva para longe.

Tenho não pirar e esfriar a cabeça. Tiro a bermuda que estava usando e mergulho na piscina.

Eu não deveria estar sentindo ciúmes, mas eu perco a cabeça só de imaginar aquele cara ou qualquer outro colocando a mão em Sakura. E o pior de tudo é que aquelas poucas peças só a deixou mais atraente ainda.

Com os braços inclinados para trás e os cotovelos apioados na beirada da piscina, tento relaxar. Até que Karin chega e fica ao meu lado. Ela não saiu do meu pé, desde que chegou.

___ O que aconteceu? ___ ela pergunta.

___ Nada.

Ela solta uma risada.

___ Eu te conheço, Sasuke. Sei que você está com raiva. É por que Sakura saiu com aquele carinha, não é?

___ Não. Não tenho mais nada a ver com ela.

___ Sabemos que isso não é verdade. Mas você precisa partir pra outra. Ela mesma já fez isso.

Sei muito bem o que ela quis dizer.

Perco a cabeça quando vejo Sakura voltando com o cara. Pego pelo braço de Karin de forma pouca carinhosa, a puxo e a beijo.

Não sei porque estou fazendo isso. Talvez pela raiva, ou para dar o troco.

Solto Karin e quando volto a olhar, Sakura não está mais lá. Simplesmente sumiu.

Saio da piscina sem olhar para Karin.

___ Você está ficando louco? ___ Naruto pergunta quando chego perto dele.

___ Viu pra onde a Sakura foi?

___ Ela foi para o outro lado do jardim.

Saio à procura dela.

Por quê diabos estou fazendo isso?

Simplesmente não sei. Acho que estou pirando cada vez mais.

Em poucos segundos, encontro Sakura. Ela está de costas e não nota quando me aproximo.

___ Por quê diabos você ficou com aquele cara? ___ pergunto furioso.

Ela se assusta. Então, fica de frente para mim. Sakura não responde imediatamente. Seus olhos estão lacrimejados, mas logo se tornam cheios de fúria.

___ Desde quando tenho que te dar satisfações?

___ Realmente, você não tem mais. Agora você pode fazer da sua vida o que quiser.

___ Assim como você. Parace que você e a Karin já estão se dando muito bem ___ ela fala com um tom amargurado, mas tenta disfarçar.

___ É, nós... ___ ela me interrompe.

___ Quer saber? Não interessa.

Solto um riso abafado.

___ Tem certeza que não te interessa? Parece que você não gostou do que viu.

___ Sabe o que eu acho? Que você fez isso pra me irritar. E conseguiu. Jamais pensei que você fosse chegar a esse ponto.

___ Não fiz isso pra te irritar. Até mesmo porque você não tem o porquê se irritar. Já partiu pra outra. Então quer dizer que você superou nosso término. Foi tão fácil, não é?

___ Cala sua boca, Sasuke. Você não sabe de nada. ___ Sua expressão é furiosa. ___ Acho que o único que consegui superar fácil foi você.

Ela não tem idéia do quando está enganada. Mas quero que ela continue pensando assim. Não vou mais deixar que ela tira aproveito dos meus sentimentos.

___ Sim ___ minto. ___ Acho que na verdade, o que eu sentia por você era apenas uma ilusão minha.

Sua expressão se torna surpresa ao ouvir isso. Seus olhos enchem de lágrimas, mas ela balança a cabeça e respira fundo.

___ Nada que vem de você me surpreende mais. Você e a Karin se merecem.

Fala e sai.

Sinto o arrependimento por te falado desse jeito. E eu odeio isso. Queria poder falar e não me importar com o que ela sente. Só que não é tão fácil assim.



Sakura Haruno




Estou sentindo raiva, mágoa e indignação. Se era isso que ele queria, conseguiu.

Estou voltando e tentando não me abalar depois de tudo que ouvi de Sasuke quando vejo Hinata.

___ Onde você estava? ___ ela pergunta.

___ Respirando um pouco. Vamos voltar.

Ela assente. Quando estamos nos aproximando, vemos  Sai conversando com Ino. Vejo o exato momento em que Ino olha na nossa direção, e, como se fosse o que ela esperava, parte para o ataque.

Ela enrola os braços no pescoço de Sai e o beija.

Meu queixo cai no mesmo instante. Pisco várias vezes, pensando que talvez seja uma miragem, mas não. Olho para Hinata e ela parece chocada.

Sai se afasta de Ino. E quando ele nos olha, toma um susto enorme. Hinata sai, praticamente correndo, e Sai vai atrás dela.

Volto a olhar Ino que está sorrindo. Cerro os dentes e vou pisando duro em sua direção.

___ Por quê você fez isso? ___ falo em tom alto. A raiva está explodindo em mim.

___ Não diz nada sozinha ___ ela esbanja um sorriso satisfeito no rosto.  É nesse momento que eu perco a paciência.

Coloco as mãos sobre o peito dela e a empurro. Sem poder se segurar, ela cai na piscina.

___ Ainda bem que você é uma piranha. Sabe nadar.

Falo com sarcasmo. Ino me olha com raiva, bufando.

___ Por quê você fez isso com a minha amiga?

Viro o rosto e vejo Karin na minha frente. Ótimo! A vaca veio defender a amiga.

___ Ela mereceu.

As pessoas começam a gritar e vaiar.

___ Você não tinha o direito de ter feito isso.

Sorrio com desdém.

___ Não só tive, com tenho.

Karin franze a testa, como se não tivesse entendido. É que aí que eu a empurro também. Ela cai por cima de Ino, que estava saindo da piscina.

Sorrio em forma de deboche. Dou uma piscadela e saio.




Notas Finais


Kkkkkkk Arrasou Sakura !


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...