História Unbowed, Unbent, Unbroken - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias As Crônicas De Gelo e Fogo (Game of Thrones)
Personagens Arya Stark, Brandon "Bran" Stark, Brienne de Tarth, Catelyn Stark, Cersei Lannister, Daenerys Targaryen, Davos Seaworth, Doran Martell, Eddard Stark, Euron Greyjoy, Jaime Lannister, Jon Snow, Lyanna Stark, Margaery Tyrell, Melisandre, Oberyn Martell, Petyr Baelish, Ramsay Bolton, Rhaegar Targaryen, Rickon Stark, Robb Stark, Robert Baratheon, Roose Bolton, Sandor Clegane, Sansa Stark, Theon Greyjoy, Tyrion Lannister, Tywin Lannister, Viserys Targaryen
Tags Elia Martell
Visualizações 43
Palavras 1.258
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Ficção, Romance e Novela
Avisos: Adultério, Álcool, Estupro, Heterossexualidade, Incesto, Linguagem Imprópria, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Olá olá lindezas, como vocês estão?
Música Do Capítulo: Sleeping at Last - I'll Keep You Safe.

Capítulo 4 - Pra Sempre


Fanfic / Fanfiction Unbowed, Unbent, Unbroken - Capítulo 4 - Pra Sempre

- Você não deveria ter feito isso com ela. – Escuto o comentário de Viserys para Rhaegar.

- Eu sei. Eu me deixei levar pela beleza de Lyanna.

- E quando você se casar? Vai se deixar levar pela beleza de outras mulheres? Como o seu povo pode confiar em um Rei que fica em cima do muro?

- Ela deve estar acostumada, afinal Dorne possui tradições diferentes.

- Com todo respeito, Rhaegar, mas Elia é minha melhor amiga. Nós crescemos juntas e somos como irmãs, então eu tenho todo amor e carinho do mundo por ela. Mas dizer que só porque ela veio de Dorne, ela deve aceitar todo tipo de coisa, é um absurdo. Os pais dela não a criaram desse jeito. Você não gostaria que se fosse com você, se ela fizesse o mesmo. Ela nem queria sair de Dorne, e só está aqui por mim. Então eu lhe peço que se for para desprezá-la, que a mande de volta a Dorne e que eu vá junto. – Sansa diz tudo isso, e eu não consigo conter a minha felicidade.

- De maneira alguma, Sansa. Eu te peço perdão.

- Não é pra mim que você deve pedir. Aproveita! Elia tem um coração enorme, é uma mulher linda, e seria a rainha que você precisa Rhaegar. Eu conheço a minha tia muito bem, e se fosse eu em seu lugar, optaria por Elia de olhos fechados. – Ela sorri, e eu ouço passos até mim.

- Elia! – Me viro para conversar com ele. – Como está a festa? Uma dornesa sabe quando a festa é boa ou não. – Sorrio.

- Está tudo muito agradável, e agradeça ao seu pai por trazer um pouco de Dorne para que eu não ficasse com tanta saudade assim.

- Minha senhorita. – Ele pega na minha mão e a beija. – Não há motivos para agradecer ao meu pai, já que quem providenciou tudo, com todo bom agrado e amor, fui eu.

- Pelos Deuses, Rhaegar! Não precisava. – Digo rindo, e acabo arrancando um sorriso dele.

- Já te falaram o quanto você fica linda sorrindo, Princesa Martell? – Olho para baixo, envergonhada. – Não precisa ficar tímida. – Ele passa a costa da mão direita no meu rosto. – Peço que fique ao meu lado durante o jantar.

- Eu agradeço, mas eu ficaria mais confortável ao lado de Sansa. Não quero lhe causar mais nenhum tipo de constrangimento. – Eu sei... Eu sei... Eu não fiz nada para causar algum tipo de constrangimento, mas em nenhum momento ele me pediu um pedido de desculpas, então acho que o futuro rei anda me devendo alguma coisinha.

- Elia... – Ele se aproxima de mim e segura o meu rosto com as duas mãos. – Você não me causou nada. Eu te peço perdão pela minha indelicadeza. Você abriu mão da coisa que você mais ama apenas para fazer sua amiga feliz e eu agir desse jeito, presumo que tenha te deixado chateada.

- Não foi apenas por Sansa que eu vim, mas aceito o seu pedido de desculpas, e é muito gentil da sua parte se preocupar comigo.

- Não foi apenas por ela?

- Sabe, Rhaegar? As vezes nem tudo é o que parece. Eu não sou uma louca de Dorne, que apenas pensa em sua família, e seu lar, e acaba se esquecendo de que eu tenho uma vida. Eu quis ver como é por aqui, quis me aproximar de você porque eu sinto que você tem um bom coração, mas por que não transparecer isso? Nós dois somos pessoas fechadas, e eu entendo, mas eu estou disposta a me abrir com você, e eu não quero que eu seja a única a fazer isso, mas eu novamente entendo que você deve ter um carinho especial por Lyanna...

- Não mais do que por você. – Ele me interrompe. – Eu esperava por isso, e foi justamente o propósito do meu convite. Eu gostaria do fundo do meu coração que você fosse a minha futura rainha. – Fico perplexa. – Agora... – Ele se aproxima novamente. – Vamos comer.

Tudo bem... Eu confesso que meu coração estava quase saindo pela minha boca! Eu não esperava isso. Aliás, eu não esperava nada além de algumas encaradas, e nenhuma palavra trocada. Eu esperava que Lyanna tomasse toda a atenção dele, e que eu ficasse para o segundo plano.

Nada explica a minha felicidade nesse momento. Talvez agora seja a melhor hora desde que cheguei por aqui.

- Atenção! Atenção! – O rei diz. – Queria agradecer as nossas convidadas de honra por estarem aqui. Meus filhos ficam imensamente satisfeitos, Senhorita Sansa, Princesa Elia. Agora, vamos comer.

Fomos servidos e a comida era realmente maravilhosa.

- O que acha de um passeio? – Rhaegar sussurra no meu ouvido.

- Agora? – Pergunto rindo.

- Agora! – Ele sorri. – Vamos?

- Aonde vai me levar?

- Surpresa, princesa. Acalma o coração. – Rio, e me levanto com ele.

- Não tem problema sairmos assim no meio do nada?

- Tem, mas eu não ligo. – Rio novamente.

Rhaegar me leva até o seu cavalo, e me ajuda a subir.

- Você prefere um só pra você ou não se importa em ir comigo?

- O que você decidir está bom. Eu não entendo nada sobre isso.

- Melhor ir comigo. Não quero que nada de ruim aconteça com você. – MEUS DEUSES! FALA SÉRIOOOOOOO! EU ESTOU ME APAIXONANDO? TALVEZ!

- Como quiser Alteza. – Estico a minha mão e ele ri.

- Você primeiro Alteza. – Rio e subo no cavalo. Rhaegar sobe atrás de mim e me abraça por um bom tempo...

- Tá tudo bem, Rhaegar? Você do nada travou.

- Eu só queria ficar aqui pra sempre.

- Aqui? – Pergunto rindo.

- Te abraçando. – Viro e nossos rostos ficam realmente muitos próximos um do outro.

- Rhaegar...

- Elia... – Ele sussurra. Estávamos nos aproximando mais e mais, até ouvirmos a voz de quem? Se você chutou Sansa Stark, parabéns!

- Eiiiiii? Aonde vocês vão? Ops... Acho que eu atrapalhei alguma coisa. – Forço um sorriso e ela ri. – Mil desculpas, eu não sabia que vocês iam...

- Nem parecia, não é mesmo? Parecíamos dois irmãos. – Rhaegar diz e nós rimos.

- Olha, os Lannister são irmãos, então né... – Rimos.

- Pelos Deuses. – Dissemos rindo.

- Bom... Eu peço licença mas eu fiz um convite a essa bela donzela, e ela é afiada, não posso decepcionar mais uma vez. – Sorrio.

- Elia nem está feliz, não. Nunca vi tanto dente. – Rio.

- Viserys, dê um jeito! – Digo e eles riem.

- Com todo prazer.

- Uiiiiiii!

- Agora, é minha vez. – Rhaegar diz e nós saímos.

Ao longo do caminho, ele foi dizendo algumas poesias que ele mesmo tinha feito. Era tão profundo e intenso que eu não imaginei que poderia conhecer esse lado dele.

O lugar onde ele me levou era um lago, e a visão do céu eram incríveis. Nunca vi nada parecido, nem mesmo em Dorne.

- Uau! – Digo olhando para o céu. – Isso é lindo.

- Eu costumo dizer que aqui é o meu lugar. Nunca trouxe alguém aqui, nem mesmo meus irmãos.   

- E eu sou a sortuda? Por quê?

- Lembra quando disse que nós devíamos nos aproximar mais, se abrir um para o outro? Cá estamos nós. Achei que seria um bom começo.

- Ótimo. – Digo sorrindo, ainda olhando para o céu. E ele me puxa para perto dele.

- Sabe o que eu acho mais louco? Que aqui costuma ser o meu lugar de paz, mas parece que eu encontrei em outro lugar.

- Como assim? – Pergunto rindo.

- Você.


Notas Finais


Espero que tenham gostado :D
Não deixem de comentar e favoritar <3
Beijos beijos.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...