História Under the Same Roof - Capítulo 19


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Personagens Hinata Hyuuga, Ino Yamanaka, Karin, Naruto Uzumaki, Neji Hyuuga, Sakura Haruno, Sasuke Uchiha, Shikamaru Nara, Temari, TenTen Mitsashi
Tags Colegial, Faculdade, Naruhina, Naruto, Sasusaku, Universo Alternativo
Visualizações 573
Palavras 1.601
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Escolar, Festa, Hentai, Luta, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


OLÊ,OLÊ,OLÊ,OLÁAA OLHA AQUI QUEM VOLTOU PARA FICAR!
OII MEUS XUXUS TUDO BOM???
Não,vocês não estão sonhando. EU FINALMENTE ESTOU DE VOLTA!!
Depois desse hiatus enormeee,eu voltei a escrever UTSR.
E eu tenho que confessar que foi a melhor coisa que eu já fiz na vida.
MUIIITO OBRIGADA por todas as mensagens de carinho que vocês me mandaram durante esse tempo. Foi de extrema importância pra mim e eu sou grata demais a vocês.
E agora vamos matar a saudade? Sem mais delongas,vamos ao capítulo! xx

Capítulo 19 - Um fim de semana - Parte II


Sakura POV

Pouco mais de alguns minutos depois de ido com a mãe para terminar de preparar o almoço,Sasuke veio até a sala para chamar Itachi e eu para a mesa pois o almoço já estava servido.

E meu Deus do céu,essa família gosta de cozinhar! Tinha tanta comida na mesa que eu nem podia contar ou descrever o que era tudo aquilo.

- Tudo parece estar delicioso dona Mikoto — Me sentei ao lado de Sasuke no lado esquerdo da mesa.

- Obrigada meu amor — Ela sorriu gentilmente. Essa mulher parece um anjo! — Você sabe cozinhar Sakura?

- Hã... Digamos que eu sei cozinhar o suficiente para sobreviver.

- O que isso quer dizer? — Sasuke perguntou com o cenho franzido.

- Isso quer dizer que ela cozinha que nem eu — Itachi disse,já abocanhando uma garfada do que me parecia ser lasanha — Mãe,isso tá muito bom.

- Não fala de boca cheia moleque! — A Uchiha repreendeu e o filho mais velho pediu desculpas depois de já ter engolido a comida — Então Sakura,parece que você tem sorte de ter o meu filho ao seu lado,já que ele cozinha muito bem. Assim como Itachi tem sorte por ter Izumi.

- Ah isso é — Concordei terminando de colocar comida no meu prato — Quando eu morava com a Karin, nós sempre comiamos alguma besteira no jantar já que almoçamos na faculdade. Já tentamos cozinhar uma vez mas Karin quase botou fogo na cozinha.

- Como anda o apartamento? — Sasuke perguntou e eu fiquei confusa.

- Apartamento?

- Seu e da Karin — Ele explicou e eu tive vontade de quebrar um prato na minha cabeça — Não foi por causa de um problema lá que você foi morar comigo?

Às vezes eu esquecia desse pequeno o detalhe. Eu já estava tão acostumada a morar com Sasuke que estava começando a esquecer que eu não estava lá por um problema no meu apartamento e sim,por causa de uma maldita aposta.

- Hã... 'Tá tudo ótimo. Deve ficar pronto em algumas semanas — Improvisei — Voltarei pra lá assim que der.

- É uma pena — Mikoto lamentou — Quer dizer,fico feliz por seu apartamento estar sendo consertado mas pense só,você e Sasuke vão passar mais tempo longe de um do outro. Por que não continua morando com ele?

- Hã...

- Mãe... — Sasuke tentou intervir.

- Mas é uma ótima ideia meu filho! Vocês dois são namorados. Qual o problema?

- Mãe,acho que Sakura precisa de um pouco de independência — Itachi veio em meu socorro e eu quase pulei da minha cadeira para abraça-lo — Pelo que sei,faz pouco tempo desde que ela deixou a casa dos pais para fazer faculdade. Não acho que ela queira se prender de novo. Não é mesmo cunhadinha?

- É isso — Concordei e dei chute na perna de Itachi por debaixo da mesa. A última parte foi meio sem necessidade — Digamos que,eu preciso aproveitar mais da vida universitária. Dividir o lugar com uma amiga,aprender a viver por conta própria... Foi o que eu sempre sonhei,desde que era uma menininha vivendo em um lugar pequeno. Eu preciso aprender a crescer sozinha.

Olhei de relance para Sasuke e diferente do que eu esperava,ele tinha um belo sorriso no rosto. Eu esperava um reação diferente,meio que um olhar de tristeza por me ouvir falando que não iria continuar com ele. Senti uma pequena pontada de frustração,mas decidi ignorar.

- Isso é muito bonito filha — Mikoto reconheceu e eu sorri — Como era a convivência com seus pais?

- Era boa,eu acho. Meus pais sempre tiverem restrições comigo,assim como todos os pais tem com seus filhos. Mas eu sempre fui uma menina rebelde e acaba quebrando todas as regras da casa. Eu brigava com meus pais claro,mas contanto que no final do dia eu não aparecesse grávida em casa,tava tudo certo.

- Então você aprontava muito hum? — Itachi brincou e eu revirei os olhos — Aposto que era cheia de namoradinhos.

- Eu já tive alguns sim,mas nada muito sério — Novamente,olhei para Sasuke e ele parecia meio... Enciumado? — Mas Hey,nada de falar sobre a minha vida amorosa durante o almoço. Izumi não vai poder vir?

- Aparentemente,o que ela foi fazer no médico é mais sério do que eu imaginava — Itachi parecia preocupado e eu não o culpava — Vou buscá-la um pouco mais tarde. Não se preocupe cunhadinha,vai poder conhece-la na festa a noite.

Festa? — Murmurei entredentes para Sasuke que apenas balançou a cabeça.

- Meu irmãozinho não a avisou? — Itachi balançou a cabeça desacretidado — Vamos comemorar o aniversário da nossa mãe em um salão de festas aqui perto. Não é todo dia que uma pessoa faz 56 anos.

Agradeço a todos os deus existentes por ter tido a inteligência de ter colocado um bom vestido na mala. Imagina só,ir para um salão de festas com uma roupa qualquer? E Sasuke nem pra avisar! Mas que ótimo namorado!

- Itachi! — A matriarca brigou,envergonhada. Crise de meia idade talvez?

- Não se preocupe dona Mikoto,a senhora não aparenta ter a idade que tem. Se eu não soubesse que a senhora é mãe dos meninos,eu chutaria que era irmã.

- Olha ela,querendo comprar a sogrinha — Itachi fez graça e eu bati em seu ombro.

- Obrigada Sakura.

E o resto do almoço seguiu tranquilo. Com Itachi fazendo piada de qualquer coisa que eu falava,com Mikoto brigando com o filho e ao mesmo tempo rindo e Sasuke,que tinha ficado estranhamente quieto mas que ainda assim,interagiu com todos a mesa.

XXX
Sasuke POV

Depois do almoço,Sakura ficou com minha mãe na cozinha,se oferecendo para lavar a louça. Por mais que mamãe tenha insistido em dizer que poderia lavar tudo sozinha,Sakura fez questão de ajudar alegando que era aniversário da dona da casa e que ela deveria estar se descansando e se preparando para a festa em sua homenagem a noite.

Itachi me chamou para a sala,alguns minutos antes de sair para pegar Izumi no hospital.


- Então irmãozinho,tem alguma coisa para me contar?

- Eu não.

- Tem certeza? 

- Itachi. O que você quer saber? — Perguntei de uma vez. Quem fica com rodeio é cowboy.

- Por que não me contou que... — Ele olhou para a entrada da cozinha vendo se alguém aparecia — Que você e Sakura não estão namorando de verdade?

- Como você...?

- Eu sou seu irmão mais velho,seu tapado — Ele disse como se fosse óbvio — Claro que eu sei dessas coisas.

Itachi estaria tirando onda com a minha cara? Era bem do fetio dele fazer coisas assim.

Mas e se ele soubesse mesmo da verdade? Isso significava que Sakura e eu não estávamos sendo tão convincentes como pensávamos. Mas o que mais poderíamos fazer? Eu estava sendo o melhor namorado que alguém poderia ser ou eu achava que poderia ser. Mas estava dando o meu melhor para fazer Sakura feliz,mesmo que não fosse durar por muito tempo.

- Claro que,também tem o fato de uma garota linda como ela nunca namoraria alguém como você — Ele riu e se recostou no sofá — Mas sério Sasuke,por quê?

- Porque ela me pediu — Eu disse simplesmente — Ela queria se livrar de um cara e disse pra ele que nós éramos namorados.

- E você aceitou?

Assenti.

Itachi ficou pensativo por um tempo e depois pos se a rir.

- Qual a graça?

- Você é um tapado. Poderia ter aproveitado a oportunidade.

- Pra que?

- Pra pedir ela em namoro. Tipo,de verdade.

- Pra ela me dar um fora? — Neguei — Sem chance.

- Acha mesmo que ela te daria um fora? Sasuke,aquela garota é louca por você. Tanto que eu nem sei se ela mesmo já se deu conta disso.

- Do que você está falando Itachi?

- Eu tô falando — Ele levantou e sentou ao meu lado no sofá em que eu estava — Que do mesmo jeito que você gosta dela,ela gosta de você. Fala sério Sasuke! Vai dizer que você nunca reparou na maneira que ela te olha? Como hoje,como ela logo quis mudar de assunto na hora que estávamos falando antigos namorados dela e você ficou todo enciumado.

- Eu não...

- Ficou sim — Ele continuou — O que eu quero dizer é que,vocês dois se amam e isso é inegável. Qualquer um pode comprovar isso. Vocês estão fingindo estar juntos mas não estão fazendo esforço nenhum pra isso. Vocês aparentam ser um casal mesmo sem querer,porque se mostram apaixonados mesmo nas pequenas ações que vocês tem um com o outro. Não deixe ela escapar está bem? Eu vejo como você é feliz ao lado dela. Até eu,que mal a conheço já sinto como se ela fosse parte da nossa família. E tenho certeza que nossa mãe também sente o mesmo. Não deixa ela escapar Sasuke.

As palavras de Itachi me pegaram de surpresa. Sakura era apaixonada por mim? Ou pelo menos,gostava de mim como eu gostava dela? Era impossível. Ela parecia relutante em tudo o que fazíamos juntos e sempre se afastava primeiro,quando tínhamos algum contato mais íntimo. O que eu semprei pensei,foi que Sakura me considera apenas como um bom amigo e que nunca me veria de outro jeito.

- Agora eu tenho que ir buscar minha mulher — Ele levantou e apertou meu ombro — Faça a coisa certa, irmãozinho.

Itachi pegou as chaves do carro que estavam em cima da mesa de centro e se dirigiu em direção a porta.

- E então que eu me esqueça — Ele parou a meu caminho da porta,chamando a minha atenção — Tem um par de anéis que ela ficou fissurada na loja em que fomos ver as alianças. Anéis de compromisso.

E dito isso,ele saiu pela porta me deixando sozinho com as minhas inúmeras dúvidas.


Notas Finais


Eu sei,vocês devem estar pensando: QUE CAPÍTULO PEQUENO FOI ESSE?
E eu já peço desculpas. Esse capítulo foi só pra deixar as coisas um pouquinho mais no eixo para o próximo capítulo que eu PROMETO que sai em breve.
Comentem ai o que acharam meus amores <3 Vou responder vocês todos.
Até o próximo xx


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...