História Unexpeted - Capítulo 8


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster
Tags Jikook, Jimin!bottom, Mpreg, Mpreg Jikook, Namjin, Top!jungkook
Visualizações 153
Palavras 1.278
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Escolar, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yaoi
Avisos: Álcool, Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Insinuação de sexo, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


OBRIGADA PELOS 80 FAVORITOS MEUS MOCHIS <3 <3

AMO VOCÊEEEEEEEEEESSS

*Bate palminhas*

Agora vamos para o que interessa não é mesmo....

Boa Leitura :3

Capítulo 8 - Order


-=-=-=-=-=-=-=-

 

Depois da ligação do Jimin, eu sabia que ia acabar dormindo lá, então peguei minha mala com meus materiais escolares, e outra mala com um pijama e o uniforme.

Depois de ter feito tudo isso, entrei no carro e dirigi o mais rápido possível até a casa de Jimin. Chegando lá estacionei o carro, peguei minhas coisas e sai do carro, logo tocando a campainha, sendo atendido pela mãe de Park

 

Woah...Olá Jungkook - Ela sorri - Jimin estava te esperando, ele não está bem...Então seja um bom pai para meu neto e cuide dele e de Jimin... - Eu apenas acinto com a cabeça, sorrindo - Ótimo - Ela bate palminhas, aparentemente bem animada - Ele está lá em cima.

 

Muito obrigada senhora Park - Sorrio e subo correndo, logo batendo na porta do quarto de Jimin, recebendo um "Entra" como resposta, então eu fiz...entrei

 

Jiminnie...Você tá bem? - Pergunto me aproximando do mesmo, que estava com uns 20 cobertores em cima de si

 

Kook...Só estou passando um pouquinho mal... - Ele sorri fraco.

 

       Claramente Jimin não estava bem, então coloquei a mão na testa dele, e obviamente...Ele estava queimando em febre.

 

Jimin...Você esta muito quente... - Digo muito preocupado

 

Deite comigo Kook, estou com muito sono...E bem cansado. - Ele diz quase fechando os olhos

 

   Então faço o que ele pediu. Dou a volta na cama, tiro meu sapato, e me deito ao seu lado, me cobrindo em seguida. Depois que deito, vejo Jimin virar para o meu lado e ficar cara a cara comigo.

 

Ele está muito agitado hoje... - Ele diz e da um sorrisinho fraco

 

Mesmo? - Digo sorrindo - Ele deve estar apenas...Feliz -Digo rindo baixinho

 

Kook, amanhã na escola...você vai continuar a ser como era comigo antes? - Ele pergunta baixinho com uma carinha um pouco entristecida

 

Bobo... - Digo o colocando virado para o outro lado, fazendo assim, a forma de uma conchinha - Não se preocupe quanto a isso Jiminnie - Coloco a minha mão em sua barriga ainda na conchinha

 

Não vou...Não....Se....preocupe...- E ele acaba adormecendo

 

          Ele parece um anjinho....O meu anjinho....É possível mudar uma pessoa em apenas dois dias?....Ele realmente é um anjo que caiu do céu e se esbarrou em mim, e esse esbarrão foi a causa do amor em nossas vidas. Jimin mal sabe...mas está realizando um sonho meu... Ter uma família. A 3 meses eu via Jimin apenas como um objeto sexual, como todos os outros que eu levei pra cama...mas agora...Ele é o Omma do meu filho...A pessoa que está gerando o bebê...Foi a melhor notícia que pude receber. Ainda precisamos escolher o nome, mas pelo jeito que Jimin está, ele vai ficar um pouquinho doente, mas eu vou cuidar deles, e não vou deixar nada acontecer.

                A 7 anos, meus pais... Jeon Jing Ha e Jeon Gim Yeon, donos de uma das maiores empresas que tinham parceria com os países vizinhos, sofreram um acidente de avião... Eu tinha apenas 11 anos quando eles partiram...Nem fiquei tão triste como uma criança que ama seus pais ficaria, afinal...Eles não eram presentes na minha vida, muito menos ligavam pra mim...Por isso meu sonho era ter uma família...Poder dar uma família a alguém, como meu filho. Sempre vou estar presente na vida dele, lembrar de seus aniversários, deixa-lo na escola... Quero ser o pai que eu nunca tive, assim como minha mãe.

 

Acabo adormecendo com meus pensamentos

 

=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-

 

Acordo agarrado com Jimin, mas vejo que o mesmo ainda se encontra dormindo. Coloco a mão na testa do mesmo, e vejo que ele não está mais com febre.

 

Kook, o que está fazendo? -  Pergunta Jimin com uma voz de sono, me assustando, afinal pensei que ele estava dormindo.

 

Vendo se você está com febre... - Sorrio

 

Que horas são? - Ele pergunta sorrindo

Umas... 5:00... Vamos levantar?

Uhmmm.....Vamos.... - Ele diz se espreguiçando, logo se levantando, e eu vou junto.

=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=

Depois de termos tomado banho, feito nossas higienes e tomado café da manhã saímos de casa, entramos no carro e eu dei partida até a escola. Chegando lá, estaciono o carro, pego minhas coisas e saio, e Jimin faz o mesmo.

 Logo entramos na escola, com várias pessoas olhando torto por Jimin estar comigo...mas também tinham pessoas que estavam olhando para a barriga do Jiminnie, por já estar com uma boa elevação. Pronto...As fofocas começaram. – Bufo com meus pensamentos, sendo tirado dos mesmos com uma voz grossa.

Oi ChimChim....

Como? ChimChim? Essa pessoa ta querendo morrer?

Finalmente olho para o lado e vejo Kim Namjoon apertando o Jimin em um abraço aparentemente muito forte, Namjoon ficava olhando diretamente pra mim

O que você ta fazendo com o Jeon? – Pergunta ele segurando a mão de Namjoon

O que VOCÊ ta fazendo com ele – Digo puxando a mão de Jimin da de Namjoon

Ei, Kook...se acalma...Tá tu...- Ele é cortado por Namjoon que puxa Jimin para ele, e é claro...na direção de sua parte intima, fazendo com que ele ficasse encochando Park

Já chega...Namjoon, você não sabe que ele está carregando um filho meu? – Pergunto com um sorriso cínico no rosto

Óbvio que eu sei, Chimchim me contou – Ele disse apertando ainda mais a cintura de Jimin

Namjoon, por favor...Me solte – Diz Jimin tentando se soltar

Quer saber...Eu não ligo – Diz soltando Park com uma força extrema, fazendo o mesmo ir direto ao chão. Logo vejo Namjoon sair andando na direção oposta da nossa, desaparecendo.

Vou até Jimin e o ajudo a se reerguer – Jiminnie...Você ta bem? – Pergunto levantando seu rostinho, mas me arrependo ao ver Jimin com o rosto vermelho e com lágrimas escorrendo por suas bochechas. – Se acalme...Por favor... – Digo abraçando o mesmo e afagando seus cabelos

Kook...Eu quero ir em bora... – Ele dizia abafado, afinal seu rosto está na curvatura de meu pescoço.

Só se for agora...  

 Digo e pego sua mala pesada, colocando a mesma em meu ombro, e pegando na mão de Jimin, entrelaçando os nossos dedos. Feito isso saímos da escola, entramos no carro e comecei a dirigir para minha casa.

Cheguei lá, estacionei, desliguei o carro e sai do mesmo, vendo Jimin fazer o mesmo, logo depois, abro a porta e digo para Jimin entrar, e o mesmo faz.

Jiminnie...Você ta bem? – Pergunto me aproximando do menor, que já não chorava mais.

Sim Kook... Obrigada... – Ele diz e sorri fraco.

Vem cá – Digo subindo as escadas, e Park vem junto.

Quando chegamos no quarto, eu fecho a porta e me deito na cama, batendo do meu lado, como se fosse um “Deite aqui Jimin”, e o mesmo faz o que eu pedi.

 

Pego na barra de sua blusa, logo olhando para o mesmo. – Eu posso? – Ele assente, então puxo até acima da barriga, logo arregalando os olhos...Agora eu entendi o porque de todos estarem olhando a barriga de Park na escola...Ela estava muito grandinha...Não tanto quanto uma grávida de 6 meses, mas já estava consideravelmente grande.

Ele cresceu... – Começo à acariciar a região

Sim... – Ele começou à acariciar o mesmo lugar. – Já está dando trabalho para o Omma. Só se acalmou quando o Appa estava – Ele diz soltando uns risinhos, sem parar de acariciar

Você vomitou bastante ontem? – Pergunto encarando o mesmo

Muito. Eu fiquei muito fraco, pela perda de muito líquido. – Ele diz agora me encarando – Eu estou muito ansioso...

Eu também... Quero o segurar logo. – Digo sorrindo

Eu fico pensando...Em como vai ser... – Ele diz agora encarando a própria barriga

Vai ser maravilhoso... – Digo sorrindo, mas logo desmanchando em seguida. – Como vamos cuidar dele juntos, sendo que nem moramos juntos? – Pergunto curioso

Eu sinceramente não sei Kook...

Então tenho um pedido para te fazer...

 

Quer morar comigo?


Notas Finais


Obrigada por ler <3

Leia também minha outra fic <3

https://spiritfanfics.com/historia/wonderful-imaginary-world-10891302

Aguardem o próximo episódio :3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...