História Unidos Pelo Destino - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Tags Caçadores, Dragões, Espada, Haruka, Hikari, Kaori, Lua, Magia, Mikaru, Mundo Destruído, Yami
Visualizações 5
Palavras 744
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Ficção, Luta, Magia, Romance e Novela, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Heterossexualidade, Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


NÃO
NA
NA!
SHIU!
Não me façam perguntas do tipo "por que você demorou?", apenas aproveitem o cap, eu tive algunas novas ideias de separações, e eu preciso que tenham paciência comigo, ok? Escrever 12 fanfics e ainda em modos de escrita diferentes é difícil.
Ah, e o que acharam do desenho? Eu tava testando minha mesa e acabei tendo essa ideia..
Leiam as notas finais <3
Aproveitem o cap <3

Capítulo 2 - Servas Da Lua


Fanfic / Fanfiction Unidos Pelo Destino - Capítulo 2 - Servas Da Lua

Kaori pov on

Bebi um pouco do líquido acinzentado da xícara de metal velha. Os olhos dele já haviam voltado ao normal. Ele se sentou do outro lado da pequena mesa. 

-Hehe, me desculpe por ter te chamado de giganta! - Ele disse coçando atrás da cabeça. - Eu sou Nomora Haruka! 

-Você continua sendo um projeto de tampinha. Ishikawa Kaori. - Ele me encarou. - Ehai? O que são filhos filhos da lua?

-Oh, acho que elas vão poder explicar melhor para você, mesmo eu ainda não escutei uma parte da história. Meninas, podem sair! 

Duas garotas saíram de detrás de um móvel velho, ambas estavam usando regatas e calças. Seus rostos eram muito parecidos, porém, o cabelo de uma das garotas era preto, e o da outra era branco. A garota de cabelos brancos tinha olhos pretos, e a garota de cabelos pretos tinha olhos brancos. Como elas estavam usando regatas, dava para ver uma marca em seus ombros, em ambas, da cor de seus olhos. Quem são elas?

-Essas são Yin e Yang, as servas da Lua. - Encarei ele.

-Como o simbolo? Yin Yang? 

-Isso mesmo! - Disse a garota de cabelos brancos. 

-Não seja tão alegre, Yang! - Disse a garota de cabelos pretos.

-Me desculpe, Yin. - Yang suspirou.

-Suponho que você seja a filha da nossa mestra. - Disse Yang.

-Eu sou? Por que vocês acham isso? - Perguntei.

-Contem a história para ela. - Disse Nomora-san.

-Mikaru foi um bruxo muito poderoso, - Disse Yang. - Ele percebia a beleza da Lua, mesmo de longe.

-Todas as noites ele a via de longe, porém ele a queria por perto. Então, foi quando tudo começou. - Completou Yin.

-Mikaru conseguiu trazer a Lua para a terra, nossa mestra ficou confusa no começo, ela nunca tinha visitado essa terra, apesar de sempre a observar de longe. - Continuou Yang.

-Conforme o tempo foi passando os laços entre a Lua e o Mikaru foram ficando mais fortes, e o que era para ser amizade se tornou amor. - Yin disse sorrindo.

-E do fruto do amor deles, nasceu duas crianças gêmeas. As crianças, por serem filhos de da própria Lua, e de um mago poderoso, acabaram se mostrando muito promissoras para pessoas com interesses malignos. Então, o tempo de nossa mestra acabou na terra, ela teve que voltar para seu posto, e Mikaru ficou encarregado de cuidar das crianças. - Os olhos de Nomora-san brilharam, provavelmente essa era a parte que ele ainda não havia escutado.

-Mas isso não durou nem por dois dias, pois Mikaru foi envenenado com um veneno terrível, e as crianças tomaram rumos diferentes. A garota foi parar em um abrigo para crianças órfãs, e o garoto foi achado por uma bruxa. - Yin terminou, sorrindo.

-Como vocês tem tanta certeza de que eu sou essa garota? Pode ser qualquer pessoa! - Disse segurando firmemente a xícara de metal velha.

-Quando Miraku deixou vocês, ele tinha que se certificar que vocês saberiam dos seus pais, então, ele colocou o sobrenome dele na memória de vocês. Ishikawa-san, seu nome é a prova de que você é uma das crianças da Lua! 

-Então...se eu sou uma das crianças, quer dizer que eu tenho um irmão? 

-Isso, e temos que achar ele.

-Escuta, vocês são meio doidos, né? - Eles me encararam. - Eu? Uma das crianças da Lua? Nem ferrrando! Eu nunca vi uma pessoa mais burra do que eu, se eu fosse filha da Lua eu pelo menos teria que saber pensar! 

-Para de ser idiota! - O baixinho me deu um peteleco na cabeça. - Se encontrarmos seu irmão, podemos usar o poder de vocês para acabar com todos os dragões da terra. Nós vamos partir amanhã para a cidade vizinha!

-Espera, vamos andar em campo aberto? - Exclamei.

-Você tem uma espada e tem magia, do que tá reclamando? Você não é uma florzinha indefesa, sua giganta! 

-EI! Seu baixinho, você vai ver quem é giganta quando eu colocar minhas mãos em..

-O tempo tá bom, né? - Nós olhamos para a Yin. - Olha que sol lindo.

-Partimos amanhã. - Disse o baixinho.

-É, boa noite. - Completei.

-O que? O que eu fiz!? - Yin exclamou, nós rimos.

[ ... ]

Me joguei na cama do pequeno quarto em que o Baixinho disse que eu poderia ficar. Sinceramente, o que eu estou fazendo aqui? Me virei pro lado e apaguei a luz


Notas Finais


YO MINNA!!!
Faz MUITO aliás MUITO tempo que não nos falamos, nesse tempo eu criei um instagram de desenho (sim eu desenho) e um Twitter
Se vocês puderem me seguir em ambos eu ficaria muito feliz <3
Fora que seria um modo a mais de interagir com vocês.
Eu as vezes recebo comentários fazendo perguntas do desenvolver da história, e eu realmente amo responder eles, isso mostra que vocês realmente se interessaram pela história, e isso me deixa muito feliz <3
Espero que tenham gostado do cap, espero mesmo <3
Beijos de um dragão faminto <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...