História Vai Namorar Comigo, Sim! - Capítulo 21


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Bts, Jikook, Jimin!bottom, Jungkook!top, Kookmin
Visualizações 89
Palavras 1.044
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Escolar, Festa, Lemon, Romance e Novela, Shonen-Ai, Yaoi
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Gente do céu, eu estava com um capítulo quase pronto há um tempo, e achei que já tinha postado auhsausha mto paçoca

Capítulo 21 - A Chatice Não Esperada


Fanfic / Fanfiction Vai Namorar Comigo, Sim! - Capítulo 21 - A Chatice Não Esperada

- Olá, Jimin - O motivo dos meus pesadelos me cumprimenta com um sorriso cínico no rosto - Que bunda gloriosa - Ele fala em alto e bom tom, e eu agradeço pelo Luciano Hulk estar mandando uma de suas high notes, assim Jungkook não conseguia ouvir nada além daquele gritinho.

- O que você tá fazendo aqui? - Pergunto tentando não transparecer tanto ódio.

- Eu vim aqui curtir o show - Ele fala bem perto do meu ouvido - Além do mais, eu sou um grande fã da Gretchen.

- Yoongi - Jungkook exclama todo alegre, assim que avista a praga do Yoongi atrás de mim - Eu não sabia que você gostava de vim em shows - E da um abraço no Yoongi, enquanto eu só recebi um sorriso quando nos cumprimentamos hoje.

- Eae mermão, você tá todo gatão - Yoongi retribui o abraço, e eu quase consigo ver as faíscas de raiva saindo de mim - Eu não sabia que você estava tão próximo assim do Jimin - Mentiroso!

- Pois é - Jungkook fala enquanto coça a nuca, envergonhado - Ele meio que lançou um feitiço sobre mim.

- Ele é macumbeiro? - Yoongi pergunta com uma falsa surpresa na cara. Ah, se eu pudesse dar um soco e três cruzados naquele rosto bonito dele...

O Show continua, e Jungkook pede para a peste do Yoongi se juntar com a gente, o que me deixou com um bico enorme no rosto. A praga não basta se juntar com a gente, ainda fica no meio, impedindo que eu pudesse observar o lindo rosto do Jungkook.

- Eu te odeio, Yoongi - Cutuco sua costela com força, e o vejo fazer uma cara de dor.

- Pena não poder dizer o mesmo, chuchu - Ele me responde sem tirar aquele sorriso cínico do rosto - Eu já falei o quanto você está lindo hoje? Pois então, você está magnífico.

- Obrigado, mas eu não preciso dos seus elogios - Respondo fazendo uma careta de desgosto.

- Eu não sabia que vocês eram tão próximos - Jungkook fala assim que percebe que estávamos "conversando", e eu não pude deixar de notar o seu tom meio incomodado - Jimin, por que você não fica no meio?

- Com todo prazer - Sorrio e empurro Yoongi para longe do meu devido lugar.

Continuamos curtindo o show, e eu percebo o quanto o Luciano Hulk canta bem, mas a Gretchen roubou toda a cena com a sua beleza exótica. Assim que o show se dá por encerrado, a gente se dirige para as partes das comidas e bebidas.

- Yoongi, que tal você comprar umas bebidas para a gente? - Jungkook pergunta enquanto tira uma nota de vinto do bolso e entrega para a praga - Eu e Jimin vamos ficar te esperando bem aqui - Yoongi não protesta e vai direto para uma das inúmeras barracas que tinham naquele lugar - Jimin, eu não pude deixar de notar o quanto vocês dois estávamos próximos hoje - Jungkook fala assim que a praga se afasta.

- Ah não, nós não somos amigos, nem nada do tipo - Respondo com toda convicção, pois é a pura verdade - Além do mais, eu nem gosto dele - Deixo escapar a minha ira por Yoongi, e Jungkook faz uma cara de surpresa.

- Mas por quê tão de repente? - Ele pergunta realmente interessado.

- Por questão de diversos fatores - Respondo em um suspiro. Jungkook não pode ficar sabendo do que aconteceu aquele dia, do beijo que a praga me deu - Por acaso, você está com ciúmes? - Pergunto com um sorriso no rosto, porque Jungkook com ciúmes seria o meu sonho.

- Talvez eu esteja - Ele fala enquanto novamente coça a sua nuca - É que Yoongi é meio perigoso, ele adora garotos como você

- Como assim, como eu?

- Lindos e pah - Jungkook fala meio envergonhado, e novamente lá esta eu, com o meu sorriso do Coringa.

- Relaxa, Jungkook, Min Yoongi não vai chegar nem perto de mim - Falo ainda sustentando um sorriso no rosto.

- Se ele chegar perto de você, vai conhecer minha irá - Consigo ver faíscas saindo de seus olhos, e isso só me deixa mais excitado. Eu não posso ficar de pau duro no meio da multidão

 

   ~~~~~~~~~~~~

 

O caminho de volta para casa teria sido super agradável, se um tal de Yoongi não ficasse enchendo o meu saco. Toda vez que eu tentava puxar papo com Jungkook, a praga interferia e falava de algo aleatório, por exemplo; como as salsichas são feitas.

- É por isso que eu prefiro linguiça, se é que você me entende - Yoongi fala e pisca um dos olhos para mim.

Apesar da interferência de Yoongi, eu não conseguia deixar de notar o quanto o Jungkook parecia furioso com a aproximação da peste. É ai que eu percebo, Jungkook é um ser humano ciumento, do jeito que eu gosto. Quem não gosta de se sentir especial? Eu não recuso esse tipo de sentimento, até porque, ciúmes é comigo mesmo.

Yoongi desce duas paradas antes da gente, e eu solto um suspiro de alívio, finalmente me livrei daquela cobra. Mas é claro que antes de descer, ele não deixou de me dar um beijo - demorado até demais - na bochecha, e recebe um tapa na cabeça de Jungkook, o que me faz rir igual uma hiena.

Assim que eu e Jungkook descemos do ônibus, ele me abre um sorriso e eu me derreto novamente naquela noite.

- Obrigado por me acompanhar, Jimin - Jungkook começa enquanto segura minhas duas mãos - Sem você, não teria sido tão divertido.

- Eu que deveria agradecer - Falo meio envergonhado com sua ação repentina de segurar minhas mãos - Eu me diverti muito hoje, e espero me divertir mais vezes na sua companhia.

- Eu faço questão de estar com você em todos os seus momentos de diversão - Ele se aproxima e me deixa um selar nos lábios - Até segunda na escola.

Ok, eu definitivamente estou no céu. Eu até diria que posso morrer agora, mas não até Jungkook me mostrar o paraíso no lugar devido, na cama.

 


Notas Finais


Por hoje é só o/

Não deixem de votar no mama pelo BTS
http://www.mwave.me/en/mama/vote-finish?voteYn=Y


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...