História Vampire Love - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens V
Tags Bangtan Boys, Bts, Kim Taehyung, Vampire Love
Visualizações 15
Palavras 754
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Ecchi, Famí­lia, Ficção, Ficção Científica, Hentai, Lírica, Mistério, Musical (Songfic), Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Suspense, Terror e Horror, Violência
Avisos: Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oie,Demorei né?,desculpem mais tou cheia de coisas pra fazer,tou trabalhando e estou cheia de trabalhos escolares mais não deixarei de postar.Vou deixar vocês lendo

Capítulo 2 - Sonho ou Realidade?


Fanfic / Fanfiction Vampire Love - Capítulo 2 - Sonho ou Realidade?

Ele e um....Vampiro?

O empurro o mesmo sorri ladino e limpa o sangue que está em sua boca,me levanto da cama

S/n-Q-Que é você?-digo assutada

Ele fica calado me olhando,se ele está querendo me da medo conseguiu

Ele vai dando passos pra frente e eu dou pra trás,logo bato na parede,ele chega perto de mim e me olha nos olhos,ele coloca a mãos na parede como se quizesse me prender.

Ele me olha e sorrir e chega olha em meus olhos.logo morde meu pescoço,dou um gemido de dor

Estava fraca não sentia minhas pernas se não fosse por ele me segurando teria caido no chão

Alguem abre a porta.minha visão estava turva,O Tal garoto me solta e eu caio no chão.logo só vejo a escuridão


Acordo e dou um gemido quando tento me levantar,me levanto e vou ate o banheiro e sem intender por que eu estava naquela cama,molho meu rosto,quando vejo meu reflexono espelho vejo meu pescoço roxo e com duas marcas

Me lenbro do que aconteceu e logo entro em pânico,saio do banheiro e ando em passos curtos e lentos,olho pros lados como se estivesse sendo vigiada

Saio do quarto e desço a grande escada e vou pro quarto dos meus padrinhos e dou 3 batidas na porta e entro,vejo os dois sentados na cama e logo que me ve,vem ate mim

Madrinha-S/n você está bem?

S/n-Sim Madrinha,quem era quele garoto que estava...-Coloco a mão no pescoço e aliso o local da mordida levemente

Padrinho-Do que está falando?

S/n-O garoto que me mordeu

Os dois olham pra mim confusos

Madrinha-Não tinha ninguem no quarto quando chegamos,só você desmaiada

Será que foi um sonho?.Não mais a mordida está aqui,eu não poderia ter sonhado,aquilo pareceu muinto real

Madrinha-Você deve ter sonhado

S/n-Mas...E essa marca?-Eu amostro o local da mordida

Madrinha-Está vermelho onde se machucou?

S/n-Alguem me mordeu

Padrinho-Deve ter sido um bicho

E melhor deixar isso quieto,vai ver que e coisa da minha cabeça,deve ter sido um mosquito ou sei lá

S/n-Vou da uma volta pelo jardim

Madrinha-Não demore muinto ,você tem que tomar café da manhã ja que não almoçou ontem

S/n-Ok-Me curvo e saio do quarto,suspiro e vou pro jardim.Ele era cheio de rosas vermelhas e a grama bem verdinha

Me sento num balanço que tinha ali e começo a me balançar devagar

Derepente sinto um frio em minha espinha,minha respiração fica fraca ,sinto como se estivesse sendo observada

Me levanto rapidamente do balanço e olho ao redor,levo um susto quando esculto a voz da minha madrinha me chamando.Entro em casa e  vou ate a cozinha,me sento diante de uma grande mesa com varias comidas

Madrinha-Pode comer-Ela sorrir pra mim

Começo a comer e ela tambem

Madrinha-Ja fiz a sua matricula?infelizmente so conseguir pra noite

Que otimo,vou ter que estudar de noite aish

S/n-Tudo bem

Madrinha-Você começa hoje

Mais já,Não quero estudar na nova escola,se a outra ja era um inferno imagina essa

S/n-Ta bom-Dou um sorriso fraco pra mesma

Madrinha-Não se preoculpe irá fazer novos amigos

Não quero fazer amigos só quero acabar logo esse ano para sair da escola e ir logo pra faculdade de medicina

Termino de comer e saio da mesa,vou pro meu quarto e vejo meu novo uniforme pendurado,o analiso e me deito ma cama,pego meu celular e coloco meus fones de ouvido e feixo os olhos e a primeira coisa que me vem a cabeça e o garoto chupando meu sangue

Será que aquilo era real,vampiros não existem,eu devo esta sonhando. Aliás parando pra pensar o garoto até que e bonito,mais seus olhos davam medo

Balanço a minha cabeça para tirar esses pensamentos

Abro os olhos e olho cada centrimentro do quarto,ele e bem confortavel

                 (...)

Estava me preparando para meu primeiro dia de aula,arrumo minha mochila e vou ate a sala e encontro minha madrinha junto com meu padrinho

S/n-Estou pronta

Madrinha-Vamos-nos entramos em um carro preto e fomos até a nova escola

Depois de alguns minutos Paramos em frente da escola,A escola e bem perto de casa,da pra ir a pé se quiser,Mais não vejo ninguem fora da escola,será que estamos no lugar certo?

Meu Padrinhos saem do carro,saio logo depois

Madrinha-Aqui estamos-Forço um sorriso-Você está na sala numero 13,Boa aula

S/n-Obrigada

Madrinha-Não podemos te buscar hoje,o motorista vai te levar,Voltaremos tarde hoje

S/n-Ok

Que escola assustadora

Coloco meus fones e entro na escola

Entro na escola e vejo alguns alunos,sinto seus olhares pra mim.procuro pro uma sala com o numero 13,logo acho e entro chamando atenção de varios alunos

O professor que estava ali faz sinal para que eu tire os fones,faço oque ele pedio ,fico na frente de toda a sala,o professor me mandou me apresentar

S/n-Me chamo s/n,sou nova na cidade tenho 18 anos-me curvo e quando levanto a vista vejo um garoto no fundo da sala

Pera eu conheço ele...Mentira e o mesmo garoto que chupou meu sangue


Notas Finais


E ai continuo?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...