História Viciados em biscoito (Surubangtan) - Capítulo 19


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Black Pink, Jay Park, Seventeen
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jisoo, Jungkook, Lee Jihun "Woozi", Lisa, Personagens Originais, Rap Monster, Rosé, Suga, V
Tags Bottomnochu, Bts, Hopekook, Jikook, Jinkook, J-kook, Jungkook! Bottom, Namkook, Surubangtan, Vkook, Yaoi, Yoonkook
Visualizações 583
Palavras 771
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Bishounen, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Fluffy, Lemon, Romance e Novela, Saga, Visual Novel, Yaoi
Avisos: Álcool, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 19 - 2.9


Quando o jin falou que iria da um castigo pensei que seria algo como o chupar ele até morrer engasgado com seu sêmen. Mas nunca se passou pela minha cabeça que ele obrigaria o Taehyung, o jimin e eu a arrumar a casa e passar um dia inteiro sendo empregados dos mais velhos. Depois do fim de semana a casa estava uma zona, e tenho que admitir que sou meio que culpado pela metade da bagunça mas os irmãos dos meninos também tiveram grande parcela de culpa, o fato era que iria da um trabalhão pra deixar tudo arrumado.

— Tudo bem, vamos ser escravos só por conta que o jimin quis pintar o cabelo.— O Taehyung cruza os braços irritado. Afundo no sofá soltando um suspiro.

— Vocês quase o deixaram careca, e ainda por cima não pediram permissão pra fazer aquilo.— O Jin fecha os olhos e respira fundo como se tivesse buscando paciência, ultimamente ele estava fazendo muito isso, da última vez acabei levando tapas.— Meu deus , imagina quando eu tiver que ir pro exército e deixar vocês sozinhos,quando voltar a casa vai esta a baixo.

— Não precisa ficar nos lembrando.— Tae diz olhando um ponto fixo.— Vai ser difícil deixar você ir...

— Hyung vamos arrumar a casa.— Falo me levantando e indo o abraçar.— Não fica irritado, não gosto de te ver assim.

Ele passa os braços ao meu redor e me aperta em um abraço, deixando um beijo em minha testa.

— Desculpa Maknae, é que imaginar vocês em uma situação dessas​ sem eu ou qualquer um dos meninos mais velhos pra ajudar me deixa aterrorizado, aí acabo me estressando .— Ele afunda o rosto em meus cabelos, aspirando o para os pulmões com força.

— Não gosto quando você está irritado jin Hyung.— Fico na pontinha dos pés e deixo um selar no cantinho da sua boca.— Prefiro quando sorri, seu sorriso é bonito.

— Vocês são tão fofos que me dá vontade de vomitar arco-íris.— O jimin diz rindo, fazendo seus olhos se resumirem em dois riscos.— Se não fossemos todos namorados eu sentiria ciúmes do meu Kookie.

— Não precisa ter ciúmes gatinho.— O jin lança um piscadela pro jimin o fazendo corar.— Enquanto estiver com esse cabelo não vou te largar.

— Então também vou pintar o cabelo de rosa.— Falo fazendo um bico.

— Não.— O jin diz mordendo meu lábio inferior, sorrio fazendo o mesmo e logo depois o beijando .— Te bato se me desobedecer.— Sussurra entre meus lábios. Olho pra trás ao ouvir passos de alguém descendo as escadas, e vejo o yoongi segurando uma caixa grande de papelão.

— Ta aqui todas as coisas que você pediu Jinnie.— ele coloca a caixa sobre a mesinha de centro. Olho para o jin e o mesmo estava com um sorriso malicioso, o mesmo sorriso da noite que me deu umas palmadas, e isso me fez ter a certeza de que dentro daquela caixa estava meu castigo e o dos outros garotos. O jin Hyung caminha até a caixa e a abre, fico sem fôlego quando vejo as roupas femininas.

— Eu sabia que iria ter algo, estava tudo muito inocente pro meu gosto.— O jimin murmura se ajeitado no braço do sofá, onde estava sentado.

— Vamos mesmo ter que usar isso?— O Tae pergunta segurando uma meia calcinha box rosa bebe, que havia tirado de dentro da caixa.

— Não, o jungkook quem vai usar essa peça, a de vocês esta ai dentro.— O jin pega a calcinha e a entrega a mim, coro segurando aquilo...era tão pequena, iria marcar muito certas coisas...

Sempre tive vontade de usar algo do tipo, bom, agora teria a oportunidade. Estava tão perdido em meus pensamentos que não ouvi o jin me chamar.

— JUNGKOOK!!! — Olho pra cima e encontro o olhar dele.— Está tudo bem? De repente ficou quieto.

— S-sim. Está tudo bem.

— Quer ajuda pra se trocar?

— N-Não precisa Hyung.— Gaguejo sentindo minhas bochechas arderem.— Eu posso me vestir sozinho.

— Tem certeza bebê?

— S-Sim hyung.— mordo o lábio inferior envergonhado pelos risinhos do tae e do minie. Ser chamado de bebê era muito vergonhoso, eu odiava esse apelido, mas nunca falei pro jin, não queria que ele se chateasse.

— vai se vestir bebezão.— o jimin diz jogando uma meia calça na minha cara, jogo pra ele de volta irritado.

— Tsc, vai vê se eu estou na esquina vai.

Pego as roupas que sobraram dentro da caixa e saio correndo escada a cima, pra o meu quarto, tranco a porta e jogo as roupas sobre a cama as olhando com repulsa, apesar de já ter tido vontade de usar roupas femininas, nunca ousei usar realmente.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...