História Você Ainda Estaria Aqui? - Capítulo 13


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Bottom!jimin, Jikook, Jimin, Jimin!bottom, Jk!top, Jungkook, Jungkook!seme, Jungkook!top, Kookmin, Namjin, Taeseok, Taeyoonseok, Top!jungkook, Vhope, Yoonseok
Visualizações 64
Palavras 2.137
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Drama (Tragédia), Festa, Ficção, Lemon, Luta, Mistério, Policial, Romance e Novela, Shonen-Ai, Suspense, Violência, Yaoi
Avisos: Álcool, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


oi galeras
então
eu podia ser mais babaca e demorar mais tempo pra postar esse cap, ja que era esperada uma treta maligna
mas eu to sendo legal d+
nao só por postar hj, mas pq o capitulo também ta topserson
e as pessoas q se sentiram mal pelo capitulo anterior: eu sinto pena de vcs daqui pra frente, sério
mas tudo bem
vamo la

Capítulo 13 - Eu preciso de você.


Fanfic / Fanfiction Você Ainda Estaria Aqui? - Capítulo 13 - Eu preciso de você.

Jimin deu três passos pra trás, sentindo suas pernas fraquejarem. Sentia-se como se tivesse acabado de levar um tiro, e Jungkook o olhava com uma expressão vazia. Ele não parecia aquele mesmo garoto que havia dito horas antes que queria beijar o mais velho. Não parecia o mesmo garoto que estremeceu com os toques de Jimin enquanto ele o ajudava a passar protetor solar. Pela primeira vez, depois de muito tempo, o mais velho não sabia o que fazer. Sentiu vontade de correr dali e desaparecer na praia, mas não conseguia mover suas pernas.

 

— Eu... — o mais velho começou a falar e Jungkook o observou com atenção, mas ele simplesmente não conseguia falar mais nada.

 

— Sinto muito, Jimin. — Jungkook deu um passo para se aproximar de Jimin, que automaticamente deu um passo para trás.

 

— Não... Não se desculpe — tentava ao máximo esconder a vontade que tinha de chorar — Eu vou voltar pra praia e chamar o Taehyung. — se virou mas foi impedido pela mão de Jungkook envolvendo seu pulso — Por favor, me larga — disse, ainda de costas.

 

— Jimin, você entendeu errado.

 

— Eu não entendi errado, você me beijou porque pensou que fosse o Taehyung, mas quando percebeu que faltou um pouco de altura você me largou — Jimin disse, tentando ao máximo não gaguejar.

 

— Não é isso — antes mesmo que Jungkook dissesse mais alguma coisa, Jimin soltou-se das mãos do mais novo, descendo as escadas apressado. — Jimin! — cruzou a porta da frente e bateu a mesma com força atrás de si.

 

. ⋇.

 

Caminhou à passos largos até chegar à areia da praia. Avistou Jin conversando com Taehyung, sentados na areia, enquanto os outros estavam na água, brincando, tentando surfar, jogando água uns nos outros. Suspirou e caminhou até os amigos.

 

— Taehyung — chamou o garoto, que o olhou no mesmo instante — O Jungkook quer ver você.

 

— Mas... Pra que? Você já não foi lá? — o garoto parecia realmente confuso.

 

— Sim, eu fui. Mas ele me beijou e quando viu que não era você ele se afastou — fungou.

 

— Você só pode estar ficando louco.

 

— Não, eu não estou. Ele disse isso, e eu tenho uma boa audição. Vá vê-lo.

 

Taehyung assentiu e começou a caminhar em direção à casa. Jimin se jogou na areia, derrotado, e Jin o observava com um olhar tristonho.

 

— Ele realmente disse isso? — o mais velho perguntou, puxando Jimin para encostar a cabeça em seu colo.

 

— Disse, hyung — fungou novamente enquanto Jin fazia carinho em seus cabelos negros — Ele me beijou, se afastou e disse “Desculpa, pensei que fosse o Taehyung” — disse, tentando imitar a voz de Jungkook.

 

— E o que você vai fazer a respeito disso? — o mais velho perguntou e Jimin ergueu o olhar para olhá-lo.

 

— Como assim?

 

— Você não pode deixar isso barato.

 

— Eu não pretendo pagar pra ser rejeitado — o mais novo torceu o nariz e Jin riu.

 

— Acho que eu sei o que você pode fazer. — sorriu e olhou para o mar, onde todos se divertiam — Yoongi! — gritou, e o garoto de cabelos esverdeados o observou com atenção — Venha cá — fez um sinal com o indicador, chamando o garoto.

 

Yoongi saiu do mar, jogando seus cabelos esverdeados e molhados para trás. Sua bermuda – também verde – estava colada em seu corpo graças à água, e algumas gotas de água escorriam pelo seu corpo. Jimin o observou atentamente enquanto o mesmo caminhava até eles.

 

— Diga.

 

— Sente-se, Suga. — Jin falou e Jimin arqueou uma sobrancelha. Suga?

 

— Precisa de algo, princesa? — falou em um tom debochado e Jin deu um tapa em sua nuca.

 

— Preciso que você beije o Jimin. — disse sério e Jimin se levantou de seu colo rapidamente, sentando em frente ao garoto com uma expressão apavorada.

 

— Por que raios eu beijaria o namoradinho do meu melhor amigo?

 

— Porque o seu melhor amigo beijou o primo dele, que por acaso estava tendo um caso com você, até onde eu sei — Yoongi comprimiu a boca e Jin sorriu — E porque quando Jimin foi atrás dele, ele disse que havia beijado ele por ter achado que era o Taehyung.

 

— Muito bem, venha cá, gracinha.

 

Antes que Jimin pudesse pensar, Yoongi puxou seu braço com força, obrigando o mesmo a se levantar. Colocou a mão na cintura do mais baixo, o puxando para perto, fazendo com que suas respirações se misturassem. Abriu um sorriso e subiu uma de suas mãos até o queixo de Jimin, onde depositou um beijo rápido, subindo rapidamente para sua boca.

Jimin não hesitou em retribuir o beijo, muito menos em empurrar o garoto – que era o que ele normalmente fazia. Estava tomado pela raiva e pela tristeza, queria se vingar de Jungkook. E era isso que faria.

As línguas brincavam dentro de suas bocas, e Jimin pôde sentir o gosto de menta nos lábios de Yoongi. Deve ser pra combinar com o cabelo, pensou.

O mais velho colocou uma das mãos no peito de Jimin, o empurrando para trás.

 

— Eu não entendi o motivo de você ter feito isso, mas eu adorei assistir essa cena — Jin disse, batendo palmas.

 

— Ué, você não pediu para que eu o beijasse?

 

— Pedi, mas era pra ser na frente do seu melhor amigo, não na minha.

 

— Mas foi bom ele ter feito isso agora — Jimin disse e os dois o olharam confusos — Assim eu me acostumo com a boca dele e não vou agir estranho na frente do Kook... — suspirou assim que percebeu que quase disse um apelido carinhoso — Jungkook.

 

. ⋇.

 

SÁBADO

| 18:42 |

 

Todos os garotos estavam reunidos no sofá da sala. Lisa estava na cozinha, preparando o jantar enquanto cantarolava alguma música em inglês. Taehyung e Jungkook estavam sentados juntos em um sofá, mas com uma distância consideravelmente grande, ambos quase caíam do sofá na tentativa de ficarem longe. Jin, Namjoon e Hobi estavam juntos conversando no sofá maior, e Yoongi e Jimin sentavam juntos no sofá que ficava de frente para o sofá que Jungkook estava.

Yoongi, ao perceber que seu melhor amigo olhava para Jimin com certa freqüência, decidiu provocar um pouco. Colocou sua destra na coxa de Jimin, dando um leve aperto ali. O garoto se virou assustado, e Yoongi apontou com a cabeça na direção de Jungkook. Coçou a cabeça para disfarçar e Jimin observou o mais novo, que o olhava fixamente agora. Jimin deu um sorriso de canto e levou a própria mão até onde a mão de Yoongi estava. Deu um leve aperto e o garoto sorriu de volta, fazendo Jungkook bufar.

 

— Jimin-ah — Yoongi chamou em um tom de voz manhoso, porém alto, fazendo Taehyung e Jungkook o encararem com atenção — Você está tão bonito — aproximou o rosto de Jimin, segurando seu queixo, Jungkook deu um soco no sofá — Tão convidativo — Jimin sorriu e Yoongi colou seus lábios em um selinho.

 

Jimin-ah — Jungkook murmurou, bufando — Quem ele pensa que é? — sussurrou para si mesmo.

 

— Provavelmente o mais novo namorado dele — Taehyung respondeu e Jungkook deu um pequeno pulo no sofá — Não se esqueça que eu to aqui, primo. Sussurrar não vai fazer com que ninguém te escute.

 

— Não fale bobagens, Taehyung. Jimin nunca namoraria o Yoongi.

 

— Você fala isso com tanta certeza que parece que é o Jimin que é seu amigo há anos.

 

— Yoongi é um baita de um fura-olho. — resmungou e o primo riu.

 

— Sim, até porque foi ele que beijou o Jimin e disse que achou que fosse eu.

 

— Eu já falei que isso foi um mal entendido! Eu parei de beijar ele porque eu achei que era você, e isso seria estranho.

 

— Assume de uma vez que eu beijo bem — Taehyung revirou os olhos.

 

— Eu só não te dou um soco, porque ia arrancar seu maxilar fora. Dois socos no mesmo lugar seriam um problema. — Jungkook reclamou e se levantou, indo para a cozinha.

 

Caminhou em passos duros até a cozinha e encontrou sua irmã, ainda cantarolando enquanto colocava molho de tomate no macarrão.

 

— Eu já tenho muitos problemas — a garota falou e Jungkook franziu o cenho, mesmo que ela não pudesse o ver, já que estava de costas — Você quer ajuda pra resolver os seus, não quer?

 

— Mais ou menos isso — deu de ombros — É o...

 

— Jimin — a garota completou, se virando para olhar o irmão — Eu sei.

 

— Ele...

 

— Tá se agarrando com o seu melhor amigo — ela sorriu — Eu também sei — apoiou os cotovelos na bancada.

 

— Vai adivinhar o que eu vou falar agora ou vai me deixar reclamar? — o garoto disse, arrancando uma risada da irmã, que fez um sinal com as mãos para que ele prosseguisse — Eu não entendo, o Jimin não faz o tipo do Yoongi. Não faz sentido eles estarem nessa agarração toda. — comprimiu os lábios.

 

— “Achei que fosse o Taehyung” — a garota disse, engrossando a voz.

 

Aish, ele contou isso pra todo mundo? — Jungkook perguntou e a irmã assentiu — Eu parei de beijar ele porque eu achei que era o Taehyung.

 

— E eu não acredito nisso. Você gostou do beijo do TaeTae, Kookie. — a garota disse e Jungkook se engasgou com a própria saliva — Eu sou sua irmã, eu te conheço. Não houve nenhum mal entendido, você só queria beijar nosso querido primo novamente pra ver se é realmente bom.

 

— Eu...

 

— E fazendo isso você perdeu uma puta de uma chance com o Jimin.

 

— Olha o jeito que você fala! — Jungkook repreendeu a garota, que pediu desculpas em um tom baixo — Mas você tem razão. Como eu conserto essa cagada?

 

— Sei lá, aproveita que vocês vão dormir no mesmo quarto e faz uma surpresa pra ele. E aproveita pra se explicar. Dá seu jeito. — deu de ombros, voltando seu olhar para a panela de macarrão — Agora, vamos, hora do jantar.

 

. ⋇.

 

| 21:20 |

 

O jantar foi calmo. Vez ou outra Jungkook cruzava olhares com Jimin, que corava e abaixava a cabeça, tendo em resposta uma carícia explícita de Yoongi. De certa forma, o garoto sabia que aquilo tudo era apenas para fazer ciúmes ou até mesmo uma vingança contra o mais novo, mas aquilo o incomodava, e muito.

Antes que o jantar acabasse, Jungkook perdeu a paciência e subiu para o quarto em passos nervosos. Bateu a porta e se jogou na cama. Ele tinha que arrumar um jeito de falar com Jimin, mas não sabia que palavras usaria. Sua irmã estava certa e, por mais que isso fosse piorar a situação, Jungkook tinha que falar a verdade para o mais velho.

Bufou e deu um tapa na própria testa. Foi idiota da parte dele ter dito aquilo, e falar a verdade para Jimin só vai estragar qualquer chance que os dois teriam juntos.

 

. ⋇.

 

Todos os garotos subiram para os quartos, e Jimin continuou na cozinha, ajudando a irmã de Jungkook a lavar os pratos e guardá-los. Vez ou outra tentava puxar assunto com a garota, perguntando sobre seu irmão, mas ela arrumava um jeito de mudar de assunto, e aquilo irritava o mais velho.

O último prato foi lavado e Jimin deu boa noite à garota, subindo para o quarto. Estava decidido em apenas pegar seu pijama e descer para dormir no sofá. Não tinha a mínima vontade de permanecer no mesmo ambiente que Jungkook, e agradecia por ser só uma noite.

Subiu as escadas calmamente, sem muita pressa. Parou em frente à porta do quarto, respirando fundo. Devia estar preparado para qualquer coisa que pudesse ver ao abrir a porta. A única cena que vinha em sua mente era a de Jungkook e Taehyung prestes a terem relações sexuais na cama que, na teoria, seria a cama em que Jimin dormiria aquela noite.

Suspirou e abriu a porta calmamente, não viu ninguém na cama. Torceu o nariz e entrou no quarto, fechando a porta.

 

Jimin... — ouviu a voz manhosa de Jungkook e olhou para o lado. Jungkook estava deitado no colchão, sem cobertas e... sem roupas. — Ah... — o garoto gemeu e Jimin arqueou as sobrancelhas, arregalando os olhos.

 

— Jungkook — Jimin chamou e não teve resposta. Alguns segundos depois Jungkook gemeu novamente.

 

O garoto estava dormindo e gemendo o nome de Jimin.

 

— Jungkook! — Jimin gritou e o mais novo acordou assustado.

 

— Jimin... — a voz de Jungkook saiu como um gemido demorado, fazendo Jimin arrepiar-se.

 

— Eu só... Vim pegar meu pijama. Você pode ficar com a cama. — o mais velho virou-se rapidamente, caminhando até a cama, onde sua mala estava.

 

— Jimin — Jungkook gemeu novamente e Jimin queria correr dali o mais rápido possível, estava assustado com a maneira que seu corpo reagia ao tom de voz do mais novo — Eu preciso de você.

 

— Não, você não precisa.

 

— Me ajuda com isso — a voz do mais novo saiu em um sussurro e antes que Jimin fizesse algo, sentiu mãos fortes em sua cintura, o puxando para trás. Bateu as costas no peitoral nu do mais novo e sentiu uma pressão na parte de trás de suas calças — Eu quero você.


Notas Finais


heheh


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...