História Você é só meu? - imagine suga - Capítulo 35


Escrita por: ~

Postado
Categorias Agust D / Suga, Bangtan Boys (BTS), CL (Chaelin Lee), Got7
Personagens Jackson, J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Mark, Rap Monster, Suga, V
Tags Bangtan Boys, Drama, Novela, Romance, Suga, Yoongi
Visualizações 52
Palavras 1.012
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Eu sei que nao postei ontem em, me perdoem. Eu realmente main estava com cabeça pra postar nada ontem. Me desculpem.
Bom, aqui estou eu novamente.
OBG PELOS 105 FAVORITOOOSS!!!
Eu nem acredito.
Amo vocês d maissss!!!!
Desculpem pelos possíveis erros
E boa leitura☺️☺️

Capítulo 35 - A história toda......ou quase..


Fanfic / Fanfiction Você é só meu? - imagine suga - Capítulo 35 - A história toda......ou quase..

 

minha vida eh literalmente um filme. 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Jw:: ele recebeu uma ameaça dizendo que se ele não pagasse as dívidas, ele pagaria com a própria vida, então ele resolveu entregar sua mãe, Elizabete (let:: a Mãe dela eh brasileira. Por isso o nome dela/(S/N) não começa com "Park"), no lugar dele. Ela ficou lá por anos, por isso você não conseguia contato com ela, mas para os capangas não era suficiente, ele aqueriam que você pagasse, porque você era nova, linda e ingênua, tudo o que eles precisavam, mas eu não deixei. Você era minha, não poderia deixar levarem o que era meu. Mentira, quem pensou tudo isso e pagou a dívida foi meu pai. Mais pra frente seu pai entrou em mais uma dívida, mas dessa vez não teve conversa, eles disseram para Jong que se ele não pagasse a dívida até o dia 25/02/12 (quando surgiu a segunda dívida) você e ele pagariam. 

Eu:: porque eu?

Jw:: como eu já disse, você eh linda, nova e ingênua, tudo o que eles precisavam. Eles queriam te transformar em uma escrava praticamente, mas uma escrava sexual. Ele pagou metade da dívida, o que não foi insuficiente, claro. Então eles pediram para teu pai escolher, você ou ele, e ele, como sempre tentando livrar a própria pele, escolheu você, então eles foram atras de você, mas você já não estava mais lá, pois sua mãe tinha te mandado para Seoul para morar com o teu irmão. Eles ficaram muito furiosos e resolveram matar teu pai, mas ele já tinha fugido para os Estados Unidos. Então for atras de você, e prometeram te matar no dia 10/10/17, o que também não funcionou, então eles estão atras de você agora. 

Eu:: wow.....- não sabia o que falar. 

Jw:: eh uma história em tanto. Quando eu era criança, aprendi a tratar as pessoas compradas por minha família com desprezo, mas aí chegou você, e eu me apaixonei. Não podia deixar eles te matarem, então eu troquei o bombom que você comeu por um com um remédio para dormir. 

Eu:: mas a médica disse que eu fui envenenada. 

Jw:: aquele remédio eh tão forte que no sangue, da a impressão de que você poderia ter morrido, mas não, você não corria risco de vida. 

Eu:: nossa....

Jw:: pois eh. 

Eu:: e porque não me contou logo o que estava acontecendo? 

Jw:: sua mãe, ela me pediu para não te preocupar, mas que eu cuidasse de você com todas as minhas forças.

Eu:: entendi.............pera, mas eu conheci os meus pais. 

Jw:: não, aqueles eram atores que o Jong enviou. 

Eu:: ahh. 

Jw:: Entendeu agora do porque eu fiquei atras de você o tempo todo? Queria te manter segura. 

Eu:: entendi, e eu nem sei como te agradecer. 

Jw:: ficando segura já está maravilhoso. - ele sorri e eu retribuo.

Dou um abraço nele. 

Nos finalmente chegamos casa. 

Entrei correndo e lá estava jimin muito inchado de tanto chorar e os meninos tentando acalma-lo. 

Jm:: aaahh, (S/N)....- ele suspira aliviado. 

Eu:: oi..- eu o abraço forte. 

Nos chorávamos intensamente sem parar.

Jm:: me desculpe. 

Eu:: pelo que? 

Jm:: a mamãe me deixou responsável por você, foi a última coisa que ela disse depois do nosso pai levar ela da gente. 

Eu:: você não tem culpa. - ele sorri e olha para a porta.

Jm:: e o que ele faz aqui? - aponta para Jackson. 

Eu:: ele me ajudou. 

Jw:: eu já vou. 

Eu:: não, você não vai. Principalmente agora que o Jong sabe que você me ajudou. - ele ia falar e eu o interrompo. 

Eu:: então esta resolvido, você fica. - suga estava com uma cara emburrada. Mas eu não podia deixar jack pagar por ter me ajudado. 

Nos conversamos e os meninos tentavam ser gentis com ele. O que não estava funcionando. Mas eles pelo menos estavam tentando. 

Os únicos que não conseguiam fingir eram jimin e suga, que estavam na sala assistindo TV. 

Um tempo depois jack resolveu ir embora, pois estava incomodado pelo fato dos meninos não gostarem dele. Levo ele até a porta e dou um abraço demorado nele. 

Eu:: obrigada, mesmo jack. - ele se assusta mas logo retribui o abraço. 

Jw:: eu precisava, você já sofreu por minha causa. - suga sobe e jimin vai atras dele. Depois de um tempo ele para o abraço. 

Jw:: eu não vou te obrigar a voltar okay? Você pode ficar aqui. - ele sorri. 

Eu:: SÉRIO? 

Jw:: aham. - o abraço novamente e agora ele também sorria e estava super feliz. 

Eu:: obrigada, mesmo. 

Jw:: você não tem que agradecer, eu que tenho, por você me perdoar. MUITO obrigado. 

Eu:: depois do que você está fazendo, era o mínimo - nos sorrimos juntos. 

Ele vai embora, acena para mim e para os meninos, eu aceno de volta e sinto uma mão em minha cintura me abraçando e acenando para ele também. Me viro e era jin. Ele eh um amor mesmo. 

Fecho a porta. 

Eu:: obrigada por serem educados com ele. Todos vocês. 

J:: ele parece ter mudado, darei um voto de confiança. - o abraço. 

J:: agora você tem que explicar isso tudo para alguém, não? - ele olha para as escadas. Eu balanço a cabeça positivamente e subo as escadas. 

Escuto um barulho de piano e me lembrei que yoongi toca quando está bravo. Entro em seu quarto e ele sente minha presença, logo para de tocar. 

Sg:: o que quer? - diz seco.

Eu:: falar com você. - me sento ao seu lado e ele se levanta e fica em pé olhando para a janela. 

Eu:: da para ao menos olhar para mim? 

Sg:: não, não dá. Fala logo o que você quer e sai. 

Eu:: porque está tão bravo? Ele só ficou aqui meia hora. 

Sg:: NÃO ERA POR....- ele respira fundo. 

Sg:: não era por ele ter ficado aqui. Você não sabe...- ele para de falar, como se eu não pudesse saber. 

Eu:: não sei o que? 

Sg:: você não sabe de nada do que aconteceu, e eh melhor continuar assim. 

 

 


Notas Finais


Mas gente...
O que será que aconteceu para deixar o suga tão puto assim?
Amo vcs demais
OBG D NV
Espero que tenham gostado
E bJin❤️❤️


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...