História Você é tudo para mim... - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Personagens Gaara do Deserto (Sabaku no Gaara), Hinata Hyuuga, Ino Yamanaka, Itachi Uchiha, Naruto Uzumaki, Neji Hyuuga, Sai, Sakura Haruno, Sasuke Uchiha, Shikamaru Nara, Temari, TenTen Mitsashi
Tags Gaaino, Gaasuri, Inosai, Itasaku, Itazumi, Naruhina, Sasuhina, Sasusaku, Tenneji
Visualizações 29
Palavras 1.164
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Colegial, Comédia, Escolar, Famí­lia, Festa, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Spoilers, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Espero muito que gostem, preciso do apoio de vocês pra continuar. <3

Capítulo 1 - Em uma noite por aí....


Em uma noite de lua cheia, Sakura Haruno sai com sua melhor amiga para se divertir e quem sabe, pegar alguns rapazes. Sakura está dirigindo enquanto Ino fica falando com ela sobre o tipo de homem perfeito para si mesma. 

Como não conseguiu ignorar a voz irritante da amiga, e começou a escutar:

– Ele tem que ser carinhoso e ao mesmo tempo selvagem, um cara que tenha um belo carro, que goste de bancar minhas comprinhas básicas! E claro, tem que ser inteligente, de burra já basta eu. Tem que ter olhos claros, o cabelo pode ser com cachinhos, mas aonde eu vou arrumar garoto com cachinhos aqui no Japão? Ai só eu mesmo! 

A tagarelice continua, mas não estou a fim de descrever tudo, Sakura começa a se irritar de ouvir tudo novamente todas as vezes que saem, e claro, ela sempre pega um rapaz que não tem nada a ver com ela.

“To começando a achar que a Ino vai sofrer mais que tudo nesse mundo, um dia ela vai achar alguém que vai falar mais que ela, e ai sim ela vai sofrer de dor de ouvido assim como eu estou agora!” Pensou Sakura enquanto dirigia.

– E claro tem que ser rico né? Imagine, eu Ino Yamanaka com um pobre? Nunca né Sakura? – Ela espera Sakura dizer alguma coisa, mas não diz então prefere continuar com a tagarelice 
– Será que um dia vou encontrá-lo?

– Ai Ino já chega você tá me deixando com uma imensa dor de cabeça, assim não vou conseguir dançar nunca! Cala a boca um pouco – Disse Sakura descendo do carro e desamassando a roupa enquanto caminhava em direção à danceteria.

Em algum lugar bem distante dali, uma garota dava risinhos sem graça enquanto ela e seu namorado conversavam :

– Ai Sasuke para com isso – disse ela sem jeito.

– Qual o problema minha linda? Você sabe que eu to me segurando pra não te forçar a fazer nada não é mesmo Hinata? – disse ele olhando em seus olhos – Mas se você continuar fugindo assim...

Hinata ficou sem jeito, sim, ela sabia que ele estava tentando não forçá-la a nada, então ela abaixou a cabeça, triste por não ter coragem de dizer a ele o que sentia. Sasuke pareceu notar isto, e se sentiu mal por deixá-la assim.

– Ei me desculpe Hina, não quis te deixar triste. – disse ele sem jeito.

– Não, não se desculpe Sasuke. Eu é que sou muito criança... – ela percebeu que agora conseguiria contar a ele o que ela sentia, com a cabeça abaixada continuou – Eu tenho medo de você me machucar, eu sei que parece ser bobo, mas eu sempre fui medrosa.

Sasuke não acreditava no ouvia, ela estava conversando com ele sobre o que ela sentia, mesmo sendo namorados, ela nunca falava, sofria em silêncio, sem contar nada. Agora ele estava muito surpreendido com ela.

– Ei – Sasuke colocou sua mão no queijo de Hinata, e gentilmente a fez levantar a cabeça. 
Sorrindo ele olhou para ela e disse – Eu prometo não te forçar a nada enquanto você não me disser que está pronta, eu sei que vai ser complicado, mas... 

Sasuke não conseguiu continuar a frase, pois foi interrompido por um beijo vindo de Hinata, foi um beijo tímido e curto. Ao se separarem, ele notou que Hinata havia ficado corada, ele sempre tomava a iniciativa, e ela respondia, mas hoje ela estava diferente, e ele percebeu isso.

Mais tarde, naquela mesma noite, Sakura está no bar da danceteria, enquanto Ino está se divertindo com um rapaz que ela acabara de conhecer. 

Sakura nota um rapaz sentado na outra ponta do bar, ele vestia uma calça jeans e uma jaqueta aberta, que o deixava perfeito. Com certeza ele já tinha arruinado a vida de muitas garotas. Ele percebe que Sakura está de olho nele, se aproxima dela e começa a puxar assunto:

– Olá, se importa se eu me sentar aqui? – ele não esperou resposta e já sentou ao lado dela.

– Oi, e ai, tudo bem? – disse ela.

– To bem melhor agora aqui do seu lado – ele deu um sorriso de canto que a fez suspirar – Quer uma bebida? 

Ela não entendeu, pois ficou perdida em sua beleza. Como ele era lindo, com seus olhos negros, e sua voz, como era sedutora e ao mesmo tempo arrogante...

– Ei? Tá me ouvindo garota?

– Hã? Ah, desculpa... Não quero nada não, valeu. – ela disse toda sem graça

É claro que ele notara ela o admirando, e apenas riu.

– Oxi, tá rindo de que? – ela perguntou

– Não é nada. Alias como é o seu nome? – Ele perguntou.

– Sakura, Sakura Haruno – ela sorriu– Mas o sobrenome não importa.

– Flor de cerejeira... – ele deduziu – Belo nome, prazer, sou Itachi Uchiha.

– Uchiha? – ela pergunta espantada – Uma das famílias mais ricas?

– Não sei o porquê do espanto. Sou como qualquer outro, só que com muita grana – ele sorriu novamente – E como você mesmo disse, não importa o sobrenome.

– Caramba Sakura, você não sabe como me diverti! Ele pediu meu telefone, mas você sabe ainda tô procurando o... – Ela parou de falar quando viu Itachi perto de Sakura.

– Ah, oi Ino, este é o Itachi.

– Oi garanhão – “haha, a Sakura se deu bem” 

Itachi riu, mas não respondeu.

– Sakura, temos que ir... 

“Droga Ino, tinha que aparecer justo agora?” 

– Claro, vamos Ino. – ela sorri para o moreno – Até mais Itachi.

– Me dá pelo menos seu telefone?

Sakura escreve o numero de seu celular e entrega a Itachi, assim ela e Ino voltam para casa, para descansar da cansada madrugada, lembrando que em apenas seis dias, a greve da universidade irá acabar, e elas vão voltar a estudar.


Na manhã seguinte, uma bela moça de cabelos castanhos dorme profundamente em seu quarto, aproveitando os últimos dias que restam antes das aulas começarem novamente.

Sua mãe entra no quarto e começa a abrir as cortinas:

– Acorda filha. Temos um longo dia pela frente. – sua voz era calma e baixa, mas a garota rapidamente se levantou.

– Bom dia mãe – disse a menina sorrindo

– Vá se arrumar Tenten – disse a mulher – Vamos à feira, temos muitas compras a fazer.

– Tudo bem vou me arrumar.

A jovem garota vai tomar banho e se arrumar. 

Enquanto em algum outro lugar da cidade, Sasuke e Hinata novamente conversam.

– Sasuke, promete que não vai me deixar? – Sua voz era triste, mas o olhava firme.

– Por que está perguntando isso Hina? – disse Sasuke a olhando 

– Você é... Tudo o que eu tenho, se você me... – A menina notou lágrimas caindo de seu rosto e começou a falar com mais dificuldade – ...me abandonar, não sei como prosseguir.

Sasuke olhou dentro dos olhos da garota, se aproximou e tomou-a em seus braços, dando-lhe um abraço seguido de um beijo cheio de carinho e amor. Mesmo após o término do beijo, eles não se distanciariam. 

Hinata falou perto de sua orelha: – Eu te amo Sasuke Uchiha. 
Sasuke não sabia se falava o mesmo ou apenas a beijava novamente, e decidiu escolher a segunda opção.


Notas Finais


Até o próximo MINAAAAAAAAAAAAAAAH


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...