História Você Faz Isso Real - Camren - Capítulo 41


Escrita por: ~

Postado
Categorias Austin Mahone, Camila Cabello, Fifth Harmony
Tags Camila Cabello, Camren, Camz, Lauren Jauregui, Lolo
Visualizações 334
Palavras 1.726
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Romance e Novela, Violência
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


ola quem voltou?!

Capítulo 41 - Domingo em Familia


As descobertas do fim de semana pareciam nunca ter fim na casa dos Estrabão. E cada um descobria a sua maneira as novas relações e conheciam um pouco da personalidade de cada um. Lauren descobriu que Sophia poderia ser uma cunhada tímido mais amorosa, um pouco curiosa sobre o universo feminino (N/A: ela só está seguindo os passos a irmãzinha kkk), mas extremamente educada e prestativa. Alejandro seria o sogro brincalhão que faria piada ate mesmo de sua própria tragédia, Sinu a sogra amiga com quem poderia conversar sobre qualquer coisa. Lucca ficou feliz em ganhar uma avó que o mimava a cada segundo e lhe dava todos os doces que Lauren desaprovaria. E mais feliz ainda por ter um avô que era da policia o que para ele era mesmo que ser um herói. Com Sophia ele descobriu as maravilhas de ter uma tia que poderia lhe ensinar coisas de garotos, mas que também poderia continuar a aproveitar as alegrias de sua infância.

Camila ia a cada minuto ao lado dos pais se tornando um pouco a menina que eles perderam, em momentos só deles era impossível pra Sinu não beijar-lhe sempre a testa ou lhe fazer deitar em seu colo no sofá enquanto viam tv, e Alejandro se juntava a elas acariciando os cabelos da filha. Foi no final da noite do sábado que Lauren viu o que para ela foi a coisa mais linda que aquele fim de semana tinha reservado. Camila dormia tranquilamente no sofá da sala dos Estrabão com cabeça no colo da mãe e os pés repousam sobre o colo do pai, era tarde e Lucca já dormia no quarto de Sophia. Lauren sentiu falta de Camila na cama e desceu em busca da namorada e quando se deparou com a cena e sorriu.

– Alejandro ela adormeceu. – Sinu dizia fazendo carinho nos cabelos castanhos da filha que estavam espalhados em seu colo.

– Eu sei amor. Nossa princesa é tão linda Sinu. – Alejandro respondeu olhando a filha fascinado.

– É claro que ela linda foi nós que a fizemos seu bobo. Sabe nunca pensei que fosse ser um pai tão babão assim meu querido.

– Foram anos sem ela, quero aproveitar cada segundo e não importa se ela ira fazer birra porque irei trata-la como a princesa do papai.

Como Sinu poderia criticar o marido se ela pensava da mesma forma. Eles mimariam e amariam muito Camila todos os dias dali para frente, talvez não fosse suficiente afinal ela era uma mulher agora, mas para os pais os filhos serão sempre filhos independente do tamanho.

– Tudo bem papai babão, mas temos que botar a princesa na cama agora. E não quero acorda-la.

– Eu cuido disso amor. – Alejandro disse já se levantando e ajeitando com carinho Camila em seus braços. A latina logo se agitou nos braços do pai e Sinu ajeitou sua cabeça no ombro do marido.

– Dorme princesa, seu pai vai te levar para cama agora. – Sinu sorriu e acompanhou Alejandro para andar de cima.

Lauren se sentiu extremamente tocada pela cena que tinha assistido e querendo dar a eles mais privacidade foi em direção ao banheiro e por lá se demorou, para que pela primeira vez na vida os Estrabão pudessem por a filha para dormir. Sinu e Alejandro verificaram o quarto com receio não queriam invadir o espaço da filha e sua noiva, mas para sua surpresa Lauren não estava na cama, o que deu a eles tempo suficiente para deitar Camila sobre a cama e lhe dar boa noite. Com a mesma delicadeza que a tinha tirado do sofá Alejandro deitou Camila sobre a cama e lhe beijou a face, Sinu repetiu o gesto e juntos eles deixaram o quarto. Antes de partir pararam na porta e disseram juntos. – Boa noite filha! – Camila deu um sorriso involuntário em meio a seu sono ela estava em paz. Aquele dia sido um dia memorável mais acima de tudo feliz e cheio de emoções.

(...)

O domingo ainda reservava inúmeras surpresas, Sophia e Camila se aproximaram mais e desfrutaram dos primeiros laços da irmandade, Camila quis saber um pouco mais de suas origens e perguntou a garota sobre a família deles.

– Sophia me conte sobre nossos, avôs ainda temos algum vivo? Temos tios ou primos?

– Se acalma mana, uma pergunta de cada vez. Vamos lá os pais do papai são do Maine eles se conheceram em Boston e mudaram para Storybroke quando se casaram. A vovó era professora e seu nome é Elisa. E o vovô fez carreira na policia como o pai dele ele se chama George. E hoje ele é secretario de segurança do estado, ele mora aqui em uma casa perto do lago.

– E a vovó? – Camila questionou a irmã. Sophia deu suspiro meio triste e Camila soube que resposta não seria boa.

– Ela faleceu quando eu tinha cinco anos, mas ela te amava muito e foi ela que escolheu seu nome. – Camila ficou triste, mas feliz em saber que carregava algo de sua avó para sempre.

– Mila temos um tio. Ele é irmão do papai irmão gêmeo na verdade ele se chama James e trabalha no FBI. Ele é o maior responsável por você estar aqui, porque usou todas as influencias para continuar te procurando.

– Uau acho que tio James é meu herói então.

– De todos nós maninha. – A garota disse já sorrindo.

– E os pais da mamãe Sophia? – A garota ficou meio tensa aquele era assunto meio proibido e que na casa dos Estrabão se falava pouco. Ele decidiu falar o pouco que sabia sobre a família da mãe.

– Bom tudo que sei que eles são da Irlanda, e ambos faleceram antes mesmo de você ou eu nascer. E agora mamãe tem tio que mora lá, mas eles não se falam muito. O resto só nossa mãe pode te contar Mila.

– Tudo bem maninha, você me disse mais do soube a vida inteira. Você sabe como eles se chamavam?

– Sophia e Leopold. Meu nome foi em homenagem a nossa avó. – A garota respondeu orgulhoso.

Camila ficou curiosa será que em sua família havia segredos? Ela decidiu que não era hora de saber mais sobre esse lado da família. Talvez daqui um tempo ela mesma perguntasse a mãe sobre o assunto.

O domingo seguiu tranquilo e a noite ela conheceria o avô e o tio era mais passo importante para ela. O dia passou tão rápido que para Lauren, Camila e Lucca aquela casa parecia seu lar, eles se sentiam extremante tranquilos era como estar em casa.

– Crianças venham jantar a comida esta na mesa. – Sinu anunciava aos quatro cantos da casa. Querendo informar aos presentes. Sophia e Lucca foram os primeiros a descer as escadas correndo e foram repreendidos pela mulher de cabelos curtos.

– Sophia Estrabão dê o exemplo a seu sobrinho e não fique correndo pela casa. E você moçinho não imite sua tia nas travessuras ou ficara sem sobremesa.

– Desculpe vovó. – Lucca falou baixinho se desculpando com a avó.

– Esta bem mamãe. Juro que não vou correr mais. – Sophia disso logo atrás fazendo uma carinha triste. – Ainda ou poder comer a sobremesa mãe? – A garota completou.

– Sim Sophia vai. E você também Lucca, andem agora os dois vão lavar as mãos. – Os dois correram para banheiro para fazer o que Sinu havia mandado. Camila, Lauren e Alejandro apareçam logo depois com potes de sorvete que seriam a sobremesa.

– Oi minha rainha. – O homem de cabelos pretos dizia adentrando a cozinha e cumprimentado a esposa com leve beijo nos lábios.

– Alejandro sorvete não. Eu estou gorda e soverte engorda mais. – Sinu reclamava baixinho com o marido.

– Sinu pare de dizer bobagens você esta linda. E além do mais nossa filha estava com desejo, não quer que nossa neta nasça com cara de sorvete quer? – Sinu se deu por vencida afinal aquele era um bom argumento. Camila entrou na cozinha enquanto Lauren foi para quarto trocar de roupa.

– Espero não estar atrapalhando. – Camila falava sorrindo para os pais que estavam abraçados na cozinha.

– Jamais princesa, sua mãe que esta reclamando porque trouxemos sorvete. Ela acha que esta gorda, vê se pode. Ela esta mais gostosa que nunca. – Alejandro soltou de vez e fez a esposa corar na hora.

– Alejandro comporte-se isso é lá coisa de se dizer perto da nossa filha.

Camila se segurou para não cair na gargalhada, temendo que sua mãe lhe desse a primeira bronca de sua vida. Ela resolveu se conter e entrar na brincadeira.

– O que eu disse demais, Camila não é um bebê e sabe muito bem como nós a fizemos. Afinal ela e Lauren fizeram também.

– Papai eu não precisava saber desse detalhe. Assim vão me traumatizar para sempre. – Camila respondeu ao pai rindo.

Sinu viu que era caso e perdido e decidiu deixar para lá.

– Agora vamos deixar os assuntos dos bebês para outra hora Camila, eu não estou preparada para essa conversa ainda vamos jantar anda, vão lavar as mãos os dois sumam da minha cozinha.

Camila imaginou aquelas cenas cômicas e engraçadas a vida inteira, mas percebeu que vivê-las eram era muito melhor que imaginar.

– Ela murmurou para si mesma. – Deus minha família só tem loucos, mas eu os amo tanto.

Ela seguiu o pai entre sorrisos e brincadeiras para depois irem jantar. Tudo ocorreu calmamente Camila foi bem recebida pelo avô e pelo tio que repetiram os mesmo gestos de seus pais e a mimaram e a encheram de carinho. Lauren foi bem aceita pelo patriarca da família Estrabão e também por James e por ironias da vida George Estrabão era um homem ao qual Lauren admirava desde juventude quando havia decido cursar advocacia, já que o homem era respeitado entre todos no meio judiciário. Lucca ficou intrigado por ter um tio avô como era possível alguém ser seu parente por duas vezes? Mas quando descobriu que era bisneto de George ele se deu por vencido afinal ele era neto do senhor duas vezes.

E para um garotinho que vida inteira não teve nenhum avô ter tudo em dobro era para lá de bom. Um começo promissor para ambas as mulheres parecia estar começando e Lauren e Camila estavam radiantes com novas possibilidades. Mesmo sabendo dos problemas que viriam quando voltasse para casa, elas tinham mais do nunca certeza de que nada poderia separa-las não agora tendo tudo que tinham. O amor sempre seria mais forte.


Notas Finais


gostaria de saber se algum de vcs tem algum dom p desenhos ou artes e Photoshop p me ajudar a fazer as capas das fics. qlq coisa comentem ou mandem uma msg pelo spirit ou até msm um sinal de fumaça... volto mais rapido q vc imaginam

flw


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...