História Você foi o melhor pra mim - Capítulo 67


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Tags Drama, Romance
Visualizações 55
Palavras 1.618
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Drama (Tragédia), Escolar, Esporte, Famí­lia, Festa, Luta, Musical (Songfic), Poesias, Policial, Romance e Novela, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Linguagem Imprópria, Mutilação, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Volteiiiii

Boa leitura e desculpem os erros

AMO MUITO VOCÊS 😍❤

Capítulo 67 - 2 temporada - Capítulo 66


Fanfic / Fanfiction Você foi o melhor pra mim - Capítulo 67 - 2 temporada - Capítulo 66

CHRIS POV.

Estava super nervoso, olhei para o GPS e estava marcando apenas dois minutos para chegarmos. Será que ela vai pelo menos falar comigo? Tomara que eu tenha sorte, sou tirado dos meus pensamentos com o Bruno me chamando.

Bruno: -Sai logo desse carro Bebezão - os dois já estavam me esperando fora do carro

Chris: -Foi mal estava pensando em umas coisas -Sai do carro

Felipe: -Já te falei pra relaxar, curti a festa e vai com calma -disse com a mão em meu ombro e eu assenti

A casa é muito bonita e em um codominio fechado (foto na capa, melhor ainda. Fomos até a porta e o Lipe tocou a campainha, fiquei atrás dos dois pra garantir de não dar de cara com ela assim de primeira, quem abriu a porta foi a Carlinha.

Carla: -Ainda bem que vocês dois foram os primeiro a chegar - ela deu um selinho no Bruno, um abraço no Lipe e não me viu

Bruno: -Trouxemos mais um hoje - Ele se afastou e quando ela me viu arregalou os olhos

Carla: -Não acredito que você veio - me abraçou

Chris: -Pois é, não poderia faltar mais um aniversário, desculpa por perder os outros -Falei quando ela saiu do abraço

Carla: -Para de besteira. Agora tô me sentindo especial, um cantor e dois modelos famosos na minha festa, acho que vou chamar alguns repórteres pra registrar isso - disse divertida

Felipe: -Não faz isso que é capaz de ter porradaria ou você esqueceu que esse Bebezão bateu em um esses dias

Chris: -Ele mereceu, agora mudando de assunto, cadê a Bina?

Carla: -Lá dentro perturbando a Ju pra ensinar ela a mecher nas câmeras, vamos entrar - Assenti e fomos até a área da piscina onde seria a festa. A música ainda estava baixa, tinha um bar improvisado e a decoração estava impecável

Bruno: -DRAGA VEM AQUI RÁPIDO -gritou da porta que dava acesso a sala

Carla: -Ela vai jogar um jarro na sua cabeça se continuar chamando ela assim - disse e ele riu

Sabrina: -Draga é seu rabo seu besta

Felipe: -Amor ele vai te prender desse jeito - disse e deu um selinho nela

Chris: -Deixa ela Lipe, pelo menos lá ela  vai ter vida boa, só vai comer e dormir -Falei e só assim ela reparou que eu estava ali

Sabrina: -Quem és tu Satanás? -disse se aproximando e eu gargalhei com a palhaçada dela

Chris: -Para de palhaçada e vem aqui que eu quero um abraço -puxei ela e a abracei

Sabrina: -Se você fizer essa palhaçada de ficar 3 anos sem vir aqui eu pego a arma que o Bruno anda com ela e te dou um tiro nessa sua bunda branca

Chris: - Pode deixar que não vou mais fazer isso, e você anda com a sua arma? -perguntei para o Bruno e ele assentiu -Deixa eu ver?

Bruno: -Claro - sorri animado -Que não, vê se cresce Bebezão - disse e deu um pata na minha cabeça, fuzilei ele com os olhos fazendo o pessoal rir

Carla: -Para de besteira vocês três. Chris vai pegar umas caixas que estão na cozinha, Lipe vai pedir para o DJ colocar a musica, Bina você atende a porta e você amor fica aqui comigo

Felipe: -Muito legal, a gente faz tudo e vocês ficam aí se pegando?

Sabrina: -Eu não vou fazer nada -cursou os braços 

Chris: -E eu nem sei onde fica a cozinha aqui

Bruno: -Vão logo antes que eu arranje outras coisas pra vocês fazerem e Chris a cozinha é a primeira porta depois da escada - a Bina e o Lipe bufaram e eu dei de ombros

Fui seguindo como o Bruno falou e consegui chegar na cozinha. As caixas estavam em cima da mesa, mas eu estava com cede então decidi pegar um pouco de água. Estava tomando minha água quando escuto alguém entrando na cozinha falando no telefone. Nem precisei virar pra saber que era ela, mas não virei continuei de constas escutando aquela voz linda falando ao telefone até que ela fala comigo.

Ju: -Oi você está precisando de alguma coisa?

Chris: -Talvez...-virei e ela ficou estática. 

Quando nossos olhares se encontrou meu mundo parou. Ela está mais linda estava linda com aquele vestido preto. Os cabelos  dela estão maiores e um pouco mais pretos, está com um ar de mulher e parece mais madura. Meu Deus hoje eu não saiu vivo daqui.



JU POV.

Estava falando no telefone com o Theo e fui na cozinha, quando percebi que tinha um homem de constas, não sabia quem era até essa pessoal virar e eu ver que era ele, o Chris estava na minha frente depois de três anos.

Eu não sabia como ele estava por não ver fotos dele só notícias, mas eu me arrependo profundamente. Que homem lindo ele se tornou, não tem mais os cabelos platinados, deixou a barba crescer e está perfeitamente bem feita, o corpo definido, ele está um pedaço de mal caminho. Que isso Juliana, para com isso, Balancei a cabeça pra afastar esses pensamento.

Ju: -Theo amorzinho depois eu termino de falar com você, beijos -encerrei a ligação e o encarei novamente

Chris: -Oi... -Ele falou e mexeu no cabelo, ele está nervoso

Ju: -Oi -Ele colocou o copo na pia e se aproximou um pouco

Chris: -Eu sei que eu não mereço, mas eu posso te dar um abraço? -Ele perguntou e eu assenti, até porque eu não guardo nenhuma mágoa dele

Ele logo veio até mim e me abraçou e eu logo retribui. Como eu estava com saudades desse abraço, o único que me acalma e me trás paz. O perfume que eu tanto amo nele continua o mesmo.

Chris: -Senti falta -Ele disse me soltando do abraço

Ju: -Também senti - falei e ele sorriu, droga eu tenho que segurar essa minha boca - Vem, vamos levar esse as caixas antes que todos cheguem -mudei de assunto e ele assentiu, ele pegou as caixas e fomos para a área da piscina.

....

A festa já estava lotada e eu não parei, estava concentrada tirando as fotos. Agora eu estava na sala descansando um pouco

Carla: -Larga essa câmera e vai curtir a festa -disse sentando do meu lado no sofá

Ju: -Mas eu quero registrar tudo, depois eu aproveito -Falei mexendo na câmera

Carla: -Nada disso me da isso aqui - pegou a câmera e saiu correndo, bufei e encostei minha cabeça no encosto do sofá 

Chris: -Aconteceu alguma coisa? -Levei um susto e ele sentou do meu lado

Ju: -A Carlinha tomou minha câmera -Falei e ele sorriu -Não rir, eu não estou no clima pra festa e a câmera me tira do tédio 

Chris: -Nem eu estou no clima, então vamos ficar aqui conversando um pouco

Ju: -Por que, por que você está aqui depois desse tempo todo?

Chris: -Porque eu quero te pedir desculpa por tudo que eu fiz você passar - Ele virou e ficou de frente pra mim -Você me perdoa? – perguntou olhando nos meus olhos 

Ju: -Nós dois erramos muito no passado, eu não tenho nenhuma mágoa de você e não tem o que eu desculpar  - disse e ele suspirou

Chris: -Você é incrível sabia? - disse e eu sorri -Já que não vamos voltar pra festa você bem que poderia me ensinar a mexer naquelas câmeras doidas que você tanto ama

Ju: -Não vai ter como a Carlinha pegou, lembra?

Chris: -Duvido que você não tenha mais nenhuma por aqui

Ju: -Ok vem, lá no estúdio deve ter alguma - levantei e ele me acompanhou até o estúdio


CHRIS POV.

Segui ela até o estúdio que tinha a cara dela. Sentei em um sofá que tinha ali, ela pegou uma câmera e sentou do meu lado me entregando a mesma.

Chris: -O que eu faço? -perguntei e ela riu

Ju: -Primeiro liga -Assenti e fiz o que ela disse -Agora você tem que focar ela onde quer tirar a foto e colocar em um ângulo bom

Chris: -Acho que uma prova de matemática é mais fácil

Ju: -Para de ser dramático, é assim que se faz -ela foi me explicar e nossas mãos se tocaram fazendo eu sentir um choque pelo meu corpo, olhei pra ela e ela me encarou e tirou a mão, acho que ela sentiu também

Chris: -Ju, eu não mordo - Falei e ela suspirou e voltou a me encarar 

Ju: -Chris, eu sei que estamos tentando agir naturalmente, mas é estranho ter você tão próximo depois desse tempo todo

Chris: -Eu sei que é difícil, mas eu voltei pra te mostrar que eu mudei muito, não sou mas aquele garoto de três anos atrás e você também não é aquela garota, nós amadurecemos muito. Eu quero te mostrar que eu aprendi com os meus erros e quero que saiba que eu ainda te amo muito e eu vejo nos seus olhos que esse amor é recíproco

Ju: -Eu sofri demais e não quero passar por isso de novo, acho melhor a gente continuar sendo só amigos - disse e eu segurei suas mãos

Chris: -Eu vou te mostrar que eu mudei, não vou desistir e nem vou mais te fazer sofrer - Falei e dei um beijo em sua testa e a porta foi aberta. Era a Bina

Sabrina: -Desculpa atrapalhar o casal, mas eu quero os dois lá em baixo agora - Disse e saiu nos fazendo rir e quebrando aquele clima tenso

Ju: -Vamos descer, não quero arriscar dela subir aqui de novo - Assenti e descemos para a festa


Não vou desistir fácil, eu errei e vou correr atrás do prejuízo.





Notas Finais


Comentem, comentem

BEIJOSSSS ❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...