História War Is Love- Sehun - Capítulo 9


Escrita por: ~

Postado
Categorias EXO
Personagens Chanyeol, Personagens Originais, Sehun
Tags Exo, Sehun, War Is Love
Visualizações 108
Palavras 1.057
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Escolar, Festa, Romance e Novela

Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Estamos chegando a 30 favoritos ❤
Obrigada bbs ❤

Capítulo 9 - Him.


Fanfic / Fanfiction War Is Love- Sehun - Capítulo 9 - Him.

Eu paralisei. 

A foto que estava na minha mão caiu.

-Não vai falar nada, em?- ele perguntou, passando o nariz pelo meu pescoço. 

Quem me devia explicações era ele. Mas eu não iria falar isso.

Ele estava me abraçando por trás, e colocando a cabeça no meu ombro. Acho que ele ainda estava sem camisa, ou seja, Oh Sehun estava me abraçando sem camisa. Sem camisa. Se ele queria me provocar, ele estava conseguindo

-Gosto de te ter aqui comigo. Gosto de te provocar- ele disse e beijou o meu pescoço. 

JESUS CRISTO.

Eu ainda estava paralisada, mas eu perdi a linha. Ele sabia como tirar a minha sanidade.

Eu me virei de frente para ele num movimento rápido e coloquei a minha mão em seu pescoço. Sim, ele estava sem camisa. 

 E foi se aproximando.

E chegou num momento em que não havia espaço entre nós. 

Senti seus lábios nos meus. Eles tinham gosto de.... Sehun. Ele pediu passagem com a língua, e é óbvio que eu cedi.

Eu estava com as minha mãos no seu pescoço e as suas mãos estavam revesando entre a minha cintura e meu pescoço. 

Paramos o beijo por falta de ar.

Ele chegou bem pertinho da minha orelha e sussurrou:

-Você gostou disso, não gostou?

Ele estava me provocando?

-Gostei- sussurrei de volta e mordi os lábios. As minha mãos, que estavam em seu pescoço, se deslizaram pelo seu abs. Suas mãos ainda estavam na minha cintura. Ele achou que não iria ser provocado?

-SEHUN, TEM CERTEZA QUE NÃO SABE DA S/N?- escutamos Chanyeol gritar do outro lado da porta, e vir em direção a porta. Eu saí dos seus braços e me escondi no banheiro.

Chanyeol abriu a porta do quarto. Eu queria ver o que o Sehun ia inventar que estava fazendo, já que estava sem camisa e longe do banheiro.

-Sehun? O que você tá fazendo aí?

-A foto que estava na estante caiu, e daí eu vim arrumar ela.

-Ata- Chanyeol disse meio desconfiado -Eu não sei aonde a S/N foi parar. Eu estou preocupado.

-Ah, a S/N deve estar saindo da casa de algum amigo, Chanyeol. Calma.

O Sehun estava calmo porque ele sabia aonde eu estava. Mas o Chanyeol não. Jesus, o que eu iria fazer?

-Eu vou procurar ela- Chanyeol disse- Eu já volto tá? Eu vou trancar tudo aqui em baixo.

-Okay.

Chanyeol fechou a porta. Sehun estava vindo em direção ao banheiro. Eu estava encostada na parede.

-Hoje eu te deixo escapar, mas te conto as regras outro dia- disse e piscou para mim. Eu estava com vergonha. Como ele podia agir assim depois do que aconteceu?

Mordi os lábios e saí do banheiro. Saí bem devagar. Vai que o Chanyeol ainda estava ali. Mas já fazia um tempinho que ele tinha saído. Eu tinha que avisar ele que eu estava em casa.

Voltei para o meu quarto e peguei o meu celular, que por sorte estava no silencioso. 

Tinha 9 ligações perdidas do Chanyeol. Eu estava muito encrencada.

Retornei. Ele atendeu.

Ligação ON.

 -S/N, aonde você está?- ele estava bravo comigo. Eu estava muito encrencada mesmo.

-Oi para você também Chanyeol. Eu estou em casa. Pode voltar para cá-  tinha passado uns 10 minutos que ele tinha saído.

-Menina, você está louca? Aonde já se viu, voltar para casa a essa hora da noite. 

-Calma Chanyeol, eu estava com o Baek. Acabei de voltar da casa dele.

-Como você sabia que eu estava saído para te procurar? 

-Sehun me avisou. 

-Sehun está no banho, S/N.

-Quando eu cheguei ele não estava. 

-Você viu ele sem camisa?? Porque ele estava assim quando eu saí daí.

-Ai Chanyeol, o que que tem?

-Verdade, você é apaixonada por ele né? Fico feliz por você.

-Chanyeol!

-Tchau S/N, tô voltando- ele disse rindo.

Ligação OFF

Desliguei o telefone com um sorriso no rosto. Ainda não tinha caído a minha ficha do que tinha acontecido.

 Eu beijei o Sehun. A pessoa que me irrita e que eu tenho um crush desde pequena.

Mas eu não sabia o que eu realmente sentia pelo Sehun. 

Eu não sabia se eu estava apaixonada por ele, mas eu sabia que não o odiava.

Às vezes (sempre), o Sehun me levava a loucura. Ele acaba com a minha sanidade. E de alguma forma, eu gosto disso.

Eu gosto do estrago que ele faz em mim.

Eu estou muito filósofa hoje.



-S/N!!!! VEM AQUI EM BAIXO AGORA- escutei Chanyeol gritando. Já disse que eu estava encrencada?

Abri a porta do quarto e fui.

-O que foi, Chanyeol?- perguntei e engoli seco. 

-A partir de hoje, você tem que estar em casa antes das 19:00. Não quero que aconteça o que aconteceu hoje- ele estava muito bravo comigo.

Eu olhei no relógio do microondas e eram 20:34 da noite.

-Okay Chanyeol. Mas não pode ser...- ele me interrompeu.

-Não, não pode ser. 19:00, ou nem saí.

-Aff! Tá bom- disse e revirei os olhos. Estava indo para a sala, quando o Chanyeol me chamou de volta.

-S/N?

-O que?- me virei.

-Aconteceu alguma coisa enquanto eu estava fora?

-Não, porque?- Eu não iria contar para ele do beijo. Não agora.

-Eu fui no quarto do Sehun, e ele estava todo apaixonadinho. 

-Deve ser por alguma menina da faculdade.

-Não, eu não vejo ele assim a anos. Na verdade, é a primeira vez que eu vejo ele assim desde a adolescência.

MEU DEUS.

-S/N, você sabe que pode contar comigo, né?

-Chanyeol...- eu ia contar o que tinha acontecido para ele (sim, eu mudei de ideia), mas o Sehun desceu as escadas bem na hora.

Ele chegou na cozinha, e eu corei. 

Não tinha como esconder que tinha acontecido. Eu estava tentando manter a calma, mas o meu coração não deixava. Eu estava com o coração acelerado, estava suando, e estava ofegante.

 Como confiar que eu não tinha acontecido nada?

Sehun estava bem pleno. Como ele conseguia???

-Sobre o que estavam falando?- ele disse, olhando para mim e em seguida, para o Chanyeol.

-Eu coloquei ela de castigo- CHANYEOL SALVOU A PÁTRIA.

-Bem feito- Sehun disse e mostrou a língua para mim. Ele nunca perdia o hábito.

E eu continuava nervosa.

-Você sabe o que quem mostra a língua quer né....- Chanyeol disse e fez uma cara maliciosa. 

Não, Chanyeol. Agora não.

Sehun corou. Eu corei. NÃO TINHA COMO ESCONDER.

-HMMM, quer dizer que aconteceu alguma coisa por aqui enquanto eu estava fora né?- Chanyeol, de alguma forma, estava feliz com isso.

-Aish, Chanyeol- Sehun disse, com vergonha.

-E-Eu vou p-para o meu q-quarto- eu estava muito nervosa.

Subi as escadas correndo, entrei, fechei a porta do meu quarto e me joguei na cama.

Oh Sehun, o que você faz comigo?
















Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...