História War Of Hormone - Imagine Jungkook - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jungkook
Tags Colegial, Imagine, Jeongguk, Jungkook, Rabbitgold, Você
Visualizações 53
Palavras 2.094
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Ecchi, Escolar, Festa, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oieee! Tudo bem? *u*
Hoje eu decidi fazer uma história baseada na vida escolar de um adolescente. Boa parte dela está sendo feita baseada na minha vida cotidiana e no meu dia a dia como estudante do ensino médio. Diferente dos meus outros imagines esse será bem mais longo e quem irá narrá-lo será o Kookie *--*.
Enfim, espero que gostem.
Boa leitura ^^.

Capítulo 1 - Um aluno não muito responsável.


Fanfic / Fanfiction War Of Hormone - Imagine Jungkook - Capítulo 1 - Um aluno não muito responsável.

20 de Fevereiro, sexta-feira.

Mais um dia tedioso e cansativo inicia-se. O despertador toca novamente após ser ignorado pela quarta vez, e então inconformado, finalmente abro os olhos e decido acordar. Observo o relógio digital sobre o criado-mudo e vejo as horas, 07:20. 

– Droga!  Tô atraso! – Disse levantando-me da cama na velocidade da luz e correndo em disparada em direção ao banheiro.

Ao entrar no cômodo tirei meu pijama com rapidez e em seguida me joguei debaixo do chuveiro, logo sentindo as gotas geladas da água batendo em minha pele quente, me fazendo arrepiar por completo. – Porcaria de chuveiro elétrico. – Disse com os dentes se batendo por conta do frio.

Não chamaria isso que fiz agora a pouco de "banho", mas o que vale é a intenção né? Acho que fiquei cheirosinho.

Escovei os meus dentes e em seguida fui em direção ao meu quarto vestir o fardamento do colégio e calçar os sapatos. Saí rapidamente descendo as escadas, logo deparando-me com minha mãe fazendo o café-da-manhã.

Aish! Por que você não me acordou, hein mãe? Tô atrasado pro colégio.

– Quem manda ser irresponsável e dormir tarde assistindo filme. Agora arque com as consequências. – Minha mãe disse sem dar muita importância ao fato de que levarei advertência por chegar tarde. – Se eu fosse você me apressaria, já são... – Ela olha o relógio. – 07:30. Você tem que estar lá de 07:40.

Arregalei os olhos com suas palavras. Corri até a mesa peguei uma torrada, logo a colocando na boca. Peguei minha bolsa e saí correndo de casa. 

– Não está esquecendo nada? – Minha mãe disse quando eu já estava fora de casa, e só então eu percebi que tinha esquecido as chaves em cima da mesa. 

– Ah é! Eu esqueci as chaves. – Voltei até em casa e peguei as chaves na mesa. – Tchau, mãe.

– E o meu beijo? – Ela disse inconformada.

Corri até a minha mãe e beijei sua bochecha. Em seguida saí correndo de casa, peguei minha bicicleta e fui pedalando em direção ao colégio.

Ah é, Esqueci de me apresentar, foi mal aí. Eu sou Jeon Jungkook, mas pode me chamar de Jungkook ou simplesmente Kook, já que é assim que meus amigos costumam me chamar. Sou um estudante do terceiro ano do ensino médio, pois é, logo estarei na faculdade (fato que me deixa muito triste por sinal). E estudo em um colégio não muito longe de casa. Lá eu tenho os meus parceiros, que são: Jimin, Namjoon, Hoseok, Taehyung, Yoongi, e Jin. Juntos formamos o nosso "clã", do fundão da sala.

Eu continuaria a falar mais sobre mim e sobre os meus amigos, mas infelizmente – ou felizmente – acabei de chegar ao colégio.

Entro correndo pelos corredores logo após ter recebido uma carimbada com o nome atrasado na minha agenda. Corri mais rápido que o Flash e finalmente cheguei em minha sala. Dei duas batidas na porta e em seguida ouvi um "entre". 

– Bom dia professora! – falei, logo deparando-me com o meu tormento, a Sra. Leila. Ô mulherzinha chata viu? Tá sempre de mau humor. Ela devia arrumar um namorado pra ver se assim ela se alegra.

– Isso são horas de chegar, mocinho? Você está 10 minutos atrasado. – Ela falou grosseira me olhando com aquela cara de bunda dela e com os braços cruzados.

– Perdão. Meu despertador tocou mas não ouvi. 

– Da próxima vez só entra na próxima aula.

Assenti e em seguida fui até meu lugar, que por sorte foi guardado por Jimin, que colocou a bolsa na cadeira, impedindo que outros se sentassem. 

– E aí Jungkook? Pelo que parece você acordou bem tarde hein? Nem o cabelo tu penteou. – Hoseok falou achando graça da situação. 

– Só vim pra essa merda de colégio por que hoje tem tarefa de história valendo ponto. – Falei e em seguida abri meu caderno em Química.

– Caramba, eu esqueci a tarefa. – Jimin falou assustado. – Namjoon você fez? – Ele pergunta nervoso.

– Fiz ué. – Namjoon responde dando de ombros.

– Hum..Já tenho de quem pegar a tarefa... – Jimin fala com o rosto carregado de malícia.

– Ei! Vocês ficaram sabendo? Parece que vai chegar uma aluna nova. – Taehyung fala.

– Aluna nova é? Será que é gata? – Yoongi fala.

– Parece que é de outro país – Taehyung continua – se eu não me engano ela é brasileira mas vive na Coréia a algum tempo.

– Uau! Do Brasil – Jin fala surpreso.

– Ei vocês! Parem de conversar e façam a tarefa. – Disse a bruxa (Ok, ok. Disse a professora).

– Sim professora!! – Todos nós dissemos.

Aquela aula estava tediosa pra caramba. Na verdade, aquela mulher é chata pra caramba, então é lógico que a aula seria entediante. Fica nítido que nem mesmo ela gosta da matéria. Vai aí um conselho meu pra você: se você quer trabalhar com algo, então trabalhe com algo que realmente gosta, porque se não meu amigo... Ah, se não você estará tornando a sua vida e a vida das pessoas ao seu redor um verdadeiro inferno.

– Então, como vocês veem o carbono é tetravalente... – Ela dizia enquanto passava os slides.

– Que horas são? – Hoseok me perguntou com cara de sono, nitidamente entediado.

– 08:30 – Respondi no mesmo estado que ele.

Logo em seguida ouvimos o som do alarme do colégio, anunciando que a primeira aula havia acabado.

Amém Senhor! – Falei em meus pensamentos

– Para casa quero que vocês estudem todos os compostos químicos inorgânicos, farei perguntas e espero que saibam responder, porque senão... – Ela pensou em uma punição. – Senão eu tiro 2,0 pontos na caderneta.

FODEU! SOU PÉSSIMO EM QUÍMICA. – Gritei em meus pensamentos.

Ai Ai! Eu ainda tinha esperança de que passaria meu final de semana assistindo minhas séries na netflix, mas pelo visto eu vou ter que estudar pra química. Ô professora desgraçada.

– Partiu todo mundo ir pra casa do Namjoon estudar química?  – Jimin propôs.

Todos nós assentimos na mesma hora, e Namjoon não viu problema. Isso que é amigo né? Ainda lembro que foi graças a ele que passei de ano em Física no ano passado. Além de ajudar os parças a estudar, ainda é generoso e passa fila na hora da prova. Namjoon, você é nota 10. Se eu fosse mulher eu te pegava de jeito ó. – Menos Jungkook, bem menos –Tá Namjoon, já parei.

A professora de Química saiu da sala e deu lugar a professora de história, Naeun.

Ela é completamente o oposto da Sra. Leila, Naeun é um amor de professora. Super alto astral e de bem com a vida, foi a primeira professora que me fez gostar de história. Ela sim gosta do faz.

– Bom dia turma! – Ela disse se posicionando de frente pra nós. 

– Bom dia professora! – Toda a sala disse.

– Enquanto eu estava lá fora eu me encontrei com essa moça – Ela disse fazendo um gesto com a mão para que alguém entrasse. Logo em seguida uma garota – Bem gata por sinal – entrou na sala.

– Pessoal essa qui é (Seu nome), ela é brasileira mas vive na Coréia já faz alguns anos. Ela será a nova colega de classe de vocês. – Minha professora disse.

– Seja bem-vinda (Seu nome)! – Eu e a sala toda dissemos.

– Sente-se ali (Seu nome) – A professora disse apontando para uma banca vazia não muito distante da minha. Logo em seguida a garota foi e se sentou.

– Ei! Essa aluna nova é bem gata – Jimin cochichou em meu ouvido e em seguida eu assenti. Afinal suas palavras são 100% verdade. (Seu nome) é diferente do padrão aqui na Coréia, mas é muito bonita. A sua pele morena, o cabelo preto longo e suas curvas eram perfeitas. 

– Fizeram a tarefa de história? – A professora disse para classe me fazendo sair de meus pensamentos.

A classe inteira respondeu que sim, e em seguida ela chamou o nome de cada um para que fosse até ela e mostrasse o caderno. Não demorou muito e chegou minha vez, fui até ela e entreguei o caderno, ganhei 1,0 ponto que será somado na nota da prova. Naeun você é maravilhosa. 

Enquanto eu estava ao lado da professora deixando que ela corrigisse a tarefa, percebi que a novata estava me olhando já algum tempo. Será que o meu estado tá tão deplorável assim pra ela ficar me encarando? Eu a olhei em seguida, e na mesma hora ela desviou o olhar, deve ter ficado com vergonha. Dei de ombros e em seguida voltei para o meu lugar. 

As aulas seguintes passaram-se bastante rápido, já que os professores eram legais e eu gostava das aulas. A melhor de todas foi a aula de Artes Cênicas, já que por algum motivo eu acho que nasci para ser um artista. Sempre quis ser alguém famoso. Quem sabe isso não acontece num futuro próximo né?

Após a aula de artes cênicas estávamos tendo aula de física. A explicação do professor Kim estava indo normal, até que o idiota retardado do Hoseok quis chamar a atenção. Aquele ridículo tinha levado um pacote de camisinhas pro colégio – Sim, camisinhas – e ficou enchendo como se fossem balões de festa. Não vou negar que eu e os garotos estávamos achando graça e rindo da situação – Caralho tá ficando imenso! Enche mais Hoseok! – Eu aticei.

A brincadeira idiota estava fluindo normal até que acidentalmente Hoseok soltou a camisinha já amarrada, e ela saiu voando pela sala, fazendo um enorme percurso e descendo vagarosamente no chão, de frente para o professor. 

– Quem é o responsável por isso? – O professor Kim disse indignado para a sala, mas olhando especificamente para o meu clã.

Meu povo, nessa hora... Nessa hora o meu cu trancou. Tamo fudido – Pensei.

– Foi você Baekhyun? – O professor disse para o meu colega ao lado.

Pera aí! Ele disse Baekhyun? BAEKHYUN? 

Baekhyun e eu somos amigos, mesmo nós fazendo parte de "clãs" diferentes. O grupo dele é composto por: Xiumin, Chanyeol, Sehun, Kai, Tao, Suho e Lay, e eles sentam próximo ao meu grupo. Ambos somos "povos" que sentam no fundão da sala. 

– Eu, professor? – Ele disse tão perplexo como eu.

– Sim, já que você faz questão de espalhar aos quatro ventos que não é mais virgem. Não me espantaria nem um pouco que você carregasse consigo uma camisinha na bolsa. – O professor indagou.

– Professor eu realmente me previno, mas eu só uso camisinha Jontex – Ele fez questão de enfatizar o nome Jontex – Isso aí professor, é camisinha de pobre, dessas que você consegue de graça em campanha do governo.

Logo após Baekhyun dizer isso a classe inteira caiu na gargalhada. E eu não pude segurar o riso quando vi a expressão de nervoso no rosto de Hoseok.

– Ok, Baekhyun eu vou acreditar em suas palavras! – Pude ver Baekhyun respirar aliviado por estar livre da acusação.

– Vejamos, se não foi ele, então provavelmente foi... – O professor pensou em alguém – Park Jimin! – O Sr.Kim disse e logo em seguida direcionou um olhar mortal para Jimin, fazendo o mesmo ficar de olhos arregalados.

– Foi você Jimin? – O professor falou estreitando os olhos.

– EU NEM TRANSO!!! – Jimin gritou tão alto que tenho certeza que a escola inteira ouviu.

As risadas do pessoal da sala era a única coisa que se podia ouvir.

Ta vendo Jimin? Eu te disse que mentir da problema, quem manda enganar e dizer pra todo mundo que não é mais virgem. Ficava por aí pelos corredores do colégio dizendo que era o cara mais transudo da escola. Agora tá aí passando vergonha, se fodeu otário!

– Então quem foi? – O professor disse já irritado.

– Fui eu professor. – Disse o meu parça Hoseok se levantando da cadeira e levantando a mão.

Pô , me senti mal pra caramba quando vi o meu comparsa se entregar. Tão mal que também me entreguei junto a ele.

– Eu também participei da brincadeira professor. – Eu disse me levantando. Não sou um tipo de companheiro que abandona alguém. Vai aí uma frase que eu aprendi enquanto assistia meu amado, Naruto: "Aqueles que quebram as regras podem ser considerados lixo. Mas aqueles que abandonam seus amigos são piores do que lixo". Diga aí se essa frase não tem poder. Pra mim ela tem poder, e muito. 

Acho que o meu gesto sensibilizou os meus brothers, que logo em seguida se levantaram e disseram que estavam fazendo parte da brincadeira. Yoongi, Jin, Jimin, Nam, Tae, todos eles se levantaram e assumiram a culpa. Os meus chapas são os melhores, podem até ser idiotas, mas são os melhores amigos que alguém pode ter.

 – Todos vocês fizeram parte disso? – O professor pergunta.

– Sim! – Nós respondemos.

– Eu também fiz parte disso. – Disse quem eu menos esperava, a tal da (Seu Nome).

Por que essa idiota tá assumindo a culpa de algo que nem mesmo fez?


Notas Finais


Então pessoal, o que acharam? ^^
Devo dizer que essa história da camisinha é verídica, o idiota do meu amigo inventou de trazer pro colégio umas camisinhas florescentes lá da Itália, durante a aula ele ficou enchendo, e assim como na história a camisinha saiu voando e pro azar de meu amigo o professor achou a camisinha e tentou descobrir de quem era. Eu ri tanto com isso que eu não resisti e tive que colocar na história.
logo postarei os próximos capítulos ^^


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...