História Warm Love - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Justin Bieber, Kylie Jenner
Personagens Jaxon Bieber, Jazmyn Bieber, Jeremy Bieber, Justin Bieber, Kylie Jenner, Personagens Originais
Tags Bieber, Drama, Hot, Jenner, Justin, Justin Bieber, Kylie, Kylie Jenner, Romance
Visualizações 87
Palavras 1.312
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Colegial, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Hentai, Romance e Novela, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Cross-dresser, Drogas, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Spoilers, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Hellooooooooooooo
Essa e a minha primeira fanfic, espero que gostem 💞 boa leitura

Capítulo 1 - Chapter One


Fanfic / Fanfiction Warm Love - Capítulo 1 - Chapter One

Pov Justin

Chego no lugar, saindo do carro e sorrindo de lado pois finalmente iria pegar minhas drogas. Bom, não sou envolvido no mundo do crime apenas gosto de usa-las, me ajuda a relaxar.

Olho a mansão enorme dos Parker's e vejo os seguranças me olhando de cara feia pois já estava um pouco conhecido ali.

Estava devendo uma dívida há um tempo mais provavelmente eles já devem ter esquecido disso.

Entro na casa pois haviam me liberado e subo as escadas indo pro escritório, abro ele e vejo uma gostosinha sentada na cadeira. Provavelmente a filha do Parker, o filho da puta tinha 3 filhas e pelos boatos elas eram gostosas pra caralho, menos a menor que era uma criança ainda.

Olho a garota que me olhava e tirava os óculos, me fazendo olhar seus olhos  e logo descer o olhar pelo seu corpo.

Seios pequenos, cintura fina e belas coxas pequenas, parecia não ter uma bunda muito grande mas dá pro gasto né

Ate porque se ela quisesse ser fodida por mim não pensaria duas vezes.

- Acabou de me analisar? - a garota falou me olhando enquanto dava um riso. - sua situação com meu pai não estar muito boa pra isso, não acha? - ela disse com deboche, sua voz era incrivelmente irritante.

- Acredito que isso não seja da sua conta, crianças não deveriam ficar em um lugar tão perigoso - Digo com deboche e sorrio ao ver o sorriso dela se desfazer - Mas indo direto ao assunto, gostaria de falar com seu papai - pisco pra ela e me sento na cadeira, cruzando os braços e me controlando pra não rir da cara de raiva dela.

- Ele não estar e me deixou no comando, outra coisinha bem minúscula - Ela fala dando uma leve pausa enquanto se sentava um pouco torta na cadeira - Trouxe o dinheiro da dívida?

Sinto meu coração acelerar ao olhar pra trás e ver cinco seguranças de braços cruzados me olhando sério.

Acabar com eles seria mole, difícil seria acabar com ela, eles e a centena de seguranças que haviam na saida.

A gostosa ate que não era 100℅ uma criança

- Já falei com seu pai sobre isso - digo tentando enganar a garota na minha frente - ainda tenho 10 dias pra pagar - digo relaxando um pouco pois parecia que ela tinha acreditado

Vejo a garota revirar os olhos, voltando a sua postura na cadeira.

- TIC TAC TIC TAC Bieber, seu tempo não estar acabando, ele já acabou - Ela sorri maldosa, provavelmente aprendeu com o pai.

Vejo a mesma fazendo sinal para os seguranças e me assusto, vendo eles trancar a porta

- Não sou tão maldosa Bieber... Tem direito a uma ligação, 10 minutos pra arrumar uma pessoa pra trazer o dinheiro. - Ela fala como se fosse uma glória de deus eu ligar pra alguém.

Minha família tem muito dinheiro, somos todos empresários famosos porém a divida que eu tinha era gigantesca e eu não iria conseguir arrumar assim, tão fácil.

Nada de polícia, meus pais não iriam voltar e meus amigos não tinham tanto dinheiro, quero dizer... Apenas um

Suspiro tomando coragem e disco o número de Khalil.

tocando, tocando, tocando...

- Que porra! Quem é? - ele atende totalmente estressado e escuto Megan no fundo resmungando

- Cara sou eu, preciso de ajudar - Digo mordendo o lábio enquanto penso se realmente deveria contar.

- Porra Justin, Megan está de quatro pra mim... Não da pra ajudar agora não - Ele diz totalmente tranquilo, somos melhores amigos então somos totalmente sinceros ate em relação a mulher.

Escuto o barulho de um tapa forte.

- Estou devendo dinheiro aos Parker's e estou preso na mansão, só estou falando com você porque tenho direito de 10 minutos no telefone. - Digo sendo sincero e contando tudo de uma vez.

escuto um silêncio

- De quanto você ta precisando? - Ele pergunta preocupado.

- 150 Milhões - Digo mordendo o lábio de tão nervoso que eu estava

- PORRA JUSTIN, minha mãe vai arrancar minha cabeça depois - ele fala irritado e posso perceber que ele já estava colocando a roupa.

- Fala pra ela o que aconteceu depois e fala que vou pagar cara, só não posso ficar devendo esses demônios - digo tentando não ficar irritado e suspiro.

Vejo a garota me olhando de cara feia e dou dedo do meio pra ela

- Me da o telefone, seus dez minutos acabaram - Ela fala tentando pegar e desvio, não deixando ela pegar.

- Estou indo pra ir, quando saímos dai vou arrebentar sua cara - ele fala e sorrio.

Porém meu sorriso se desfez quando a vadia pegou o telefone e desligou

- Espero que você tenha conseguido, ele tem 30 minutos pra chegar aqui - Ela fala se levantando e indo ate uma estante

Olho ela engolindo em seco ao ver ela pegar uma arma.

- Sabe Justin, quando você chegou aqui me chamou de crianca... Eu ainda pareço uma criança? - Ela fala passando a mão na arma e me olha - não sou mais uma criança, não tenho um sorriso inocente como o das minhas irmãs. - Ela fala vindo ate a mim

- Você não e uma criança e eu não sou seu psicólogo - Digo revirando os olhos e olhando pro outro lado.

Talvez se fosse outra mulher já teria me liberado ou estaríamos fodendo nessa mesa. Mas meu último desejo e foder com ela.

- Tenho 21 anos, minha irmã 15 e a outra 3 - A garota se encosta na mesa e bufo, será que ela tá achando que isso e uma consulta pra quem tem problema psicológico?

- Com 15 anos ela já tem tudo que eu queria, amigas, homens caindo aos pés dela entre outros. - Olho pra ela, levantando uma sobrancelha e riu pois ela estava revelando que tinha inveja da própria irmã.

- Não sei quem e, seu pai não deixa a vida de vocês em público e outra.. Você não tem tudo isso porque não e uma pessoa normal, uma menina da sua idade iria me liberar, não segurar uma arma pra mim. - Digo dando uma de psicológico pra tentar fazer ela me soltar.

- Bom eu não sou uma menina normal, elas são chatas... Kylie e doce, ingênua com o sorriso inocente e faz qualquer um cair aos pés dela. - Ela fala bufando e logo vai ate a janela olhando alguma coisa - Parece que seu amigo chegou - ela olha pra mim com um sorriso psicopata 

Eu? EU ESTAVA FELIZ PRA CARALHO aquela mulher chata, psicopata falando da irmã dela com aquela voz irritante... porra, mulher chata

- Graças a deus - digo não conseguindo disfarçar meu sorriso e aproveito que ela estava de costas, olhando a bunda dela

Nada mal, desvio meu olhar pra porta pois Khalil tinha entrado com muitas malas.

Me olhando de cara feia e logo colocando as malas na mesa enquanto desviava o olhar pra ela.

- Seu dinheiro ta aqui, podemos ir? - Ele fala abrindo as malas e ela olha surpreendida pro dinheiro

- Claro, se estiver faltando um centavo os seguranças vão atrás de vocês... Não vai ter segunda chance - Ela fala irônica.

Me levanto, saindo daquela sala com o Khalil e logo saindo daquela mansão do inferno.

Entro no carro dele, me preparando pro falatório.

- Porra cara, tem noção do que fez? A próxima vez que se meter com drogas vou quebrar sua cara de tanta porrada - Ele fala sério e eu faço que sim com a cabeça pois nem podia debater

- Megan vai fazer uma festa mais tarde, aparece lá pra ver se esquece dessas coisas.

Próximo capítulo:
Então essa e a Kylie? Sua bunda grande e rendondinha, seus seios tão grandes, seus olhos inocentes... Ela era minha nova perdição 


Notas Finais


Gostaram? Contínuo ou não?
São tantas dúvidas haha.. Até o próximo capítulo, dependendo de quantos pedidos tiver vou postar amanhã mesmo :)


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...