História Welcome To My Life - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Visualizações 9
Palavras 932
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Famí­lia, Hentai, Lemon, Luta, Mistério, Policial, Romance e Novela, Suspense, Terror e Horror, Violência, Yaoi
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Pansexualidade, Sadomasoquismo, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Olá! Tudo bom? :D

Vim com mais um capítulo hoje!


Fiquem com este capítulo, e nos encontramos nas notas finais!


Boa Leitura, e desculpa se acharem algum erro

~ Ariel

Capítulo 2 - A Surpresa


Fanfic / Fanfiction Welcome To My Life - Capítulo 2 - A Surpresa

Saiu do banheiro,de banho tomado, com roupa trocada que Marcel lhe entregara, e com cabelos devidamente lavados.

 

 

Marcel: Agora sim, está bem melhor, claro tirando esta cara de quem não dorme bem a dias,e tua  drástica perda de peso, mas já pode ser considerado um avanço, certo?- disse sorrindo para ele.

 

Stevan: Hum. .. - deu como resposta se deitando na cama de seu amigo.

 

Marcel: Bom, está na hora de eu pegar as crianças, tu fiquei aqui, elas  irão  ter uma surpresa ao chegarem em casa- disse saindo do quarto, e indo atrás da chave do carro, e assim saindo do apartamento.

Stevan se levantou da cama, e se olhou no enorme espelho que havia no quarto de Marcel, ainda não se reconhecendo, não conseguia ficar feliz, achava que teus filhos, não mereciam ele, e com estes pensamentos andou até a uma mesa que havia no quarto, pegando uma garrafa de Smirnoff pura, e a levou em direção a boca,sentindo o líquido queimar em tua garganta.

 

 

              ~

 

Estacionando em frente do Colégio, faltando 2 minutos para o sinal soar, saiu do carro e se apoiou na porta do mesmo, ouvindo assim, o sinal soar e já vendo 3 crianças saindo pelo portão cabisbaixa, de mãos dadas uma com as outras. Acenou para eles que logo andaram em direção ao carro.

 

Marcel: Olá meninos, como foi a escola hoje para vocês? -disse se abaixando para ficar na altura deles, e já dando um abraço de urso neles, o que arrecadou um pouco de risadas, e isto era um alívio para Marcel, saber que diante todo esta situação eles ainda conseguiam rir, nem que seja um pouco.

 

Christopher, o caçula de 7 anos começou a falar.

 

Christopher: Hoje eu tive que falar da mamãe. - disse meio triste

 

Marcel ficou tenso, aquele assunto era ainda querendo ou não, muito recente e delicado para os irmãos, até mesmo para ele, mas meus assim resolveu continuar com o assunto da melhor forma possível, sabia que era importante eles falarem sobre a mãe.

 

Marcel: E o que tu falou? - disse sorrindo para ele de forma sincera.

 

Christopher: Disse que amava muito ela, e que ela estava cuidando de mim, de longe, falei que sentiria falta de acordar com ela junto com o papai em cima de mim, me dando vários beijos na minha barriga, e mais o monte de coisa- disse com um meio sorriso no rosto ao lembrar destas coisas, mas não queria ficar triste, não queria que sua mãe o olhasse lá de cima, e visse que ele estava infeliz, ou confuso, pois assim ela ficaria triste também, imaginava ele, e ele nunca viu sua mãe sem sorrir um dia se quer, então não queria ser motivo da tristeza dela; E Marcel sabia disso, afinal os 3 já haviam falado isto para ele a um mês atrás , e mesmo se surpreendeu com as crianças de apenas 7 , 8 e 9 anos lhe falando aquilo, eles eram forte, seus pais haviam criados eles todos muito bem.

 

Marcel: Eu sei que ela ficou muito orgulhosa de vocês todos- abriu um sorriso ao falar, e viu os olhos dos pequenos brilharem.

 

Christopher: Jura??-disse abrindo um  sorrisão com algumas  janelinhas.

 

Marcel: Mas é claro, por qual razão eu iria mentir para vocês?? - disse afagando os cabelos deles.

 

Eles entraram no carro, Christopher senta em sua cadeirinha no assento central e os outros dois entram cada um por uma porta, e todos colocam o cinto.

 

Marcel:  E vocês meninos? Estão quietos hoje, como foi o dia de vocês? - disse colocando a chave no contato e  já saindo com o carro, agora prestando atenção na rua, mas ainda com o ouvido atento nos bancos de trás.

 

Sinto falta dele- disse mudando de assunto com voz de choro Stanislaw, o filho mais velho, com 9 anos, e assim que disse isto todos concordaram com a voz de choro igual.

 

 Eu também quero o papai !! - disse Abimael com os olhos lacrimejando, ele era o filho do meio, com 8 anos

 

Christopher: Uhum !! -concordou fazendo um biquinho com as lágrimas já escorrendo.

 

Marcel : Ei, ei calma crianças! - disse, parando o carro no sinal vermelho e olhando para trás.-  Por favor não chorem, eu tenho uma surpresa para vocês.-E no mesmo momentos os três engoliram o choro, e ficaram com um bico no rosto.

 

 Stanislaw: Que surpresa ??- disse com os olhos brilhando , assim como os irmãos

 

 

Marcel:Vão ter que esperar chegar em casa, mas eu promete que vocês não iriam se arrepender de esperar- disse sorrindo para eles, e voltando a dirigir

 

             ~

Mal havia acionado o freio, e as crianças já desceram correndo do carro, para ver qual era a surpresa, apertavam o botão do elevador a cada 5 segundos, para ver se ele vinha mais rápido, mas todos sabem que isto não funciona.

 

Marcel: Calma crianças - disse acompanhando eles para dentro do mesmo, apertando o seu andar.

 

Assim que abriu a porta, elas correram cada uma para um canto para procurar o que era, Marcel achou estranho Stevan não estar na sala ou na copa, foi até o andar de cima do apartamento, aonde ficavam os quartos, enquanto ouvia as crianças correndo de um lado para o outro falando "Nada aqui", "Aqui também não". Entrou no quarto, e se desesperou quando não viu ninguém, e havia uma garrafa de vodka quebrada, entrou correndo na suíte quando ouviu um pequeno urro vindo de lá.

 

Marcel: MAS QUE MERDA CARA!! - disse chocado com a cena que viu.

 

   FIM DO CAPÍTULO 


Notas Finais


E ai, o que acharam ??

Dêem tuas opiniões aqui em baixo, e até o próximo capítulo ! :D

~Ariel


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...