História When you see me - Capítulo 7


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Bangtanboys, Bts, Jimin, Namjin, Vkook, Yoongi, Yoonmin
Visualizações 32
Palavras 1.913
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Festa, Hentai, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo, Yaoi
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Amores desculpem o sumiço, eu tive que reescrever uma parte do capítulo e estava meio ocupada.
Mas ta aqui, perdoem qualquer erro e aproveitem.

Capítulo 7 - Fugindo


Park Jimin era um garoto muito intenso, em muitos aspectos, se ele tivesse que se dedicar à algo ele o faria ao máximo, se fosse para ajudar alguém não media esforços e quando o assunto era seus sentimentos isso não mudava. Foi por isso que não conseguiu dormir bem quando chegou em casa, apesar de estar muito cansado, sua mente não parava de trabalhar e o arrependimento vinha toda hora. 

  Por isso acordou tarde e só deu tempo de arrumar algumas coisas e ir ao trabalho. Não ficava muito longe de casa era uma livraria que também era café. Jimin mal acreditava que tinha conseguido aquele estágio, ele amava ler então era o trabalho perfeito e ele agradeceu por não ser tão movimentada nas segundas. Assim que chegou a primeira coisa que fez foi pegar um café, ele precisava se manter acordado, até porque a parte da tarde sempre demorava mais a passar.

  -Você está bem Jimin? Parece muito cansado.

  Um de seus colegas perguntou, ele era um garoto simpático, que veio dos EUA para a Coréia à alguns anos.

-Estou sim Mike, final de semana agitado só isso.

-Por isso veio trabalhar de tarde? 

-Sim, precisava descansar mais.

-Entendo. Fico feliz que veio, desde que troquei o horário quase não nos falamos.

-Verdade, faz um tempo já. - Jimin estava tentando ser o mais educado possível mas tudo que queria era ficar quieto. 

-Espera, mas você não estuda de tarde? 

-Sim mas hoje faltei.

  Assim que Jimin viu um cliente entrar ele correu para atender e poder fugir do assunto escola, que iria o fazer lembrar de outras coisas. A loja tinha um total de 6 funcionários e eles se revezavam, enquanto 2 ficavam no café 4 ficavam atendendo na parte da livraria. 

 A tarde passou de arrastando e Jimin torcia para dar logo seis horas e ele poder ir pra casa tentar dormir. Passava das cinco da tarde e Jimin estava no café junto com Mike, ele tentava conversar o mínimo possível, não estava de bom humor e não queria ser grosso. Na hora que um cliente entrou Mike disse que iria verificar o estoque, a princípio Jimin concordou mas ao ver o cliente que tinha entrado ele segurou Mike pelo braço.

-Deixa que eu vou.

-Mas você odeia fazer isso.

-Só me deixa ir e atende esse cliente por favor. - Ele tinha um leve tom de desespero na voz e Mike acabou concordando.

   Jimin quase correu pra porta do estoque e respirou fundo várias vezes. 

  "O universo só pode estar de palhaçada com minha cara. Eu vim pra cá para poder evitar Yoongi, e ele aparece aqui."

  Ele segurava os cabelos e passava a mão no rosto, ainda sem acreditar em seu azar. Decidiu se concentrar em sua tarefa e enrolou o máximo possível, não sabia quanto tempo Yoongi demoraria lá, preferia evitar um encontro indesejado. 

  Se passaram uns quinze minutos e quando saiu respirou aliviado por não ver o garoto ali. Seu colega o olhava curioso mas não perguntou nada, finalmente havia dado seis horas e Jimin estava saindo da livraria. 

  Resolveu pegar o caminho mais longo, andava olhando para o chão e escutando música, ao olhar pra frente quase esbarrou em alguém e levou um grande susto. Min Yoongi o encarava fixamente, Jimin rapidamente desviou o olhar e começou a andar mais depressa, se afastando dali o quanto antes. 

"Agora é oficial, o universo está mesmo me zoando"

***

  Algumas horas antes. 

  Yoongi estava em casa e o tédio já começava a aparecer. Ele decidiu ir a uma livraria, adorava o café de lá e ja fazia tempo que não ia. Trocou de roupa, pegou seu celular e saiu de casa. 

  Quando entrou na livraria, viu os dois atendentes do café conversando e podia jurar que conhecia um deles mas o garoto rapidamente sumiu. Ele fez seu pedido e resolveu tomar o café lá mesmo para ver se via o menino outra vez, já haviam se passado dez minutos e sua paciência estava quase no fim. Decidiu que poderia voltar lá outro dia e foi embora. 

  Chegando em casa percebeu que tinha esquecido as chaves e voltou para ver se estavam na livraria. No meio do caminho reparou em um rapaz que vinha na direção contrária, parecia distraído e quase esbarrou em nele ao passar. 

  Yoongi ficou encarando o garoto e para sua surpresa era o mesmo do café, mas o que mais o surpreendeu foi o fato de ser o mesmo garoto que havia o beijado na festa. Quando pensou em falar algo o menino praticamente saiu correndo e ai ele confirmou, aquele garoto devia estar de fato fugindo dele e agora ele queria descobrir o porque.

 ***

Na terça-feira Jimin se sentia um pouco melhor, chegara tão cansado no dia anterior que ignorou os pensamentos em sua mente e rapidamente dormiu. Tinha voltado do trabalho e estava se arrumando para a escola, vestiu um casaco com capuz preto e colocou um boné também preto, abaixou o máximo que pode cobrindo seu rosto, quem o visse na rua iria achar que ele era um assaltante, mas seu objetivo era não ser reconhecido. 

  Quando chegou na sala e foi falar com Jungkook o garoto levou um susto ao olhar para o amigo. 

- Caramba Jimin, que banco você vai assaltar?

-Nenhum. Eu to é me escondendo e a julgar pelo seu susto está funcionando.

-Tenha certeza disso. - o garoto riu um pouco se recuperando do susto. - E ta se escondendo de quem? 

-De quem você acha? Min Yoongi é claro. Você não acredita no azar que eu tive ontem.

  Jimin contou a história para Jungkook, que tinha uma expressão de surpresa no rosto, mas depois de ouvir tudo ele pensou um pouco. 

-Mas foi só um beijo, você não está fazendo alarde demais?

-Talvez sim, mas se não fosse alguém do colégio ou se fosse pelo menos alguém que eu conheça, era só conversar e deixar pra lá e se ele se lembrar e quiser falar comigo? Eu não to afim de olhar pra cara dele, todo o interesse que eu tinha ta se transformando em nojo ao pensar que ele pode ser um cafajeste barato.

-Você que sabe, mas sabe também que não pode fugir pra sempre.

-Só mais uns dias já serve.

   O resto das aulas foram a mesma coisa de sempre e Jimin estava entediado, querendo ir para casa. No intervalo ele insistiu para que seus amigos ficassem em um lugar mais afastado do resto dos estudantes. Viu de longe Yoongi algumas vezes, mas seu disfarce parecia estar funcionando bem já que o garoto nem notara sua presença. 

  Foi pra casa aliviado, pelo menos hoje tinha dado tudo certo e torcia para o resto da semana ser assim. Achava que depois desse tempo, Yoongi deixaria os acontecimentos da festa de lado, caso se lembrasse. 

***

  Yoongi acordou decidido a voltar na livraria e falar com o garoto, como tinha o visto lá de tarde, iria faltar a aula, só não foi na terça porque tinha um teste e não podia faltar.

  Ele nunca tinha passado por uma situação dessa e aquilo despertou sua curiosidade. No caminho até a livraria seu celular não parava de tocar, anunciando as mensagens que chegavam, ele ignorou, ja estava de saco cheio daquela garota que não saia do seu pé e com certeza queria saber onde ele estava.

  Quando chegou lá não conseguia encontrar o garoto, resolveu pedir um café e esperar um pouco, mas depois de um tempo nada.

  Yoongi chamou um atendente e descreveu o rapaz perguntando se ele trabalhava mesmo ali, ele disse que sim mas que na parte da manhã, Yoongi agradeceu e foi para casa, pelo menos agora tinha certeza de que conseguiria encontrar ele no dia seguinte.

Jimin estava tão nervoso na terça que nem reparou no comportamento de seus amigos, mas na quarta durante o intervalo ele não tinha visto Yoongi e isso o acalmou um pouco. Foi ai que ele percebeu algumas coisas diferentes acontecendo. 

  Namjoom e Seokjin estavam bem mais próximos, se encaravam frequentemente, rindo demais das piadas que faziam e hora ou outra tentavam disfarçar e segurar a mão um do outro. Jimin deixou um sorriso escapar enquanto observava os dois amigos, ficava feliz por estarem se entendendo e isso o deixava com um pouquinho de inveja. 

  Reparou também que Taehyung passava mais tempo com eles, principalmente conversando com Jungkook, no geral ele apenas cumprimentava os garotos, tinham uma conversa breve e se afastava. Não pode deixar de notar o clima entre ele e Jungkook e ao julgar pelas risadinhas que Hoseok dava ao olhar para os dois, constatou que ele também tinha percebido. 

  Quando estava no caminho para a última aula resolveu tocar no assunto com Jungkook. 

-Então... Não tem nada de interessante para me contar?

-Acho que não.

-Tem certeza? - Ele encarava o mais novo que andava olhando para frente. - Algo sobre Taehyung talvez. 

  Ele percebeu o rosto de Jungkook passar do tom claro de sempre para um leve avermelhado e tentou esconder uma risada que queria escapar. 

-Er... Quem te contou?

-Ninguém me contou nada, mas parece que tem algo pra contar né? 

-Bom... Talvez. - Ele estava claramente nervoso e envergonhado.

-Se não quiser falar tudo bem, só fiquei curioso. 

-Eu quero, na verdade to quase surtando pra conversar sobre isso com alguém. 

  Jimin apenas sorriu assentiu para que continuasse. 

-A gente ficou na festa.

-Eu sabia! 

-Por que não disse nada? 

-Não quis ser intrometido. - Deu de ombros e continuou escutando. 

-Mas foi só isso, a gente se aproximou é claro e tem claramente um clima rolando, mas ele não dá indício de querer algo mais. 

-E você ta inseguro sobre perguntar? 

-Sim. - Ele brincava com os próprios dedos sem encarar Jimin. - Não é como se ele tivesse alguma obrigação, foram só uns beijos, mas ele nem comentou nada sobre.

-Olha Kook, não sei se você gosta dele ou algo do tipo, mas se for o caso espere um pouco, talvez ele também esteja processando o que aconteceu. É só dar tempo ao tempo, tenho certeza de que tudo vai se acertar. 

  Ele colocou a mão no ombro de Jungkook e apertou levemente o local abrindo um sorriso que esperava ser confortador. O garoto olhou para ele e também sorriu. 

-Talvez você tenha razão hyung, obrigada. 

***

  Jimin corria pelo quarto pegando tudo o que precisava, tinha acordado tarde e chegaria atrasado no trabalho, sentiu falta de sua mãe, ela não o deixaria perder a hora, mas estava viajando e só voltaria daqui a duas semanas. Ficou até tarde terminando um trabalho e quando foi dormir já passava das três da madrugada. 

  Chegou na livraria correndo, com o rosto inchado devido ao sono e os cabelos meio bagunçados, tinha certeza de que devia estar com uma péssima aparência, mas pelo menos só foram vinte minutos de atraso. 

  Tomou um grande café e ficou esperando os clientes chegarem, todos os funcionários estavam ocupados e um deles pediu pra Jimin terminar de atender um cliente porque tinha que ficar no café. 

  Ele foi até o local indicado procurando pelo cliente que estava usando um boné e uma blusa preta. O viu de costas perto da sessão de quadrinhos e se aproximou. 

-Olá, em que posso ajudar? 

  O garoto se virou e ficou encarando Jimin por alguns segundos, este tinha uma expressão de surpresa no rosto. 

-Poderia começar me dizendo seu nome e não fugindo dessa vez. - Ele se curvou um pouco e continuou.- Eu sou Min Yoongi, muito prazer.


Notas Finais


Parece que agora as coisas vão ficar interessantes ein! O que será que Jimin vai fazer?
E esses casais se formando também...
Espero que estejam gostando e muito obrigada pelos favoritos.
Comentários sempre são bem-vindos e qualquer coisa e só me chamar no twitter @sereyablue.
Beijinhos!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...