História Where Is The Love? - Capítulo 40


Escrita por: ~

Postado
Categorias Justin Bieber, Lily Collins
Personagens Justin Bieber, Lily Collins, Personagens Originais
Tags Justin Bieber, Lily Collins
Visualizações 100
Palavras 842
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Luta, Romance e Novela, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Estupro, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oiiie Docinhos!!!

Oq ? Dois caps em um dia só ? OMG ME ADOREM MENOS HAHAHAHAHAHA!

Cap extra pra vcxxxx! Espero q gostem ^^

xx

Capítulo 40 - Eu e Justin.


 

Eu estou tão louca para pegar logo esse cara que eu simplesmente desliguei o celular, dei um pulo de olimpíada para descer da cama, tomei o banho mais rápido da minha vida, coloquei uma calça jeans e um moletom muito grande cinza, arrumei meu cabelo em um rabo de cavalo, coloquei uma bota e escovei os dentes. Sai que nem louca com o carro, cheguei no Bieber em volta de 10 minutos. Quando eu cheguei a casa estava toda escura eu estranhei, como eles estavam pesquisando algo se estava tudo escuro ? Passei pelo portão e os seguranças nem questionaram, sabem que eu ´´ já sou de casa ´´. Assim que eu entrei na sala ela estava vazia e com as luzes apagadas. 

- Meninos ? - falei alto.

- Gente, estão acordados ? - falei subindo as escadas, ouvi um barulho de porta se abrindo revelando um Justin com os olhos vermelhos e cambaleando pelo corredor, ele nem se aproximou e já pude ver que estava bêbado, resumindo, não tem porra nenhuma de pista de quem é o cara do bilhete.

- Meu amor você veio! - falou o Justin todo atrapalhado por causa da bebida. Revirei os olhos.

- Olha Justin, você me acordou às 5 da manhã, eu vim que nem uma doida pra cá só pra te ver bêbado ? Vai se ferrar! - falei descendo as escadas e indo em direção a escada.

- Não! Espera por favor. Eu preciso falar com você. - me virei para encarar ele. - la no meu quarto. - completou o idiota que eu infelizmente amo. Revirei e subi as escadas andando em direção ao quarto sendo seguida pelo sem noção. Entramos no quarto e ele logo foi trancando a porta. 

- Justin, eu não vou conversar com você sem um banho antes. - falei me referindo a ele estar bêbado.

- Deixa o sexo pra depois gata, agora eu preciso falar com você, algo serio. - ele falou se sentando na cama. Sabia que ele iria maliciar. Revirei os olhos e me sentei no sofá que tinha ali. Ele me encarava de uma forma intimidadora, mais é claro que eu mantive a postura de ´´ durona´´

- Fala logo Bieber, eu estou morta de sono. 

- Bom...eu liguei pra minha mãe, falei que eu queria conversar com ela, queria dar uma chance para ela, e ela vai vir aqui amanhã. - ele falou simples.

- Justin Drew Bieber, você me acordou as 5 DA MANHÃ, pra me dizer isso ? Não podia ter dito amanhã ? 

- No caso hoje. - ele falou muito brisado.

- Foda-se, hoje, amanhã, MENOS AS 5 DA MANHÃ! Caralho, to morta de sono. Que foi, a erva tava estragada ? - falei bufando de raiva, odeio que me acordem.

- Desculpa Mia, desculpa! Por favor não fica brava comigo. - ele falou com uma voz chorosa. Ele não vai chorar, vai ? 

- Eu não consegui aguentar, eu precisava te ver, desculpa! - ele falou com o olho lacrimejando. Meu Deus ele vai chorar, alguém me da um celular para eu filmar essa cena épica.

- Justin, você ta bêbado, vai tomar um banho, eu vou fazer um café bem forte pra você.

- Só tomo banho se você tomar junto. - falou ele manhoso, diria ate fofo.

- Nem a pau, olha o frio que ta, esta louco. 

- Se ta frio, como você quer que eu tome banho ? - ele falou inocente com uma carinha de bebê.

- Você bebeu, você fumou, você esta bêbado, você esta chapado, você tem que se ferrar. Não eu. - falei saindo do quarto, ouvi ele dizer alguns palavrões e logo depois o barulho do chuveiro.

   Fiz um café bem forte, peguei também uma caixa de bombom que tinha ali, ele precisa comer doce. Subi para o quarto, Justin estava todo enrolado na coberta e o ar estava ligado, o quarto estava um gelo. 

- Menino ta louco ? Quer morrer de hipotermia ? - falei desligando o ar.

- Mais eu gosto do ar ligado, gosto do barulhinho que ele faz. - ele falou parecendo uma criança, quem vê, nem parece o maior mafioso do Canadá. 

- Justin, cala boca. Pega, toma isso. - falei entregando o café pra ele, ele tomou um golinho e logo largou ele. Pegou um chocolate e ficou comendo em silêncio, fiz o mesmo. Quando eu olhei pela janela já estava ficando claro e eu nem dormi direito.

- Justin, eu tenho que ir pra casa. - falei me levantando. 

- Não, por favor fica comigo. Eu não gosto de dormir sozinho. 

- Você sempre dormiu sozinho idiota. - falei obvia.

- Mais eu quero dormir com você! 

- Justin, amanhã, depois que você conversar com sua mãe, nós conversamos. - falei saindo do quarto o mais rápido possível. Segui caminho pra casa a todo momento as malditas lágrimas rolavam pelo meu rosto. A conversa que teremos amanhã, sera algo muito importante para nós... quer dizer... eu e Justin!


Notas Finais


Não ta tão legal, mais da pro gasto hihihi
Comentem, favorite e me sigam no instagram. Eu esqueci de passar pra vcs antes. Infelizmente eu uso pelo computador então n tem como eu falar com vcs, mais me sigam q eu sigo de volta ^^

Link do insta :
https://www.instagram.com/


XX


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...