História Why you NamJoon? - Capítulo 18


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Amor, Bangtan Boys, Bts, Drama, Imagine, K-pop, Namjoon, Romance
Visualizações 71
Palavras 2.285
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Bishoujo, Bishounen, Colegial, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Ecchi, Escolar, Esporte, Famí­lia, Festa, Harem, Lírica, Romance e Novela, Seinen, Shoujo (Romântico), Suspense, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Spoilers, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Lembrem-se que é uma fic pra mais de 18. Se não dá conta melhor não lê esse CP!
ALERTA, DESTRUIDOR DE INOCÊNCIA !
BOA LEITURA!

Capítulo 18 - Doce pecado!


Fanfic / Fanfiction Why you NamJoon? - Capítulo 18 - Doce pecado!

Beijar os lábios provocantes e carnudos de Nam, já era um desejo que apenas eu e meu diário mentíamos em forma de segredo. 

Poder estar realizando essa vontade é como sonho ao mesmo tempo que tenho total consciência de que é um erro. 

Mas nessas circunstâncias quem liga? Eu quero mais é me perder nos braços do homem que amo. Sempre fui alguém que sacrificava tudo por quem amo e buscava de toda forma fazer o certo ou melhor o que eu entendia pelo certo...

 Pelo menos uma vez quero fazer o que não deveria e se isso for um erro eu devo aprender com ele...em outras palavras o meu erro está me ensinando...literalmente! 

-Pensa menos e beija mais!

 Foi o que ele disse, sorrindo. 

-Qual é a pressa nesta altura do campeonato?

 Eu perguntei de maneira irônica.

 -Ainda pergunta? 

Ele arqueou uma de suas sobrancelhas.

 -Seu ‘oppa’ pode dar de cara com uma cena, não tão agradável...para ele. 

Nam tem um sorriso malicioso... Para ser sincera eu considero dos sete membros, NamJoon o mais safado. Não quer charmes

ue seja mulherengo, mas ele é o que tem a mente menos inocente.

 Posso sentir pela forma em que suas mãos deslizam no meu corpo. Ele é pura tentação! 

-Do jeito que dizes parece que iremos muito além do que esses beijos. 

-O que você acha? Isso foi uma proposta?

 -Você quer?

 -Não é assim Julieta! VOCÊ QUER?

 Ele dá ênfase nas palavras. 

-E...eu sou virgem.

Minha voz quase não sai de vergonha. 

Agora por que sinto vergonha? 

Talvez por não ter a experiencia que ‘ela’ tem. 

-Está ficando corada. 

Wae? -Tueso! (Esqueça) 

-Isso é um não?

 -Que interesse teria você em uma garota inexperiente? 

- OH? 

Ele solta uma leve feição de surpresa enquanto segura o riso.

 -Julieta...além do meu amor por você ser correspondido, outra coisa que me deixa muito feliz é saber que terei a honra de ser o seu primeiro.

 Ele desliza o polegar em meus lábios. 

-Mas...mas eu não sei de nada!

 -Não precisa, eu te ensino! 

Ele susurra no meu ouvido e sem demora começa a provocar-me com beijinhos no pescoço.

 -Antes que a gente comece você está mais do que ciente que fazemos algo errado, não é?

 -Ye. Você vai querer parar por ser ‘errado’? 

Ele diz errado fazendo aspas com as mãos.

 -Como assim ‘errado’? 

Me referi as aspas. 

-Julieta o que definimos na nossa vida como o certo ou errado somos nós mesmos!

 Ele me diz com um leve sorriso. 

-Eu não aguento mais resistir aos teus charmes!

 Eu sussurrei próximo aos seus lábios. 

-Nem eu aos seus encantos! Então nos deixamos levar...pelo provocante momento...e pela pressa. 

Enquanto me beijava, ele me carregou até a outra ponta da cama, colocando minha cabeça sobre o travesseiro.

 Em seguida tomei a liberdade de ir tirando sua camisa. Eu podia sentir por seus batimentos acelerados que seu corpo ansiava pelo meu. 

-Você gosta muito dessas roupas?

 -Wae?

 -Porque acho que você não vai poder mais usar elas! 

Ele sorriu malicioso e rasgou a minha blusa, e beijava meus seios.

 Eu realmente não preciso dessas roupas...mas

 -Eu gostava dessa blusa Nam!

 -Eu te dou uma melhor!

 Ele dizia isso já tratando de tirar minha calsa. 

-Eu realmente não sou bom com roupas. 

Ele conseguiu quebrar o zíper.

-Percebo! 

Eu disse sorrindo. 

-Mas eu sou ótima!

 Continuei. 

Direcionei o olhar para suas pernas ele acompanhou com os olhos.

-Omo! Quando que você... 

Ele me diz com um sorrisinho.

 Eu abri o zíper sem que ele percebesse. 

-Você é demais! Para quem disse que não tinha experiencia você manda bem! 

-Mas ainda nem começamos! 

Eu o encarei mordendo os lábios. -Não seja por isso!

 Ele logo entre beijos e amassos, tira meu sutiã. Enquanto eu tratei de tirar sua calça. 

Logo a vez da calcinha...da cueca... 

Então estamos os dois nus debaixo do lençol. 

-Você quer tentar fazer um carinho? 

Ele pergunta. 

Acho que está se referindo... 

...

-Isso é estranho! 

Fiz uma careta. 

-Vamos...logo você pega o jeito. É muito gostoso! 

-Só para você!

 -É aí que você se engana! 

Ele dá uma piscadinha.  

-Jinjja? Não custa tentar! 

Eu estou mesmo disposta a tudo! Pov’s NamJoon 

  Ela parecia não gostar muito da sugestão que dei, porém ela não hesitou em fazer...eu posso sentir ela soprar sobre minha barriga enquanto desce os beijos em direção ao meu... 

-Aaaaaaaaah! 

Não consegui deixar escapar um leve gemido. 

Ela é mesmo iniciante? 

Estou lidando com alguma Anastácia? 

-Nossa como você manda bem!

 Eu disse com uma leve dificuldade...eu quero poder gemer mais...aproveitar este prazer e dar o dobro a ela. 

Ela é tão provocante que consegue me seduzir com seus olhos enquanto ela faz... 

-Uau! 

-O que achou?

 Ela me perguntou. 

-Você foi incrível! 

Eu digo impressionado. 

Ela sorriu. 

-Minha vez! 

Eu a coloquei no colo, com uma de minhas mãos segurei seu cabelo e com a outra apertava suas costas, beijei sua boca ...pescoço ... seios ... barriga... 

-Você vai fazer mim? 

Ela parece meio nervosa com isso. Será timidez? 

-Você não quer?

 Eu não a forçaria fazer nada. 

-Não é isso...como eu disse, é estranho! 

-Quer mesmo sentir se é?

 Perguntei com a intenção de provoca-la. 

Ela sorriu. 

-Então mostre-me do que você é capaz! 

Ela me desafiou! 

Eu a deitei na cama e fiquei entre suas pernas. 

-Se gostar geme para mim te ouvir! 

Eu deslizei minha língua em meus lábios ao mesmo tempo que amassava suas coxas. Ela respirava bem fundo e mordia levemente os lábios...

Quanta tesão! ... 

-OOoohh...NaaaAM! 

Eu sei fuder gostoso! 

... 

-Vou meter com carinho...assim não vai doer, está bom? 

-Vá em frente!

 Ela disse já um pouco ofegante. Eu fui metendo devagarinho...

 ...

 ... 

E quando antes pensei que deveríamos ser rápidos, estamos aqui fazendo amor sem nem um pouco de pressa. Havíamos perdido a noção do tempo e agradecemos, que os meninos também perderam. Estávamos deitados com respiração ofegante, suados e com um largo sorriso. 

Tem diferença quando fazemos com alguém que possuímos sentimentos profundos.   

Pov’s Julieta 

Mesmo estando aqui com Nam, ainda me parece um sonho bom demais para ser realidade...parece que quando eu ouvir o som do despertador irei levantar da cama assustada com o barulho e ele não estará aqui do meu lado. 

Pode parecer atitude de adolescente, mas eu o amo mais ainda, agora. Todavia o medo de despencar com a cara no chão é grande! ...

 -Nam... 

-Ne? 

-O que você vai fazer com relação a nós dois? 

 -Como assim?

 -Como vai ficar sua relação com a SeoYoon unnie? 

-Vou fazer o que devia ter feito há muito tempo. Irei terminar com ela! 

-Mesmo assim para assumirmos teremos que ir com calma, não é? 

-Isso mesmo, mas não implica dizer que não podemos ficar juntos...ás escondidas.

 -Isso parece coisa de criança! Eu ri disso. 

-Kure! (Concordo!) 

Ele sorriu e nos mantivemos abraçados, envoltos dos lençóis.

 ...

 ... 

... 

-Acho que já abusamos demais do tempo, vamos, precisamos tomar banho! 

Eu disse já me levantando da cama. 

-Aniiiiii, se formos para o banheiro eu não vou conseguir me concentrar apenas no banho! 

Ele exclamou de forma tola. 

-Babo! Se Jin oppa nos flagrar ele te mata! 

Eu disse rindo enquanto me cobria em uma toalha. 

-Kure! Então vai primeiro eu em seguida irei, mas não demora! 

-Anya. Melhor você ir primeiro enquanto eu arrumo essa bagunça...como eu estou neste quarto não tem problema nenhum eu demorar no banho, desde que não seja vista com você! 

-Não quer que eu arrume para você? 

-Não! Vai que você quebra alguma coisa, Nam oppa!

 -Aigo! 

Ele ri soprado e sai da cama. Joguei uma toalha para ele. 

-Pali, pali oppa! Disse apressando ele.

 Nossa que bunda linda... 

Fiquei admirando a vista daquele belo corpo esculpido, que ele fazia questão de exibir, já que a toalha que lhe dei ele levava na mão enquanto seu corpo nu, deixava à mostra.  Ele de fato é o tio dos pornôs e eu a tia pervertida. Aish...vergonha até de escrever essa cena no diário. Mesmo assim não deixa de ser uma combinação perfeita...foi a minha primeira vez, embora tenha doído um pouco eu me sinto tão satisfeita. 

Deve ser porque fiz com alguém que amo?! 

...

...

 Ele tomou banho, se vestiu, a gente se despediu com um beijo e ele foi para o quaro dele. A gente teria que manter segredo o que aconteceu hoje. Uma atitude como essa é mal vista numa sociedade em que parte ainda são machistas. Moralmente também não é bom...de todo modo foi traição...sem falar na reputação dele... Aigo Julieta, você está pensando demais! 

Tomei meu banho depois que dei uma arrumada no quarto, se meu irmão visse algum tipo de bagunça suspeita ele com certeza iria questionar.

 Temos só amanhã para nos divertirmos, após isso eles vão para outro lugar e eu voltarei.

 (Celular toca) 

Jin oppa? 

-Yoboseyo oppa? 

-Juh, chegamos, passa aqui no quarto com a gente!?

 -Tudo bem, estou indo! 

-Kkeuno! (Tchau/Vou desligar) (Fim da ligação)

 O que ele quer? Não perdi tempo, fui logo.

 ... 

Bati na porta.

-Entra! 

Jungkook diz. 

-Jogyo! (Licença!) 

-Como você não saiu, presumimos que estaria com fome, então compramos algumas coisas para comermos juntos. 

Jin oppa disse. 

Havia quase um banquete só de guloseimas na cama. 

-Aigo! Quem vocês querem deixar obesos?  

Eu franzi o cenho e eles riram. 

-Vamos, depois todos teremos que queimar calorias ensaiando! 

Suga oppa, já estava abrindo um bocão empurrado para dentro um delicioso pedaço de bolo. 

Eu estou faminta!

 -Eu vou chamar o resto do pessoal no outro quarto, temos bastante comida!

 Jimin larga o celular, se levanta da cadeira e vai indo. 

Meu coração começou a bater forte, eu estou definitivamente fazendo uma difícil prova de teatro. Onde terei que lutar com o nervosismo enquanto finjo que está tudo ‘normal’ comigo e com o Nam...fico pensando como ele vai se comportar... 

... 

-Você parece meio ansiosa Juh... 

-Oppa? 

Dei um pulinho na cadeira. 

-Te assustei? 

Ele sai de trás de mim.

 -Ani! Ele senta ao meu lado. 

-O que você andou fazendo enquanto estivemos fora? 

-A...apena dormindo, só isso! Por que?

 -Apenas curiosidade mesmo! O que acha de sairmos todos juntos para o parque de diversões? 

-Jinjja? 

-Ye!

 -Seria perfeito...até porque depois de amanhã já estarei deixando vocês!

 -Yaaa...nem me lembre! Nem sei quando nos veremos novamente! 

Ele me deu um abraço.

 -Ah já estou sentindo a saudade! 

Ele disse em um tom de tolice. 

-Aigo oppa! 

-Se olharmos de outro ângulo, vocês se parecem um casal! 

Hoseok já vem rindo. 

-Kure! Jin hyung parece aqueles namorados pegajosos! 

Taehyung diz se abraçando. 

-Chega a ser obsessivo!

 -Seu tarado!

Os meninos tornaram a implicar com o mais velho.

 Eu apenas conseguia rir. 

-Aniiiiiiii!

 Jin oppa dizia. 

Me levantei para pegar algum dos doces sobre a cama.

 -Vocês só estão com inveja...que por ele ser irmão, tem a liberdade de fazer isso! 

-Obrigado por me defender NamJoon! 

Parece que Jin ganhou um aliado. Nam...

 -Isso não me inclui já que posso fazer... Eu sinto alguém me abraçar por trás. Olho para ver quem é... 

-YoonGi oppa? 

Que inesperado! 

-Oi, eu sou YoonGi e gosto de abraços quentinhos! 

Ele diz disso de uma forma tão fofa que deu vontade de apertar suas bochechas.

 Mas ao invés disso eu retribui o abraço. 

-AAAAAAAAH! 

Eu ouvi os outros meninos reclamarem.

 -Viram? É assim que se flerta com sucesso!

 Ele diz com estilo.

 O que Suga gosta mesmo é de treta.

 -Se Suga ganhou eu ganho! 

Hobi oppa parecia determinado! 

-Mas só depois que EU abraçar! 

Taehyung se manifesta.

 -Você quis dizer depois de mim! 

Jungkook diz.

 -Parem já com isso. Ela só quer o meu abraço! 

Jimin diz. 

-Como sou o líder o meu abraço vai representar o de todos! 

-Não NamJoon, você vai quebrar minha irmã! Deixa que eu abraço por todos vocês. 

Jin oppa já estende os braços. 

-Caí fora, você já foi! 

-E você também suga! 

-Agora é o seguinte, quem abraçar a Juh primeiro é o ganhador! 

Lá vai começar a invenção de jog...acho melhor ir correndo! 

Transformamos o hotel numa grande pista de corrida com obstáculos...enquanto tinham que competir entre si, ainda deviam manter o olho em mim pois eu fugindo do abraço deles, tornei o jogo ainda mais difícil. Estamos agindo como crianças, mesmo assim está tão divertido!

 ... 

-PD-nim? 

Acabei encontrando ‘minha salvação’. 

Tive uma ideia! 

-Julieta-ssi, está fugindo do quê? Ele pergunta ao me ver com a respiração ofegante e com as mãos no joelho. 

-Por causa dos...me...meninos! 

-Eles te fizeram algo? 

-Anya...é ap...apenas um jogo! 

-Que jogo? 

-Quem me abraçar primeiro é o cam...campeão!

 Eu já estava ouvindo os passos, eles estão se aproximando. Tenho que ser direta.

 -Sei que pode ser ousadia da minha parte, porém eu gostaria de ver a cara de surpresa dos meninos ao verem o diferente percurso do jogo, então gostaria de lhe pedir um favor!? 

Ele sorriu...digamos que já estava prevendo o que eu pediria.

 Estou pedindo demais e arriscando levar um NÃO bem grande. 

-Assim que eles ap... 

-Parece que eles estão chegando...eles vão te alcançar!

 Eu sou tão boa em esportes e pareço uma sedentária que mal consegue dobrar a esquina da casa andando.

 -Jebal, me a...

 Antes que eu pudesse completar a frase ele adiantou o favor. 

-É isso, não é? 

-Kamsahamnida! 

-Parece que além de um novo competidor, está declarado o vencedor!

Jimin se aproximava sorrindo...e de um por um, iam fazendo freadas bruscas com os pés para acabar não atropelando ninguém.

 Mais atrás Jin oppa vinha arrastando Suga, que provavelmente estava com muita preguiça, ops, indisposição para correr. 

Mesmo assim dentro de mim, já havia um vencedor...aquele que roubou meu coração...o mesmo em que neste momento troca olhares discretos comigo... 

Kim NamJoon!

 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...