História World of Vampires - Jikook! (HOT) - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jimin, Jungkook, Personagens Originais
Tags Baby, Bangtanboys, Bts, Daddy, Hobi, Jhope, Jikook, Jimin, Jimin!daddy, Jin, Jungkook, Jungkookdaddy!, Namjin, Namjoon, Shipper, Tae, Vhope
Visualizações 189
Palavras 1.145
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Ficção, Fluffy, Lemon, Romance e Novela, Sobrenatural, Suspense, Yaoi
Avisos: Adultério, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


BOA LEITURAA <3

Capítulo 5 - Need you


Fanfic / Fanfiction World of Vampires - Jikook! (HOT) - Capítulo 5 - Need you

◊  ◊  ◊

Jeon sai correndo dali, o rosto inocente e o cheiro doce de Jimin ainda estava em sua mente... Jeon estava virado em raiva e tristeza. Ele não poderia continuar sentindo aquilo por Jimin, pois eles são de espécies diferentes... e ainda inimigos. Mas isso não impedia Jeon de ter sentimentos por Jimin...

Como pensaria que Jimin gostaria de um ser como eu? Um vampiro... nada mais que um vampiro.

Mas, ele estava meio enganado... Jimin estava sentindo sentimentos por Jeon, mas o moreno não o deixou explicar.

Não voltarei mais...

Jeon iria tentar, conviveu 2 semanas ali preso... e por mais que fosse ruim, Jeon já achava bom demais ao ver Jimin todos os dias.

Essa era a única coisa que o deixava “bem”

.

.

.

Depois de minutos longos terem se passado, Jungkook chegou a mansão de seu líder, Lotto. Que fica entre a floresta, bem distante da cabana de onde estava. Ele o abrigaria em sua residência, se estivesse de bom humor.

- Senhor, consegui fugir... estou muito cansado, preciso dormir e sangue... muito sangue. – Jeon diz a frente de Lotto, que estava sentado em sua poltrona real.

- Me dê informações. – Lotto diz friamente.

Jeon não queria entregar os aliados por Jimin, pois se Jeon contasse a localização dos aliados Lotto iria mandar seus vampiros para mata-los, e Jeon não queria ver Jimin morto.

- N-não sei bem onde eu estava, eu fui apagado e acordei trancado em uma cela... consegui escapar por uma janela. Senhor. – Jeon inventa na hora, tremulo e nervoso.

- Imprestável, vocês são inúteis! Eles estão cada vez mais matando nossa espécie e vocês não se esforçam! – Lotto levanta da poltrona, pegando sua lança e batendo com toda raiva no chão, fazendo Jeon se encolher. – E você Jeon, vai pagar por isso. Você poderia ver onde estava logo quando conseguiu fugir...

- M-ma...

- Mas você foi burro Jungkook! – Lotto o interrompe. – Bob e Kristian, segurem Jungkook agora!

Lotto ordena os seus empregados para punir Jeon, a última coisa que ele queria era ser punido por Lotto. Pois muitas das vezes era mortal. Após os dois vampiros segurarem Jeon, Lotto pega o cabo de sua lança de ferro e arranca a camisa de Jungkook, deixando seu corpo exposto. Lotto começa a tortura-lo dando fortes batidas com o cabo de ferro da sua lança nas costas de Jeon, parecendo ficar cada vez pior a cada grito de Jungkook. Ele não podia se defender, não de Lotto, pois ele era o mais poderoso da espécie.

Lotto fazia isso por puro prazer, ele era ruim com todos. E por mais que ele fosse da mesma espécie que os outros, ele não se importava de maltrata-los.

- Isso é para aprendestes a ser um útil. – Lotto fala pausadamente dando seguidas batidas pelo corpo do moreno. – Estou cansado! Passei anos da minha vida preparando vocês para isso, mas vi que tudo que ensinei virou uma grande merda pra vocês! – Ele segue dando batidas em Jeon...

Momentos depois da tortura, Jeon cai... sua visão estava embaçada, quase preta. Ele não sentia seus ossos das costas por um momento... Ele estava inconsciente. Ele fica mole, não tinha forças, os dois vampiros que o seguravam soltam seu corpo no chão, ao ver que o moreno havia desmaiado.

Se passou pela sua cabeça nunca ter saído do cativeiro, se fosse para passar por isso. – Ele passou por isso apenas para não ver Jimin morto.

◊  ◊  ◊

 

- Jeon... que merda você fez?! Não deveria ter fugido... – Jimin tem uma leve impressão de uma visão, vendo Jeon sendo torturado por um ser anormal.

Jimin era um aliado especial, quando seu poder padrão se desfrutava do seu corpo, um outro poder surge por ele. No caso visões e sensações.

Jimin estava com uma sensação ruim por essa visão, ele sentia seu peito apertar mais e mais, e enquanto não tivesse Jungkook por perto, isso não iria parar. Ele volta seu pensamento ao beijo de Jungkook, isso era a única coisa que relevava sua angustia... Ele se senta, põe sua cabeça no joelho e volta seus pensamentos no moreno, e quando se dá conta, lágrimas surgiram no seu rosto.

- E-eu preciso ir atrás dele! – Jimin diz para si mesmo, em seguida levanta ao ouvir Tae o chamando.

.

.

.

V: Tá, agora que já está mais calmo me fale o que houve... fora ao que você me disse sobre seu novo poder.

JM: Não posso falar, você iria achar loucura!

V: Não Jimin, não suporto te ver assim... seja o que for, me fale... posso tentar ajudar!

JM: Não Tae, você não pode ajudar quanto a isso.

V: FALA LOGO! – Tae grita sem paciência.

Jimin não falaria a verdade para Tae, pois para o líder dos aliados, não é certo se envolver com vampiros...

JM: O vampiro da última cela, quase me atacou... mas eu consegui escapar e em seguida ele fugiu.

V: Muito estranho... por que ele não te matou?! – Tae olhou com cara de desentendido. – Isso não explica direito o por que de você estar chorando.

JM: D-depois conversamos, estou com dor de cabeça, vou ver se deito um pouco... – Jimin sai da Van e vai para dentro da cabana, entrando em seu quarto.

◊  ◊  ◊

Depois de horas desacordado, Jeon acorda com um barulho ensurdecedor. Ele estava jogado em um chão sujo, preso em um dos cativeiros de Lotto, mal conseguia fazer esforço para levantar. Seu corpo estava todo marcado por roxo em toda a parte de suas costas, mal conseguia se mover... Ele se deita no chão novamente por falta de forças, seu pensamento em Jimin, ele acaba gemendo seu nome.

- Jimin... – Jeon geme com a voz embargada.

- Jimin... ainda vou descobrir quem é esse inútil... igual a você. – Lotto surge na porta bem na hora em que Jeon chama por Jimin.

- Oh, tadinho... vejo que ainda não está recuperado né?! – Lotto se aproxima de Jungkook, dando uma risada demoníaca entre a fala, enquanto Jeon permanecia com seus olhos fechados.

- Acorde seu imprestável! – Lotto chuta o estomago de Jeon, o deixando sem ar.

Em seguida Lotto sai, já era noite... os lobos uivando na noite fria. Jeon estava com frio, deitado no chão, ferido e marcado... suas lágrimas poderiam encher um balde.

Mas com certeza, toda aquela dor seria mínima coisa perto da dor que Jungkook iria sentir se Jimin fosse morto por Lotto.

◊  ◊  ◊

Jimin deita sua cabeça no travesseiro, sua mão estava na merca feita por Jungkook e a sua angustia já tinha tomado conta do seu corpo. Seus pensamentos eram em Jeon, como ele estava ou se estava ferido. E pelos seus sentidos, Jimin sabia que Jeon não estava bem... Ele se aconchega mais em seu cobertor, tocando mais na ferida e voltando seus pensamentos no beijo.

Ele adormece...

 

 


Notas Finais


Avaliem o cap nos comentários :3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...