História Yes or no. - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Yes or No
Personagens Jimin, Jungkook
Tags Bts, Colegial, Jikook, Jimin, Jungkook, Namjin, Romace, Vhope
Visualizações 15
Palavras 1.148
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Crossover, Ficção, Romance e Novela
Avisos: Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oie pessoas ♡

Bom, essa será a minha primeira fic Jikook, e eu estou um pouco nervosa. Eu só gostaria de pedir uma coisinha; Por favor, dêem muito amor a essa fanfic.

Obs: Ela será meio que uma readaptação do filme Yes or No, mas com personagens diferentes, ( no caso os meninos ) a história em si, ( que será um pouco diferente dá do filme ) e as minhas ideias ( que substituirão/ completaram algumas/muitas partes da história. )

Bom, acho que os avisos já foram dados, então... Espero que gostem e aproveitem bastante a história ♡

~ Capa em produção, está é apenas uma provisória ~

Capítulo 1 - A troca de dormitórios.


Era mais uma manhã clara. Jimin estava ao telefone, conversando com sua mãe, Park Jihyo, enquanto caminhava pelo enorme campus da faculdade.

- Omma, eu já disse, não houve nenhum problema, sério - Tentava convencer a mais velha de que falava a verdade, mesmo a omitindo.

- Então porque você resolveu mudar de dormitório ? Pensei que você e Taehyung fossem amigos, o que aconteceu ? Vocês brigaram ?

- Não omma, Taehyung só está... com alguns problemas. - Dizia firme, mas na verdade estava com medo, a mais velha não poderia desconfiar do que dizia, se não sem dúvidas, reconheceria sua mentira.

- Hum... - Fez uma pausa, Jimin conhecendo sua mãe, estava a imaginando olhar para o nada pensativa, como sempre costumava fazer - Tem certeza de que não está me escondendo nada Park Jimin ?

- Não conseguiria esconder nada de você, é muito esperta, descobriria rapidamente - Falou enquanto caminhava dentro do prédio onde os dormitórios ficavam, procurando seu novo quarto - Então não se preocupe omma, está tudo b-

Antes que sua frase pudesse ser terminada, um porta-retratos vôo em sua direção, abaixou-se desviando do objeto. Logo depois uma silhueta famíliar apareceu em sua frente, se jogando no chão puxando o porta-retratos - com uma foto de Taehyung e mais outro garoto desconhecido por Park - para perto de si, logo depois.

- C-como assim ?! - Disse Taehyung com uma voz chorosa, falando ao telefone - Não! Você não pode me deixar! P-por favor! Eu te amo.

A voz do outro lado da linha pareceu não se importar com o garoto que derramava lágrimas  grossas e cheias de sofrimento. A voz parecia ter dito algo que deixou Taehyung irritado.

- Aé, então vai ser assim ?! - Perguntou com raiva - Vai se foder então, seu filho da puta! - E desligou. Só depois de alguns segundos Taehyung notou a presença do Park ali, e então o abraçando começou a chorar em seu ombro. Jimin retribuiu o abraço, mas não sem antes desligar a chamada com sua mãe.

Depois de algum tempo perdido consolando Taehyung de seu relacionamento acabado, Park retornou a chamada com sua mãe, pedindo desculpas por te-la deixado sem nenhuma explicação.

- Então omma, como eu dizia, não precisa se preocupar, está tudo bem - Dizia enquanto entrava em seu novo quarto - Acabei de chegar em meu novo quarto, ele não é tão diferente do antigo, mas mesmo assim é muito bonito - Sorriu satisfeito ao dar uma boa olhada ao redor do quarto.

Tudo bem querido, se você diz eu irei acreditar, mas não minta para mim, você sabe que eu odeio mentiras. Adeus querido, mil beijinhos, eu amo você.

- Obrigado por acreditar em mim omma, mil beijinhos para a senhora também, te amo. - E desligou. Park abriu sua mala e pegou algumas roupas confortáveis para vestir, deixando-as em cima de sua cama. Pegou uma toalha e foi até o banheiro se refrescar com um banho frio, levando consigo um marcador de texto azul. Chegando no cômodo, pegou seu marcador e se pôs a escrever um "Seja bem-vindo!" No vidro do espelho, e logo depois entrou no chuveiro.

Segundos depois de o garoto loiro se trancar no banheiro, outro menino moreno entrou no quarto carregando sua mochila. Este estava exausto, por ter feito uma longa e cansativa viajem. Só pensava em tomar um longo banho e depois descansar, mas foi surpreendido com barulhos vindos do cômodo, o chuveiro estava ligado. Se assustou, já que pensava que estava sozinho. Resolveu então esperar seu companheiro de quarto.

Depois de alguns longos minutos - tediosos para Jeon - o loiro saí do banheiro, com uma toalha amarrada em sua cintura e outra que usava para secar os cabelos. Jeon estava de costas quando ouviu o barulho da porta sendo aberta, então se virou lentamente com um lindo sorriso de canto nos lábios, para encarar o Park.

Assim que Park encarou o rosto sorridente de Jeon paralisou. Aquele sorriso meigo fez seu coração acelerar. Saiu de seus devaneios quando foi capaz de ouvir um grito do garoto, e logo depois se viu sendo abraçado pelo mesmo.

- E-ei! - O empurrou, fazendo-o cair fortemente no chão - O-o que pensa que está fazendo ?

- E-eu me assustei, você não ouviu aquele barulho assustador ? - Perguntou se encolhendo e abraçando seus joelhos.

- Barulho ? Que ba... ah! - Estalou os dedos, indo em direção ao seu celular em cima da cama - Foi só o meu celular, ele faz este som quando tenho uma nova mensagem.

- Ah! D-desculpe por abraça-lo - Escondeu o rosto com suas mãos, tentando inutilmente, se esconder do olhar de Jimin.

- Sem problemas - Assim que destravou o celular, correu os dedos em busca de seu aplicativo de mensagens, o encontrando e o abrindo logo depois.


           • Você tem uma nova mensagem •

Yoongi: Suga - Jimin, acabei de descobrir algo sobre o novato da faculdade e também seu novo colega de quarto, ele é gay.

 

Jimin desmanchou seu sorriso ao ler a última parte da mensagem, "ele é gay." Não é como se Jimin fosse homofobico, não ele não era, até porque Tae, um de seus melhores amigos, era gay, ele só não se sentia confortável perto deles. E foi justamente por isso que trocou de dormitório. Antes o dividia com Taehyung, mas decidiu mudar para não correr o risco de ter um Tae apaixonado por si, não queria estragar uma amizade de anos e muito menos machucar seu melhor amigo.

 

Depois de sua descoberta, Jimin pegou suas roupas e correu para o banheiro. Jungkook sem entender nada continuou sentado no chão. Depois que Park terminara de se vestir, correu para fora do quarto. Yoongi não poderia estar mentindo sobre aquilo, ele era considerado um hacker, que poderia descobrir qualquer coisa de qualquer pessoa, independente de quem for.

(...)

- Bom dia Sr. Hyuna - Se curvou, pegando a caneta que estava ao lado de alguns papéis em cima da mesa da Sr. Hyuna.

 

- B-bom dia Jimin - Disse meio assustada com a atitude do garoto - Mudará de dormitório novamente ?

 

- Sim.

- Mas por quê ?

- Bom, o novo estudante é... gay, e a senhora sabe, não consigo conviver com eles, não sou homofobico, só me sinto meio... incomodado.

- Olá Jimin.

- S-senhor Chul, olá.

- Mudará de dormitório outra vez ? - Disse, encarando o Park seriamente.

- Sim senhor.

- Não o deixarei fazer isso.

- Não tenho o direito de mudar ? - Encarou o mais velho.

- Claro que tem, mas já fez isso, e não deixarei o fazer novamente. Vamos lá Jimin, dê uma chance ao garoto, você nem o conhece ainda - Pôs uma mão no ombro do Park.

- Tudo bem - Suspirou - Vou tentar.


Notas Finais


Huh... eu sei, ele não ficou tão grande, mas é porque a próxima parte será ótima para o início do segundo capítulo.

Me desculpem qualquer erro e obrigada por lerem até o final, vejo vocês no próximo capítulo ? Mil beijinhos.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...