História Yu-Gi-Oh! Um Amor Milenar e a Volta de um Passado Esquecido - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias Yu-Gi-Oh!
Personagens Joey Wheeler (Katsuya Jonouchi), Personagens Originais, Rebecca Hawkins, Ryo Bakura, Seto Kaiba, Téa Gardner (Anzu Mazaki), Tristan Taylor (Hiroto Honda), Yami Yugi, Yugi Muto
Tags Yu-gi-oh!
Visualizações 18
Palavras 1.851
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Ecchi, Escolar, Famí­lia, Fantasia, Fluffy, Luta, Mistério, Romance e Novela, Saga, Shoujo (Romântico), Suspense, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Heterossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Ps: Na foto é a (Yami)Haruka e o Bakura

Boa leitura meus querridos.

Capítulo 5 - Confusões em um Simples Jogo!


Fanfic / Fanfiction Yu-Gi-Oh! Um Amor Milenar e a Volta de um Passado Esquecido - Capítulo 5 - Confusões em um Simples Jogo!

_______________________________________

< Haruka ON >

— Ei... O que é isso?! E quem é você? — Faço a segunda pergunta sem ânimo algum e percebo que fui prensada á parede.

Estou confusa... o Anel do Milênio parece que trouxe para algum beco qualquer sem saída... tinha que ser, mas ele também tem o Anel do Milênio, cada relíquia é duplicada? Interessante... então o poder é mais intenso.

— Você tem algo que me interesso em dobro.

— Então... você quer o MEU Anel do Milênio?

— Isso mesmo.

— Hahaha! Acha que sou tonta de entregar minha relíquia para um idiota? Tenho objetivos e ela me ajudará a cumpri-los. — Consigo me soltar das mãos dele. — Sinto muito mas não quero perder meu precioso tempo com alguém como você. — Saio andando.

— Podemos fazer um acordo. — Ele diz com um sorriso maléfico no rosto. — E você talvez... seria de grande ajuda se trabalhássemos juntos. — Haruka para no mesmo instante e se vira para ele.

— Um acordo? Isto está cada vez mais interessante. — Anda em passos finos e fica de frente dele. — E o que seria?

— Podíamos trabalhar juntos e termos o que queremos, sem complicações.

— Depende... temos o mesmo objetivo?

— Eu sei que também quer as relíquias.

— Para dominar o mundo... então... temos um acordo... Bakakura?

— Temos, Haruka, espera... o quê?!

— E por onde começamos?

— No museu, hoje á noite, teremos uma parte do Enigma.

— Uma parte? O que quer dizer?

— Você verá...

— Ótimo, já sei como ter uma relíquia... e isso não interessa para você. — Pisco um dos olhos e saio deixando um certo albino confuso para trás.

Porque acho que ele está tramando algo? Nah... deve ser impressão.

< TimeSkip! >

Já era de noite, todos estavam em suas respectivas casas descansando para o dia seguinte, ídem uma certa garota que todos nós conhecemos.

< No Enigma do Milênio(Yang) >

— Porque me sinto tão... vidente? Estou tendo muitas visões... isso não é meu comum.

Yang estava sentada, refletindo, até escutar algumas batidas na porta de seu "quarto", ela se dirige á porta e revela-se...

— Yuki mas que susto que você me deu! Isto só pode ser um sonho, ou uma visão, qualquer coisa!

— Eu não estou conseguindo descansar nem nada.

— Ok se você não conseguir descansar a culpa não é minha.

— Você estava muito assustada, o que aconteceu?

— Eu não sei, estou prevendo um mal pela frente... de uma dupla.

— Uma dupla? E você sabe quem são, Yang-chan?

— Não sei explicar, só sei que tem algo a ver com a Haruka, eu sabia que aquela garota traria consequências!

— Mas ela não fez nada até agora, acalme-se.

— Mas vai fazer, eu sinto isso.

— Não se preocupe, mesmo que ela faça algo de ruim, nós vamos impedir ela ou qualquer outro mal presente!

— Tem razão Yuki — A maior sorri.

— Aff, agora que me lembrei... tenho aula de educação física.

— E porque não está descansando, mocinha?

— Porque estou sem sono!

— Tudo bem... vou te perdoar desta vez, mas só desta vez mesmo.

— Está muito pensativa, sei que pensa em outras coisas além do que pode vir pela frente.

— Outras coisas como?

— Yami Yugi.

— N-Não pense coisas, baka! Ele pode ser até bonito... mas posso tratar ele como um irmão.

— Vocês nem sem conhecem direito!

— V-Você tem razão... -- Yang cora.

— Meh... Yugi é uma boa pessoa.

— Também acho.

— Mas resumindo tudo, vamos ficar de olho naqueles dois.

— Esse é o certo.

— Agora vou descansar, Oyasumi.

-- Oyasumi, Yuki.

< • • • >

Tudo se passou de forma recorrente, nada de demais aconteceu no entanto, na aula de educação física no ensino médio é sempre a mesma coisa, garotos observando as garotas ou o inverso, uniformes apertados, clichês que todos sabem e sempre vêem, mas isso fugiu do normal para o "pouco desastroso".

Na quadra, os gêneros eram separados, as garotas jogavam queimado enquanto os garotos jogavam futebol. No meio da partida das garotas Yuki levou uma "bolada" na cabeça por Haruka, que a fez ir para a enfermaria.

— Yuki! Você está bem? Machucou muito? —

Haruka não estava mais daquela forma como antes, ela estava do "bem". — Eu sinto muito, não queria fazer isso.

— A-Ai... minha cabeça, tá doendo demais.

— Vem Yuki, a gente te leva para enfermaria. -- Téa me ajudou a me levantar.

— N-Não se preocupe, Téa leve ela para enfermaria, ela está realmente precisando de ajuda.

— Certo... já que diz, nos vemos depois, Haruka.

— Hai!

Os únicos momentos é que, Yuki só tira o Enigma quando vai participar das aulas de educação física mas quem disse que Haruka não iria aprontar?

Seu espiríto fuzilava Yuki e Téa por trás enquanto sorria maléfico, que já tinha seu plano em mente.

< Yuki ON >

Eu estava sentada sob a cama da enfermaria, realmente aquilo doeu demais, mas sei que Haruka não fez isso por mal, ou fez... me lembro daquele momento que estava conversando com Yang.

< Flashback ON >

— Você estava muito assustada, o que aconteceu?

— Eu não sei, estou prevendo um mal pela frente... de uma dupla.

— Uma dupla? E você sabe quem são, Yang-chan?

— Não sei explicar, só sei que tem algo a ver com a Haruka, eu sabia que aquela garota traria consequências!

— Mas ela não fez nada até agora, acalme-se.

— Mas vai fazer, eu sinto isso.

— Não se preocupe, mesmo que ela faça algo de ruim, nós vamos impedir ela ou qualquer outro mal presente!

— Tem razão Yuki — A maior sorri.

< Flashback OFF >

— Téa avise para a professora que Yuki estará fora da aula, enquanto trago os medicamentos o mais rápido possível. — Disse a enfermeira.

— Tudo bem, eu aviso. — Ela sai indo em direção á sala.

— Preciso descansar, está forte demais... — E no mesmo instante, Yuki desmaiou.

< • • • >

— Me diz que ela tá viva.

— Claro que ela está Joey, só foi uma pancada na cabeça. — Yugi diz com um olhar de reprovação para Joey.

— Não zoem com isso, foi algo sério demais! — Diz Téa.

— Vejam, ela finalmente acordou! — Diz Tristan.

— M-Minna... o que aconteceu? E-Eu não me lembro de nada. — Me ajusto na cama em que estava da enfermaria. — Ué... minha cabeça está enfaixada ou isso é impressão?

— Yuki acalme-se, nós vamos te explicar tudo.

— Simples, levou a pancada, foi para enfermaria e acordou agora!

— Hahaha muito engraçado você Joey.

— Me digam... alguém pegou minhas coisas né?

— Sua bolsa e suas coisas estão comigo, deixei ali encima. — Téa diz apontando para a poltrona para onde estava minha bolsa.

— Ah sim, muito obrigada Téa. — sorrio em agradecimento. — Espera... não me diz que vocês perderam o principal.

— O principal o quê?

— O ENIGMA.

— Ah não...

— Eu toda vez na aula de educação física sempre tiro a relíquia e a guardo por devidas preucações, lembra de ter visto Téa?

— Pior que eu nem parei para perceber isso! — Ela diz com uma gota na cabeça. — Me desculpa Yuki, eu...

— Não não, a culpa não é sua, não temos certeza de nada ainda, vocês não viram nada meninos?

— Não-

— Na verdade eu vi, e vocês estavam comigo. — Yugi diz com seriedade.

— Por favor Yugi me diga o que você viu! Eu não posso perder a minha relíquia, aquilo é importante demais para mim! — Balanço ele sem parar. — Ah... desculpa. — Paro de balançar ele corada.

— T-T-Tudo bem, mas bem, vamos ao que interessa.

< Flashback ON >

— Uh? É impressão minha ou escutei alguma coisa?

— Claro, sempre somos os últimos á sair da quadra.

— Tem alguém por aqui ainda.

— Que tal espionarmos?

— Isso não é uma boa idéia Joey.

— Vamos Yugi, é a nossa única saída.

— Se nos chamarem de tarados vou pôr a culpa em você.

— Tanto faz.

Yugi, Tristan e Joey observavam de longe atrás da parede, e não era nada mais nada menos que Haruka, mas porquê o motivo e tanto da demora? Ela estava com Bakura, planejando algo que todos não sabem.

— Você conseguiu o que queria?

— Eu não disse que sou capaz? — Ela tira do bolso uma certa relíquia do Milênio.

— O que é aquilo na mão dela? — Yugi pergunta incorfomado.

— Alguma relíquia do Milênio.

— Mas que falsa! A única relíquia que sobraria era o Enigma, mas eu vou matar ela-

— Joey! Não pode fazer isso, principalmente agora.

— Precisamos pegar de volta o que é da Yuki.

— Eles vão fugir obviamente né tonto! -- Yugi e Tristan seguram Joey.

— Ok ok... vocês venceram, não irei fazer isso.

— Ufa...

— Mas precisamos fazer isso, pelo bem da Yuki.

— Tem razão.

< Flashback OFF >

— E foi isso do que aconteceu.

— Yuki, você está bem?

— N-Não... não está nada bem. — Sem querer, jorro uma lágrima de meu rosto. — A Yang não pode sumir, não pode. — E assim solto todas as lágrimas. — A Yang é a minha companheira, não posso perdê-la.

— Yuki acalme-se. — Joey pede.

— Ela deve estar bem. — Tristan aconselha.

— Yuki... — Yugi simplesmente levanta e vai até mim, ele me abraça e faz cafuné em meus cabelos, a mão dele era lenta, e isso me acalmava mais ainda. — Nós vamos achar ela, não importa aonde ela esteja, isso porque nos importamos um com os outros, minha baixinha, eu prometo para você, vamos trazê-la sã e salva.

— Yugi... — Me surpreendo com o ato que Yugi está fazendo, não só eu mas Téa, Tristan e Joey também. — Obrigada por estar fazendo isso por mim, você é muito gentil, e isso é uma das coisas que mais gosto em você.

— Uma das coisas? E quais seriam as outras?

— Sinceramente... nem eu sei explicar direito os meus sentimentos.

— Ô casal, dá para parar de nos deixar de vela?!

— Joey... cala a boca. — Tristan e Téa dizem.

— Pior que a Yang avisou que uma certa dupla ia trazer o mal...

— A Yang disse isso? Mas como?

— Ela disse que estava tendo várias visões, sentindo também impressões e várias outras coisas, e isso tinha a ver com a Haruka.

— Engraçado...

— O quê?

— O Yami disse a mesma coisa, mas que isso tinha a ver com Bakura.

— Não me diga que você estava sem sono e resolveu entrar para o quarto do seu aibou para conversar sobre os problemas á frente?

— Ah... você estava nos observando?

— Não!

— Realmente... eles são BEM parecidos um com o outro.

— Minna, podem nos esperar lá fora? Preciso falar algo pessoal com a Yuki.

— Certo... — Eles dizem e Téa, Joey e Tristan saem da sala.

— A-Ah...

— Era apenas para nos deixar á sós isso.

— Entendi... mas o que você quer falar?

— Bem, primeiro, você está se sentindo um pouco melhor?

— Parece que sim, não sinto mais dor nenhuma nem nada.

— Que bom Yu-chan. — Ele diz passando a mão no rosto dela. — Eu estava pensando em te convidar para ir no museu hoje... que tal? — Ele cora com a própria pergunta.

— Eu aceito. — Yuki sorri levemente. — Denovo, obrigada por tudo.

— Denad- — Ele foi interrompido por um beijo de Yuki na sua bochecha.

— Então nos vemos depois?

— Hehe, claro. — Ele passa a mão discretamente no lugar onde Yuki beijou com um olhar de apaixonado.


Continua...


Notas Finais


Eu...
EU SHIPPO YUGIKI E BAKURUKA °^°


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...