História Zombie Apocalíptico - Capítulo 9


Escrita por: ~

Postado
Categorias Camila Cabello, Demi Lovato, Fifth Harmony, Originais, The 100
Personagens Ally Brooke, Camila Cabello, Clarke Griffin, Demi Lovato, Dinah Jane Hansen, Lauren Jauregui, Lexa, Normani Hamilton, Octavia Blake, Personagens Originais, Raven Reyes
Tags Camren G!p Norminah
Visualizações 24
Palavras 1.551
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Ficção Científica, Luta, Survival, Terror e Horror, Violência
Avisos: Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Intersexualidade (G!P), Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 9 - Caminho errado.


Octávia Blake on.

- To com muita sede - reclamei

-Então vamos parar um pouco - Disse minha linda namorada...

-Ta bom...

Paramos um instante para bebermos água...

-Aii nossa tava com muita sede mesmo...

-Eu também... Ainda faltam mais quilômetros - falou frustrada...

-Infelizmente...- Bufo... - Mas estou feliz por a Borges ter me trazido com ela até porque eu não ia aguentar nenhum dia na Arkadia...

-Isso até que é verdade - Raven riu...

-Vamos continuar o caminho mozão...- Ela assentiu.

[...]

3 horas depois...

- Oh my God, you look good today

Back up, back up, back up do it slow-mo

Yeah she drop that, bounce back like a yo-yo - Tava cantarolando pela estrada no meio do nada...

- Oh my God, you look good today

Back up, back up, back up do it slow-mo

Yeah she drop that, bounce back like a yo-yo - Eu e Raven cantávamos juntas...

Escuda on.

-Ei essa música é minha - falou Camila e nós gargalhamos...

-É o que representa nossa vida neste momento - rir.

-Eu amo essa música - falou Raven - Eu e Octávia escutavamos antes de transar - falou rindo.

-É foda...

-Meu Deus eu não ouvir isso - berro Camila - não acredito que vocês usavam minha música na relação sexual de vocês.?? - Gargalhamos mais ainda. - Vão tomar no cu...

Escuda Off.

-Uii essa latina é estressadinha... - rir.

-Nem conte quanto...

Estávamos indo numa velocidade moderada, não tão alto velocidade nem mínima, estamos próximo a cidade de Los Angeles, eu ouvir algo de longe, gemidos assustadoras, não queria acreditar do que tava pensando se era mesmo...

Quando se aproximamos mais vi uma horta imensa de errantes....

-Raven sai da moto - Gritei saindo da moto puxando Raven comigo...

Fomos seguidas por muitos deles - Voltem - Gritei para as meninas - Voltem...- Eu corria e Raven tentava então carreguei ela no meus braços...

-Entra - Helda abriu a porta do trailer saiu atirando em alguns que se aproximavam.

-Raven...ta tudo bem??

-Sim e você meu amor?!

-To bem...

-Borges precisamos voltar são muitos deles - avisou Helda.

Vero deu meia volta no seu carro com as outras saiu cantando pneu e a Borges fez a mesma coisa...

-Meninas vocês estão bem?? - assentimos.

-Helda tem outro caminho para levarmos até Los Angeles?? - Perguntou Borges.

-Não... Quer dizer tem mas vai demorar um ano...

-OK... Tem que haver algum jeito... - Falou Clarke.

-Aquela era nossa última esperança Clarke - Falou Borges.

-O que faremos agora?? - Disse Raven.

-Único alternativa é usar jato para chegarmos até Rússia e não ter como voltar... Ou deixar jato para usarmos quando voltarmos... Essas são as únicas opções...

-A gente tem que tentar...- Incentivou Clarke - A gente vai no jato e faremos tudo o que podemos para voltar...

-Vocês sabem que é muito arriscado... Não sabemos se há muitos deles por lá ou quantos vamos enfrentar... Se fosse por mim arriscaria de boas, mas não posso arriscar a vidas de vocês.

Clarke se levanta.

-Eu vou e você não vai me impedir.

-Eu também vou... Um bom guerreiro vai até o fim - falou Lexa.

-Sei que sou apenas adolescente de nada - riu - mas eu também vou... Quero ajudar vocês... - Disse Maya.

-Todas nós vamos - Falei - Vamos trabalhar todas juntas... Não importa que aconteça demos o melhor de nós, eu sou guerreira jamais deixaria um dos meus grupos na mão... Sei que cada um de vocês que estão aqui vão dá o melhor, tenham suas capacidades e habilidades de algo... - Olhei pra Borges - Vamos todas lutar juntas e unidas não importa quantos zumbis serão conseguiremos chegar ao nosso destino... E saímos de qualquer jeito de lá.

Vamos salvar o mundo, consertar que o ser humano causou...

-Belo discurso - Falou Borges - Vamos voltar pegar o jato de lá partiremos para Rússia...

[...]

1 MÊS DEPOIS...

Passamos um mês todo viajando pelo mundo até chegar na Rússia, confesso que fiquei chocada com a quantidade de errantes por toda parte realmente é o fim do mundo... Eu e as meninas estamos bastante na expectativa de que tudo dê certo...

-Amor?! - Ouvir Raven me chamar me virei pra ela - te amo muito...

-Também te amo muito minha super Raven - sorri selando nossos lábios.

-Espero que tudo dê certo...

-Vai dá certo... Nós vamos conseguir...- Falei apertando sua coxa.

-Fico tão feliz em te ter na minha vida até hoje - sorriu - Foram quase 8 anos juntas nem acredito que estamos aqui em meio ao um apocalipse juntas e unidas...

-Todos os dias me pergunto do quanto sou sortuda de ter você como minha mulher, minha amiga, minha namorada a quem amo desde na primeira vez que à vi...

-Tudo seria perfeito se eu não tivesse perdido nosso filho - falou triste logo tratei de abraçar ela.

-Meu amor mesmo que não foi, continuarei sempre te amando, e tudo com você é perfeito, só está com você minha vida se torna perfeita...

-Sem querer estragar a bolha de vocês ai - Dinah sendo Dinah - Você tinha se engravidado dessa coisinha ai?? - Fuzilei - seu olhar não me atinge.

-Sim - riu - tava com 16 anos quando me engravidei perdi meu bebê quando tava em 2 meses...

-Sinto muito...

-Tudo bem... E essa "coisinha" - riu - sempre esteve no meu lado quando mais precisei...

-Sempre vou está no seu lado meu amor - beijei no topo da sua testa.

-O amor é lindo - Disse Ally emocionada - acabei me emocionando - falou enxugando as lágrimas.

-E essa baixinha chora por tudo - falou Dinah rindo.

-Deixa minha bolinha em paz - Defendeu Borges.

-Uii agora tem cão de guarda...

-Nao prefiro guarda-costas - retrucou Borges.

-Aii agora me sentir Whitney Houston...- Disse Ally e nós rimos...

[...]

-Amor?! - chamei a mesma fez som nasal - vamos fazer amor??

-Hum...- Ela abriu os olhos pra me olhar - você me acordou so pra isso??

-É que é queria aproveitar...

-Ta... Vamos e você passou mês inteirinho me injuando - sorri entre os dentes - nem banca de uma inocente - revira olhos.

-Ah amor, você sabe meu jeito...

Fomos para suíte que tinha aqui esse jato é tão grande que tem até suíte...

-Já vi que vou passar viagem toda ouvindo gemidos - falou Lexa rindo.

-Aproveita e fique de pau duro... - Falei assim que fechei porta.

[...]

R. Borges on.

Ser pilota e comandar essa bagaça toda é um saco... Passamos em alguns lugares antes de irmos direto para Rússia, tudo que via era bem assustador, muitas pessoas inocentes morreram, e algumas sobreviveram querendo um lugar seguro, sei que não tenho culpa de nada de ter causado todo esses desastres, sinto que eu preciso consertar tudo isso, e ajudar os sobreviventes.

Flashback on.

-Isso...assim- Manu gemia que nem uma vadia.

Transar com ela tirava meu estresse, tanta coisa acontecendo na minha cabeça que não aguento mais essa pressão.

Na última estocada gozamos...

-Isso ajudou um pouco - Falei ofegante.

-O que te encomoda?! - Perguntou beijando Meu ombro.

Como queria te contar meu amor... O que anda acontecendo...

-Só coisas nada interessante...

-Quando você me procura querendo sexo é porque algo ta te estressando...

-Sim ando meio estressada mas vai passar... - Olhei pra ela - mesmo separadas você me deixa te tocar?!

-Ah... Você sendo chata e injuada tive que me ceder antes que fizesse algo irritante - revira olhos.

-Realmente sou irritante - rir.

-Só não sei como tive a coragem de perder minha virgindade com você...- Falou se levantando mas no mesmo tempo puxei ela pra mim.

-Eu não faço tão mau assim??

-Não - riu - To falando que poderia ter sido qualquer um mas não, foi logo justo com você - falou enquanto se sentava encima do meu membro exposto. - Você é uma pessoa impossível...

-Depende do "impossível" esteja referindo...- falei apertando sua cintura e beijando seus peitos pequenos.

-Você é difícil ser uma pessoa séria pra ter um relacionamento sério...- tava com olhar triste - e você só me procura por causa de sexo - engoli em seco.

-Eu...Manu...- Tava perdida.

-Esse seu problema achar que pode me usar quando quer - se levantou pegando suas roupas.

-Não pense nisso, que eu te uso, você...- meu interrompeu.

-É isso que você ta fazendo... A 2 meses - Jogou na minha cara - eu vou embora...- colocou suas roupas.

-Manu...- corri atras dela prendendo contra parede - Eu te amo... - Estávamos muito próximas. - Eu te amo - repetir com mais firme - e eu não te uso, eu so te procuro porque quando estou com você eu esqueço de todos meus problemas, você é meu ponto de paz... Me desculpa ter deixado você desse jeito...- eu tava lacrimando.

-Eu te amo - sussurrou.

A beijei no beijo voraz... Fui andando com a Manu até a cama, peguei uma camisinha encima do criado mudo sem quebrar nosso contato...

A joguei na cama, tirando camisinha na embalagem, colocando em meu membro...

-Eu quero que você seja só minha - falei tirando sua calça...

Flashback off.

-O que pensa tanto aí?! - me despertei com uma Manu no meu lado...

-Só lembrando de algumas coisas boas...

-Tipo?? - Olhou séria pra mim.

-Você... Os momentos que passamos juntas... - Disse suspirando - e eu já te amava sem eu saber - rir - Eu te amo...

-Te amo mais do que a mim... - sorriu - você foi a coisa mais desinteressante que já aconteceu comigo - Eu a olhei incrédula logo ela gargalhou - ai amor...sabe que é muito importante na minha vida.

-Vem cá - Manu sentou em meu colo selei nossos lábios - Pra você saber eu fui a coisa mais interessante...

-Se ta dizendo...- me deixou selinho longo - vou descansar...

É teremos uma longa jornada pela frente...


Notas Finais


Ta bem...admito que a Borges a Manu sao coelhinhas kkkkkkkk versão casal Norminah kkkkkk s.q.n


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...