~Byunbibu

Byunbibu
Nome: Bibu
Status: Usuário
Sexo: Feminino
Localização: Pocos de Caldas, Minas Gerais, Brasil
Aniversário: 23 de Dezembro
Cadastro:

~Byunbibu

ChanBaek hardshipper (otp supremo do universo)
EXO-L e Monbebe

Tópicos importantes

Postado

Sobre as coisas novas da vida

Bem, faz um tempinho que não posto meus jornais, certo? Certo. Bom, não é nada polêmico, é uma coisa bem light e feliz e vou dividir isso em 3 tópicos pra não ficar tão difícil de entender e não misturar as coisas.



Bom, o primeiro tópico é em agradecimento, graças a vocês, eu estou (contando agora) com 1009 seguidores e isso é um sério motivo para jornal, comemoração e agradecimentos.

Eu escrevo fanfics desde 2013, era uma daquelas clássicas que junta a amiga, vai para a Coréia e rouba os oppar, mas graças a minha perceção, ela sumiu do mapa a tempos. Enfim, continuando, desde esse tempo, eu venho evoluindo constantemente, principalmente na escrita. Ler o que eu escrevia antes e ler o que eu escrevo agora me fez ver o quanto o tempo e a dedicação de vocês em me apoiarem fez diferença.

Um comentário aqui me ajudando com a questão gramatical, outro ali me dizendo que eu poderia melhorar tal ponto, dicas de como melhorar a ambientação dos meus cenários e todos os outros que eram surtos curtinhos ou comentários quilometricos explicando a razão para gostarem tanto das minhas histórias.

É sério, eu me lembro de cada um, de cada reação que tive e mesmo que atualmente alguns dos meus leitores antigos nem se lembrem mais da minha existência, vocês estão aqui, me ajudando a subir mais um pouco.

Eu cometi erros, falei várias merdas, fiz coisas boas, ajudei, ouvi e me aproximei de muitos dos meus leitores dentro desses quase 4 anos de fanfic, aprendi e evolui e se não fosse por vocês, atualmente, eu estaria sendo o pior tipo de pessoa desse mundo, a que não escuta, não aprende e não cresce.

Escrever fanfics, para mim, no começo era apenas diversão, depois se tornou mais sério, um fardo, e atualmente está do novo sendo minha maior diversão e fonte de alegria, porque eu estou me reencontrando e saber que todos vocês continuam aqui, mesmo com as minhas mudanças, me fez perceber que vocês merecem bem mais que um obrigado ou qualquer coisa que o mundo possa dar, vocês têm a minha gratidão eterna por terem transformado meus escapes em uma coisa real que me afetou para a vida toda.

De verdade, muito obrigada por tudo, por todo apoio, todo carinho e todo amor que recebo de todos vocês.



O segundo tópico é sobre fanfics apagadas e afins.

Não é um segredo para ninguém que eu cometi vários erros nas minhas histórias, coisas que eu não via antes que não eram aceitáveis em uma mente saudável psicologicamente. Mesmo eu sabendo que não sou a pessoa mais sã desse mundo devido aos meus transtornos, percebi que certas coisas realmente fazem mal.

Mas não, isso não é por causa daquelas @ do passado que diziam sentir nojo de mim, esse tipo de pessoa não desconstrói ninguém, muito pelo contrário, só destrói e afasta de saber realmente o que é certo e errado.

Continuando, eu notei essas coisas, foi um processo lento tanto para mim quanto para minha mente associar aos meus erros passados. Algumas das minhas fanfics foram recentemente apagadas e não pretendo repostar, nem mesmo editando os erros, porque eu me sentiria mal sabendo que alguém iria me lembrar que eu errei nela e deixei ali trocando alguns pontos.

Eu não nasci descontruida, iria ser hipócrita dizer que nunca fiz brincadeira homofobica, machista ou qualquer conteúdo que afete emocionalmente ou psicologicamente alguém. Mas a vida ensina, a vida mostra que nem tudo é para ser como a avó que leva comida na cama para o neto homem e te obriga a lavar a louça dele te ensinou. Você cresce, aprende, se livra de conceitos e preconceitos, se liberta. É um processo demorado, leva paciência e muito amor dos amigos próximos, mas ele acontece.

O senso de certo e errado varia de pessoa para pessoa e seria nojento da minha parte dizer que você está errada por não concordar comigo, é hipocrisia apontar o dedo para a sua amiga ou inimiga que não pensa igual a você. O conceito de liberdade existe e desde que essa pessoa não interfira ou faça mal para alguém, física ou emocionalmente, você não tem o direito de julgar o modo de pensar dela.

O julgamento desperta medo, agonia, angústia e todo sentimento ruim que se possa pensar e é pior quando o julgamento vem acompanhando de hate/shade. Essa é a pior forma de mostrar pra alguém que ela está errada. Não é assim que funciona e eu sou a prova viva disso. Eu enfrei hate e shade sem ver meus erros, enquanto amigos próximos vinham com um toque e me diziam "olha, Bibu, isso aqui é errado, pensa um pouco e reflita se isso é bom ou não". Nunca um "essa menina me enoja cada dia mais" me fez ver o que eu estava fazendo de errado.

Então, depois de um certo tempo, eu me encontrei com isso e me desfiz dos erros, deixando eles apagados na lixeira.

E o apoio de vocês foi crucial para isso acontecer.



O terceiro tópico é sobre as coisas novas da vida.

Eu ando bem afastada do mundo das fanfics ultimamente e queria compartilhar isso com vocês.

Meu editor deu alvará para eu falar sobre o meu livro que foi lançado tem uns 4 meses com o meu pseudônimo, eu não posso falar sobre ele, ou sobre o enredo, mas queria compartilhar a felicidade que eu estou de ter meu primeiro livro publicado e estar sendo bem recebido.

O público dele não está no Brasil, infelizmente porque minha editora é portuguesa, mas em alguns meses, devido a recepção de lá, vão começar a serem vendidos por aqui também e isso me deixou extremamente feliz. Feliz porque eu comecei nesse mundo de escrita e tals nas fanfics, tendo ChanBaek como inspiração e vocês como estímulo a continuar escrevendo.

Eu queria muito falar sobre ele, mas realmente não posso, o pseudônimo rende para a editora e eu consigo me proteger um pouco da invasão emocional que escrever causa.

Comecei um novo relacionamento, não propriamente dito um namoro, mas eu estou apaixonada e feliz, completamente feliz. Não é uma coisa tóxica e que me faz mal, na verdade é aquele tipo de coisa que faz a minha carga de dopamina apenas aumentar.

Acho que posso dizer de boca cheia que superei a depressão, graças ao meu psicólogo maravilhoso que me fez ver que eu não sou um monstro, me fez ver que minha mente criou formas de escapar dos meus traumas. Eles são horríveis e me lembrar deles me faz um mal danado, me faz fazer coisas mais horríveis ainda para esquecer, mas com toda calma e paciência do mundo, eu vi que não sou a escória do mundo e isso me deixou bem de uma forma inimaginável.

Eu estou vivendo, estou feliz, encontrei meu caminho, o que sou e estou sendo o que sempre quis. Não me deixo ser rotulada, não abaixo a cabeça e não deixo que palavras ruins de gente mal intencionada me leve para o buraco que elas vivem e o fato de eu compartilhar isso com vocês é que todos, cada um de vocês que aparecem nas minhas notificações desde 2013 tem a sua parcela de participação na felicidade atual que eu estou vivendo.

Obrigada, de verdade, do fundo do meu coração. Eu só tenho a agradecer cada um de vocês, mesmo não os conhecendo profundamente.

Vocês me ajudaram a mudar minha vida ♡

E perdoem esse jornal gigantesco. Eu precisava falar.

Permalink Comentários (1)

Atualizações do Usuário

Usuário: ~Byunbibu
Adicionei um novo capítulo
História: Recoverd life
História: Recoverd life
O que você faria se perdesse a memória dos últimos 14 anos da sua vida? E se sua última lembrança fosse um dia cujo trocou seu primeiro beijo com seu melhor amigo? As lembrança..
Usuário: ~Byunbibu
Favoritei a categoria
Categoria: Homem-Aranha
Categoria: Homem-Aranha
Homem-Aranha é um personagem da Marvel Comics cujo alter ego é Peter Parker, e foi criado por Stan Lee e Steve Ditko na década de 60. O super-herói teve adaptação para a TV em S..
Usuário: ~Byunbibu
Adicionei um novo capítulo
História: Acaso ou destino
História: Acaso ou destino
Você acredita em destino? Acredita que sua vida pode ser completamente alterada por alguém em algum lugar que decidiu fazer isso com você? Eu não acreditava, não até em um dia ..
Usuário: ~Byunbibu
Adicionei um novo capítulo
História: Inconsequente
História: Inconsequente
Eu encarava aquele teste de gravidez como o fim da minha vida. E talvez fosse, levando em consideração os fatos: eu tinha 16 anos, um namorado inconsequente, pais rígidos e n..